Respostas interessantes marcadas com a tag

10

Você pode usar list() para transformar as strings em listas. Se você faz list(string), o resultado é uma lista na qual cada elemento é um caractere da string. Ex: print(list('teste')) Isso imprime: ['t', 'e', 's', 't', 'e'] Então basta fazer isso para cada elemento da sua lista, e ir adicionando essas listas na sua matriz (sendo que "matriz" nada mais ...


9

Primeiro vamos combinar que este código está potencialmente errado. Ele compila em compiladores ruins ou mal configurados. Eu não tentaria aprender por ele. Por que o array foi declarado com o 'subscrito' da linha vazio int vetor e qual a diferença entre int vetor0? Porque ele pega do tamanho informado no literal logo à frente na atribuição, ele conta ...


7

Não vi tudo e parece que o código nem está completo, mas o maior problema que tem aí é que não está reservando espaço para a matriz. Veja a linha: int matriz_A[linha][coluna], matriz_B[linha][coluna], matriz_C[linha][coluna]; Quanto vale linha e coluna no momento dessa declaração? 0, certo? Então vamos reescrever com o valor em vez das variáveis. int ...


6

O seu código tem dois laços para percorrer cada pixel na "matriz original", o que, por si só já é um problema para algumas aplicações - mas aí você passa a percorrer, em outros dois laços mais internos, cada pixel novamente.isso é um número de execuções de vários blocos do seu programa igual ao quadrado do seu numero de pixels - algum algoritmo que realmente ...


6

O primeiro ponto é evitar entrar dados na forma atual. E testar os dados entrados porque pode digitar errado. Eu deixei esta forma pouco intuitiva, mas testei por erros de digitação. O erro mesmo é que se o dado a ser procurado for na linha ou coluna 0 ou for na linha ou coluna final no momento que ele pega -1 o índice será -1 e quando pega +1 pega um valor ...


5

O problema está no facto de alguns índices estarem a ultrapassar os limites do Array, seja para mais (mais do o índice máximo) ou para menos (-1). A solução será validar tudo antes de atribuir o valor à Localizacao: if (Numeros[i, j] == Num) { if(j - 1 >= 0) Localizacao[0] = Numeros[i, j - 1].ToString(); else { // código de ...


5

A maneira mais fácil é com a função sign. Mais simples não pode ser: sign(dados) # FC12h FC10d FC6w #1 -1 -1 0 #2 -1 1 1 #3 -1 1 -1 Dados. dados <- read.table(text = " FC12h FC10d FC6w -8.44770875 -0.37171750 0 -56.72384575 2.64778150 2.94636550 -3.00214850 2.64778150 -1.57755700 ", header = TRUE)


5

A função outer foi feita para responder ao problema da pergunta. Por defeito assume a função "*" para calcular o produto externo (Wikipedia em Português, em Inglês), mas pode-se passar qualquer outra função. a <- 1 b <- 3 c <- 6 x <- c(a, b, c) outer(x, x, '-') # [,1] [,2] [,3] #[1,] 0 -2 -5 #[2,] 2 0 -3 #[3,] 5 3 0


4

O que está acontecendo é que, o comando "Array(3,3)" não cria uma matriz de 9 posições e sim, uma matriz com apenas duas posições, sendo o índice 0 => 3 e o índice 1 => 3. No javascript, quando utilizar a função Array, cada elemento passado por "," é considerado um item. Para resolvermos isto, você fará da seguinte forma: // Função de comparação ...


4

É só usar o método push() que o tipo array já dispõe: puts "Alunos\n\n" alunos = [["Daniel: ", "Nota: 10\n\n"],["Abima: ", "Nota: 10\n\n"], ["Wilame: ", "Nota: 10\n\n"],["Felipe: ","Nota: 10\n\n"]] alunos.push(["João: ", "Nota: 8\n\n"]) puts alunos Veja funcionando no ideone. E no Coding Ground. Também coloquei no GitHub para referência futura.


4

O problema é que Python não tem tipos nativos de "matriz" - em geral, em programas pequenos, as pessoas inventam um tipo de matriz - e programas que vão fazer mutias coisas com matrizes, podem usar a biblioteca NumPy, que sim, tem um tipo de matriz que tem dezenas de operações específicas possíveis, é bastante otimizado, e etc... E, principalmente para ...


4

Para saber sobre peças ameaçadas, tem que ser uma verificação que olhe, para cada peça, as diagonais todas em que ela está, e se tem alguma peça "atrás". Como você está levando em conta as damas, tem que olhar todas as casas para trás, na mesma diagonal - não basta colocar alguns "if" e olhar as casas adjacentes. Então, a recomeendação aí é estruturar um ...


3

Para resolver o warning de compilação altere sua função para ser feita dessa forma: int **m_malloc(size_t rows, size_t columns){ int **mat = malloc(sizeof(int*)*rows); for(size_t i=0; i<rows; i++){ mat[i]=malloc(sizeof(int)*columns); } return mat; } Isso deve ser feito pois o m_malloc() está recebendo uma variável do tipo *int[] ...


3

Você adicionou valor a variavel tamanho_array depois de popular, retire o ++ ou altere a condição do while para (n < tamanho_array) string usuario = Environment.UserName; string palavra = usuario.ToLower(); int tamanho_array = palavra.Length; var array = new string[tamanho_array]; for (int i = 0; i < array....


3

O problema é que declarar a matriz antes de estabelecer o valor, primeiro pede os valores, depois a declara. Não faz sentido criar o alicerce de uma casa que você não sabe qual é o tamanho e quantos cômodos terá. O código tem outros erros. Uma versão melhorada, simplificando e dando nomes mais significativos, e seria assim (eu simplesmente encerrei se uma ...


3

Sendo dados sua matriz, ifelse(dados < 0, -1, ifelse(dados > 0, 1, 0) ) vai retornar o que você espera. A função ifelse está testando se os valores de dados são negativos (dados < 0). Caso seja verdadeira, será atribuído o valor -1, caso contrário, outro teste é realizado. Agora testamos se os valores de dados são positivos (dados > 0). Caso ...


3

C é uma linguagem sem muitas abstrações, por isso precisa controlar cada aspecto de forma direta e fazer o que não quer fazer ou criar suas próprias abstrações ou mecanismo para controlar isto. Você pode passar o tamanho como argumento da função (veja exemplo na resposta do Isac) ou pode criar uma estrutura onde tenha o tamanho e a referência para a matriz, ...


3

Uma forma simples de o fazer é alterando a ordem dos parâmetros para que a dimensão venha antes da matriz, e com isso já consegue usar a dimensão no parâmetro que representa a matriz. Exemplo: int operacao (int dim, int matriz[dim][dim]) { // | ^---^ matriz utiliza o dim do parametro anterior // ^ ---- a ...


3

Resolução Utilizando dois for, um para percorrer "m" e outro para percorrer os seus sub-itens, criei outro array para o itens que serão somados, mas se você for utilizar apenas somas com zero é melhor trocar o array e colocar o valor estático, e por fim eu criei um flag chamada "isNulo" assim se existir algum valor que não seja zero ela é setada para "False"...


3

Não precisa ficar somando os elementos, basta percorrer as listas e ir verificando se cada valor é diferente de zero. Uma maneira de resolver é primeiro criar uma função que verifica se uma lista possui somente zeros: def somente_zeros(lista): for elemento in lista: if elemento != 0: return False; return True; Repare que se ...


3

Bom, sua pergunta está um pouco melhor mas para seu exemplo ser realmente reprodutível você deveria fornecer a matriz em um formato pronto para o R, tal que quem fosse responder só precisaria copiar e colar. De qualquer forma segue a resposta. Conjunto Mínimo Aqui vou recriar sua matriz no R: g <- matrix(c(0,1,1,0,0,1,0,1,0,0,1,1,0,1,1,0,0,1,0,0,0,0,1,...


3

O maior problema é que está manipulando uma matriz como um vetor, simplesmente abandonou as colunas, se é uma matriz em todo momento tem que ter dois índices, um de linha e outro de coluna, e não tendo dois vai pegar lixo. O código está confuso e complexo demais. #include <stdio.h> int main (void) { int matriz[3][3], rot[3][3]; for (int i = 0;...


2

depende do que você quer dizer com "matriz": A linguagem python em si, pura, não tem uma estrutura específica para matriz. Pode se usar listas dentro de listas, mas não existe uma forma de determinar o tamanho sem iterar e contar elementos de cada lista. Uma alternativa muito comum para manipulação de matrizes é a biblioteca numpy. Ela não faz parte do ...


2

A escrita e leitura em arquivo que tem está correta, o problema são alguns erros e equívocos seus no código: Como disse em comentário o printf está errado pois imprime uma casa que não existe: printf("%d %c %c\n", read_data.partida, read_data.jogvelha[3][3], read_data.resultado); // ^--^ Se tem um ...


2

Posso sugerir que você não trabalhe dessa forma? Você claramente precisa de um array associativo para esse programa, os chamados dicionários em Python. Dessa forma, ao invés de associar o nome do evento, ou o tipo do evento a uma posição arbitrária da lista, você pode associá-la a "nome", ou "tipo". Exemplo: cienciatec = [{ 'Número do evento': 1, '...


2

Primeiro, nunca percorra uma lista em Python com for i in range(len(data)) para depois fazer data[i]. Isso não é idiomático (pythonico). Você pode fazer simplesmente um for linha in data. data = [ [5, 4, 1, 10, 2], [3, 0, 2, 1, 7], [3, 0, 2, 1, 7], [3, 0, 2, 1, 7] ] for linha in data: for numero in linha: print(numero, end=" "...


2

Conforme explicado nos comentários, de acordo com a documentação, quando você faz Array(3,3), você está criando um array com 2 elementos (e ambos os elementos são o número 3): let arrayCom2Elementos = Array(3, 3); // array com 2 elementos console.log(arrayCom2Elementos); // [3, 3] // tamanho do array console.log(arrayCom2Elementos.length); // 2 ...


2

A primeira pergunta é relativamente simples de resolver. Caso você tenha certeza em ter valores diferentes de zero no seu idF, isto se torna simples. Bastar usar um comparativo a matrix como índice. Abaixo coloquei uns exemplos da matrix fragil e como os indices se comportam. Use a ultima linha de código abaixo antes de passar pra a próxima parte. fragil = ...


2

Você define MAX=10 e usa este valor como tamanho da dimensão secundária no argumento matriz[][MAX], mas sua matriz tem dimensões mat[3][3]. Quando o loop vai pular de linha na matriz, avança dez posições na memória e "cai fora" da variável.


2

Usando força bruta, daria para resolver a letra (i) assim: //i) Qual nota foi a mais frequente na turma 2? float notaMaisFrequente = 0; int quantidade = 0; int q = 0; int a, b; for(i=0;i<4;i++){ for(j=0; j<5;j++){ for(a = 0; a < 4; a++){ for(b = 0; b < 5; b++){ if(turma2[i][j] ==...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam