Novas respostas marcadas com a tag

5

A função outer foi feita para responder ao problema da pergunta. Por defeito assume a função "*" para calcular o produto externo (Wikipedia em Português, em Inglês), mas pode-se passar qualquer outra função. a <- 1 b <- 3 c <- 6 x <- c(a, b, c) outer(x, x, '-') # [,1] [,2] [,3] #[1,] 0 -2 -5 #[2,] 2 0 -3 #[3,] 5 3 0


1

Só pensar na matriz como um conjunto de vetores, aí vocÊ forma as linhas e colunas e junta numa matriz. Aqui já feito de uma vez, crio um vetor com as linhas concatenadas e depois transformo em uma matriz com 3 linhas. x <- c(1,2,3) m <- matrix(c(x[1]-x, x[2]-x, x[3] - x), nrow = 3, byrow = T)


7

Não vi tudo e parece que o código nem está completo, mas o maior problema que tem aí é que não está reservando espaço para a matriz. Veja a linha: int matriz_A[linha][coluna], matriz_B[linha][coluna], matriz_C[linha][coluna]; Quanto vale linha e coluna no momento dessa declaração? 0, certo? Então vamos reescrever com o valor em vez das variáveis. int ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas