Respostas interessantes marcadas com a tag

56

Isso não é possível. A string MD5 não tem a informação que foi encriptada no seu conteúdo. Ele é uma representação única da string original mas no seu conteúdo não tem uma versão encriptada do conteúdo original. MD5 é referida como uma função unidirecional, ou seja uma vez encriptado não tem como desencriptar. Para perceber melhor pode dizer-se que o que ...


34

O que é MD5? MD5 é uma técnica para gerar um código um hash. É um código que procura buscar uma representação única de uma informação (não há garantias que não tenha colisões - mesmo código para duas informações diferentes). Não é feito para criptografar informações. Isto já deve ter ficado claro de acordo com o que já foi dito aqui em comentários e ...


19

Existe uma solução muito segura e nativa do PHP que é a API de senha (password API). Ela está disposta desde a versão 5.5 nativamente, mas pode ser utilizada a partir da versão 5.3 com uma lib disponível no Github, chamada Password Compat. As vantagens de se utilizar tal API é que ela é simples e extremamente segura. Veja o exemplo da saída para teste com ...


16

O MD5, falando numa linguagem popular, é um hash de via única. Não há informação para reverter o hash para o valor original. Há alguns anos, diversos websites oferecem soluções para "reverter" o hash e isso causa uma certa confusão pois quem não entende do assunto acaba por acreditar que o MD5 é reversível. O que esses sites oferecem é o chamado rainbow ...


13

Há não só exemplos mas também um site que gera colisões pra você: os dois blocos d131dd02c5e6eec4693d9a0698aff95c 2fcab58712467eab4004583eb8fb7f89 55ad340609f4b30283e488832571415a 085125e8f7cdc99fd91dbdf280373c5b d8823e3156348f5bae6dacd436c919c6 dd53e2b487da03fd02396306d248cda0 e99f33420f577ee8ce54b67080a80d1e c69821bcb6a8839396f9652b6ff72a70 e ...


11

Como definido no RFC1321 o MD5 (Message-Digest algorithm 5) é um algoritmo de resumo de mensagem. Ele recebe como entrada uma mensagem de um comprimento arbitrário e produz como saída uma "impressão digital" de 128-bits. Descrição do algoritmo MD5 Nós começamos supondo que temos uma mensagem de b bits como entrada e que queremos obter seu resumo. Nesse ...


9

O MD5 é seguro, porém é exagerado dizer que é o melhor. Portanto, respondendo de forma direta, não é o melhor. Mas não significa que não pode usar e que deve mudar tudo onde estiver usando MD5. Provavelmente encontrará recomendações para evitar o uso como se fosse algo extremamente inseguro e fácil de burlar. Mas o que acontece é um alarde desnecessário. ...


9

A resposta é simplesmente não, MD5 não é o mais seguro e nem ficou perto dos primeiros colocados. :) Hash != segurança A primeira coisa que precisa ser desmistificada é que algoritmos de criptografia ou de geração de hashes não são sinônimos segurança, que é algo muito mais abrangente. Por exemplo, não adianta nada toda a segurança no servidor se o a ...


8

O código abaixo usa o Indy, que acompanha o Delphi. uses IdHashMessageDigest, IdHash; function MD5DoArquivo(const FileName: string): string; var IdMD5: TIdHashMessageDigest5; FS: TFileStream; begin IdMD5 := nil; FS := nil; try IdMD5 := TIdHashMessageDigest5.Create; FS := TFileStream.Create(FileName, fmOpenRead or fmShareDenyWrite); ...


7

Em primeiro lugar, usar MD5 pra hashear senhas é uma péssima ideia. Você deve decidir se é ou não importante fazer esse hash e, se a resposta for "sim", fazê-lo da forma apropriada (i.e. usando um algoritmo de hash próprio para esse propósito, que empregue um sal e um fator de trabalho). Em geral, se faz o hash de senhas baseado no seguinte cenário: "eu ...


5

A classe MessageDigest provê funcionalidades de hashing. O termo digest se refere a um tipo de "resumo" dos dados, ou seja, nada mais do que um hash faz, gerando uma sequência de bytes relativamente pequena independente do tamanho original dos dados. A linha: MessageDigest m = MessageDigest.getInstance("MD5"); Recupera uma instância que usará o ...


5

Basicamente, já tem algo ouvindo nessa porta (22300). Possivelmente o seu próprio programa, rodando em background -- dê uma olhada nos processos java, certifique-se de matar todos, e tente de novo.


5

Você pode utilizar a função implode(), mas tenha cuidado com a variável $_POST pode conter parâmetros que você não queira e isso acarretaria em erro. Exemplo: sha1(implode('', $_POST));


4

Você está usando o operador de comparação >= (Maior ou Igual) no trecho, mysqli_num_rows($sql) >= 0, ou seja, se encontrar o usuário > maior do 0, se não encontrar, Igual a 0, neste caso, seu if sempre retorna true, e redireciona para painel.php. Além disso você precisa fazer mysqli_num_rows do result da query, ou seja, $acao_sql->num_rows. ...


4

Nas versões mais antigas do Delphi(como a 7), o componente Indy não é embutido por padrão. Caso você queira fazer isso sem o uso de componentes, você pode utilizar esse código redistribuído pelos desenvolvedores do software CACIC. Por exemplo, para calcular a MD5 de uma string, utiliza-se: Uses md5; procedure TForm1.BitBtn1Click(Sender: TObject); begin ...


4

MD5 é um algoritmo de Hash de 128 bits, na verdade ele não vai te retornar 32 caracteres e sim 16 bytes que geralmente são convertidos para texto em hexadecimal assim ficando com os 32 caracteres que você se refere. Porém você está usando uma biblioteca que o gera de uma forma um pouco diferente, pegando como exemplo o hash que você citou $1$gSUz3sUo$...


4

Jefferson MD5 é um algoritmo de hash unidirecional e, portanto, uma vez criptografados, os dados não podem mais ser descriptografados.


4

A resposta está na classe Formatter que é utilizada pelo método String.format: The format specifiers for general, character, and numeric types have the following syntax: %[argument_index$][flags][width][.precision]conversion The optional argument_index is a decimal integer indicating the position of the argument in the argument list. The first argument ...


4

Tente assim, este é o que uso nos meus algoritmo: String str = "teste md5"; try { MessageDigest md = MessageDigest.getInstance("MD5"); byte[] array = md.digest(str.getBytes()); StringBuffer sb = new StringBuffer(); for (int i = 0; i < array.length; ++i) { sb.append(Integer....


4

Atualização O maior problema da sua abordagem é converter o array de byte para string. Normalizar os dados para uma string vai acabar fazendo com que alguns sejam perdidos. Se realmente é necessário uma representação em string da senha, faça a conversão para Base64. Eu ajustei o código pra funcionar corretamente. class Program { private const string ...


4

olá, você pode usar uma funcão como esta: function gerarCombinacao() { $combinacao = chr(rand(97,122)); $combinacao .= chr(rand(97,122)); $combinacao .= chr(rand(97,122)); $combinacao .= "-"; $combinacao .= rand(0,9); $combinacao .= rand(0,9); $combinacao .= rand(0,9); return $combinacao; ...


4

Você pode utilizar a lib crypto. Ela possui suporte para os algoritmos de hash: SHA-1 SHA-256 MD5 HMAC (i.e. HMAC-MD5, HMAC-SHA1, HMAC-SHA256) Basta adicionar no seu pubspec.yaml: crypto: ^2.0.6 Importa os pacotes: import 'dart:convert'; import 'package:crypto/crypto.dart'; E agora o código: String textToMd5 (String text) { return md5.convert(utf8....


3

Muito bem colocada a resposta do @daniel-omine. Concordo que o md5 não é tão inseguro assim, não adianta ter um sistema de login super-seguro, que bloqueia múltiplas tentativas de login, etc se temos o senhor usuário. Já li em algum lugar (e concordo) que a parte mais insegura de um sistema são os usuários. Dificilmente em um sistema não terá um user sequer ...


3

MD5 não é uma boa opção para encriptar senhas, por diversos motivos. É certamente melhor do que nada, mas não é uma proteção "séria". Alguns motivos são do MD5, outros do tipo de algoritmo que ele é. 1) O MD5 é um algoritmo de hash com diversas fraquezas, ou pelo menos já teve diversas fraquezas descobertas. Não se recomenda usar MD5 para verificar a ...


3

Jamais use hash MD5 puro para encriptar senhas e salvá-las em banco de dados. Por se tratar de um algoritmo de cálculo muito rápido, torna fácil um ataque por força bruta. http://blog.thiagobelem.net/encriptando-senhas-de-forma-segura


3

A maneira mais fácil é adicionar uma biblioteca pelo Nuget (Manage NuGet packages...). Há inúmeras bibliotecas para isso. É melhor assim, porque o algoritmo deve ser muito mais testado, e pela facilidade de se trocar depois para um criptografia melhor (como Blowfish). A minha sugestão é usar o CryptSharp. Se quiser, você pode colocar métodos relacionados à ...


3

Eu não entendi muito bem como você está fazendo sua sessão, se é por HEADER Basic a cada requisição. Ex: HTTP Authentication Basic MD5(username:password) Se for, eu aconselharia utilizar o flow password do OAUTH2. Que nada mais é do que persistir a sessão do usuário em um banco de dados e trafegar um identificador ao invez dos dados de acesso, claro que ...


3

Pelo que li nos seus comentários, a criptografia servirá para um sistema Web desenvolvido em Java. Já ouviu falar do framework Spring Security? Ele te possibilita implementar regras de autenticação e controles de acesso de uma forma relativamente simples. Eu mesmo já desenvolvi um sistema em Java Web com login e controles de acesso utilizando como ...


3

Confiabilidade do MD5 como único Se pretende confiar 100% no MD5 para descobrir se é igual, saiba que não dá para confiar. O MD5 pode ser uma base para já ter certeza que é diferente, ele é confiável quando é diferente. Mas dois códigos MD5 podem ser iguais para conteúdos diferentes. Eu diria que o MD5 tem bem mais de 99,99999999% de chance de dar certo, mas ...


3

Tenta usar o DataTypeConverter, eu também passaria um encoding para manter o hash portável (getBytes assume o encoding padrão da plataforma): md.update(str.getBytes("UTF-8")); byte[] bytes = md.digest(); System.out.println("Hash: " + DatatypeConverter.printHexBinary(bytes)); Fonte: SOen - Get MD5 String from Message Digest


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam