Respostas interessantes marcadas com a tag

17

O assunto é complexo e não é fácil responder sem entrar em alguns detalhes. Vou tentar de uma maneira simples abordar os pontos levantados pela pergunta, vamos lá: Algo de extrema relevância ao se comparar ritmos é conhecer quantas batidas por minuto um áudio possui, claro que para efetuar este tipo de análise você vai precisar de uma janela maior, 30 ...


12

Primeiramente, é legal dizer que esse é um problema famoso de machine-learning. Ele está disponível como desafio do Kaggle, de onde também é possível baixar o banco de dados. Inclusive, é de lá que eu baixei os dados para escrever a resposta. Vou mostrar uma metodologia bem simples para treinar um classificador para esse problema. A resposta é bem um hello ...


11

Faltou tanta coisa, vamos por partes! x=0:0.1:6*pi; Não sei qual foi sua intenção em fazer 6*pi, não faz nenhum sentido, vc deve ter confundido as coisas, calma que já chego lá... Seu x começa do valor 0 e linearmente vai espaçando os valores com 0.1 até 6*pi = 18.8496 Pra exemplificar seu x é: 0 0.1000 0.2000 0.3000 0.4000 0.5000 0....


6

Você ofereceu poucos exemplos do seu problema, então eu fiz o melhor que eu pude com eles. Ao menos nesses dados, a temperatura cai ao longo do dia de uma forma bastante linear. Assim, você pode tentar produzir um modelo linear (fazendo uma regressão linear, usando o método dos mínimos quadrados como sugerido pelo @Vinicius) com os dados que tem e assim ...


6

Em Python não existe nenhuma sintaxe cabulosa! Você pode usar a função nlargest() da biblioteca padrão heapq, veja só: import heapq lista = [ 9, 6, 3, 5, 0, 7, 8, 2, 1, 4 ] maiores = heapq.nlargest( 2, lista ) print(maiores) Saída: [9, 8] Uma solução alternativa consiste em ordenar a lista em ordem decrescente usando a função sorted() e usar slice ...


5

Já tentou usar o xlsread? xlsread(nome do arquivo,pasta,intervalo) Exemplo: % Criar um arquivo do excel chamado Exemplo.xlsx. values = {1, 2, 3 ; 4, 5, 'x' ; 7, 8, 9}; headers = {'primeiro','segundo','terceiro'}; xlswrite('Exemplo.xlsx',[headers; values]); % Pasta tem então os dados (Exemplo.xlsx): primeiro Segundo Terceiro 1 2 ...


5

PS.: Pelo que me parece este caso também acontece em outras linguagens. Não é um problema na linguagem, mas sim na sua lógica. A ideia que você utilizou é até bem interessante, de subtrair o menor número e verificar novamente o menor entre eles que não seja zero, porém, suas condições jamais serão satisfeitas pelo fato que uma das diferenças será zero. ...


4

A equação à qual se deseja achar as raízes é: x * y = 1700/57 Você precisa, para seu espaço solução, de dois números reais x e y. Mas x e y não são números reais quaisquer, eles são reais positivos, podendo ser representados pela fração de dois inteiros a/b, sendo que 1 <= a,b <= 300. Note também que x = a_x/b_x e que y = a_y/b_y, não havendo nenhuma ...


3

Para salvar uma variável (qualquer uma, que eu saiba), em um arquivo, basta utilizar o comando save. Este comando possui várias opções que controlam o formato da escrita da variável, e compatibilidade do formato com outras versões do Matlab. O site à seguir possui mais informações e foi encontrado utilizando uma busca simples no Google: Save workspace ...


3

Vejo basicamente dois modos mais ou menos simples para resolver este problema: método dos mínimos quadrados e máxima verossimilhança: Máxima Verossimilhança Uma abordagem para o seu problema é considerar a temperatura como uma variável aleatória t: t ~ T(x, k) Ou seja, t é variável aleatória com distribuição T e parâmetros k, sendo x o tempo. t é o que ...


3

Tem alguns erros acontecendo no seu código... Ok vc pulou diretamente para o Byte que contem os dados do arquivo de áudio aqui: fseek(fp, 44, 0); Na próxima linha leu 1024 bytes: fread(buff,sizeof(int),1024,fp); Logo depois dentro do seu while você esta tentando caminhar até o byte 5000 ? como se vc só leu no buffer 1024 ? Certamente ele leu ...


2

O AP conseguiu a resposta no SO: Este deve ser solucionável mantendo minha solução genérica para este problema em mente. 1) Execute o código com dbstop se der erro Ele agora vai parar na linha de que você forneceu: outclass= glevels(outclass(~unClassified),:); 2) Verifique se as possíveis soluções. Neste caso, eu assumo que glevels e outclass são ...


2

É relativamente simples gerar animações em Matlab, você precisa criar um for e a cada passo gerar a saída desejada, chame a função getframe imediatamente após a função responsável por gerar o gráfico, esta função funciona como um print screen na janela do gráfico, coloque cada frame em uma posição e por fim chame a função movie para executar os frames ...


2

Recomendo: usar o comando xlsread, ou converter o arquivo para o formato csv e então usar o comando csvread, ou se nenhuma dessas soluções lhe satisfizer você pode usar o readtable. Para o último, vou mostrar como importar um arquivo excel contendo datas para uma tabela no Matlab. Seja o arquivo hipotético peso.xls com os seguintes dados. Data ...


2

Em Matlab a função inline é equivalente a função matlabFunction() e em R o comando function pode ser utilizado pra criar as mesmas funcionalidades. Utilizando ambas as funções em Matlab para provar similaridade: f1 = inline('sin(x/3) - cos(x/5)') f1 = Inline function: f1(x) = sin(x/3) - cos(x/5) f2 = matlabFunction(sin(x/3) - cos(x/5)) f2 =...


2

Como foi comentado em sua pergunta, seria bom você ter tentado algo, ou ter trazido opções, que existem varias. Vão algumas dicas para você desenvolver seu trabalho, qualquer coisa você retorna o código caso não consiga fazer. Pra fazer isso eu conheço três formas: Criar uma figura, colocar o colour pallete na horizontal e esconder a figura. Ai você edita o ...


2

Como você não forneceu dados de exemplo do seu domínio de problema (apesar de eu ter pedido duas vezes), eu tive que usar alguma fonte de dados publicamente disponível na Internet. Optei por usar os dados da população de coelhos no deserto de Chihuahuan (na fronteira entre os EUA e o México) entre os anos de 1989 e 1994. Esses dados estão publicamente ...


2

Uma maneira fácil de fazer é transformando a imagem de 8-bit unsigned integers para double, e salvar usando dlmwrite(). A = imread ('alta-fauna15.jpg') B = rgb2gray (A) imshow (A) % Mostra Imagem colorida imshow (B) % Mostra Imagem em escala de cinza dlmwrite('myFile.txt',im2double(B)); % Salva e converte C=dlmread('myFile.txt'); %Le o arquivo C=...


2

Se você já tem a tabela no Excel, o jeito que talvez seja mais fácil é exportar os dados do Excel para um arquivo CSV (Comma-Separated Value). Basta ir no menu "Arquivo" e escolher a opção "Salvar como". Na janela de diálogo, escolha o tipo do arquivo como CSV: O meu Excel é o em português, e por isso ele usa o ponto-e-vírgula (;) no lugar da vírgula (,) ...


2

Feito no Matlab %Cria matriz de valores iniciais [X,Y]=meshgrid(-1:.002:1,-1:.002:1); Z=X+i*Y; %Cria funções f=@(z) z.^4-1; fp=@(z) 4*z.^3; plot(Z,'.'); %NEWTON RAPHSON for k=1:50 Z=Z-f(Z)./fp(Z); end z=[1 i -1 -i]; %Raízes %A matriz W contém o número da raíz que cada elemento Z converge W=5*ones(size(Z));%Cria matriz W %Aproxima cada raiz for k=...


2

Caso pretenda fazer o gráfico teórico basta continuar da mesma forma que começou, pedindo os valores e mostrando a figura para um e outro caso. Pode mostrar o resultado na mesma figura ou figuras separadas. Recomendo usar um tempo t dependente do valor de Tau. Um condensador carrega/descarrega totalmente em 5*Tau, por isso o codigo seguinte mostra figuras ...


2

Apesar de ser uma técnica computacionalmente ineficiente, a igualdade (xa * xb) / (ya * yb) = 1700 / 57 pode ser verificada por meio de força bruta. São aproximadamente 8 Bilhões de possibilidades que precisam ser testadas: 300 * 300 * 300 * 300 = 8.100.000.000 Nos meus testes em um Intel(R) Core(TM) i5-3470 CPU @ 3.20GHz fui capaz de testar todas as ...


2

Como está com a tag matlab, segue uma solução usando as funcões do matlab. Deixo claro que as respostas do Anderson e do Lacobus estão ótimas e tem uma análise ótima da lógica. No matlab, você pode ordenar uma array utilizando a função sort e usar suas saídas, com os índices e os valores. Como o que você quer é os dois maiores, segue uma saida no prompt ...


2

Além do que Marcelo Uchimura colocou na resposta, Vale lembrar que quando você usa matrix=load('data.mat') ou matrix=load('data.mat','variavel') Você tem como resposta uma estrutura, não a matrix salva. Supondo que a matrix de chama mt, pra acessar ela é necessário usar st=load('data.mat') matrix=st.mt ou então apenas use load('data.mat') ou load('...


2

A primeira pergunta é relativamente simples de resolver. Caso você tenha certeza em ter valores diferentes de zero no seu idF, isto se torna simples. Bastar usar um comparativo a matrix como índice. Abaixo coloquei uns exemplos da matrix fragil e como os indices se comportam. Use a ultima linha de código abaixo antes de passar pra a próxima parte. fragil = ...


2

"Funções" são um dos conceitos fundamentais de linguagens de programação modernas - e derivam justamente do conceito de funções em matemática. Python é uma linguagem de programação robusta, que pode atender o que você precisa - Matlab é uma ferramenta de domínio específico da matemática, desenvolvida e publicada por um único vendedor (empresa), e é algo ...


1

Bom vamos lá, ter a hora em decimal pode ser algo interessante(inteligente), isso pode te ajudar na visualização dinâmica no eixo x durante o zoom: Um exemplo: max=33; min=15; t=(0:100:2359) r1 = min + (max-min).*rand(length(t),1); plot(t,r1) Não estamos providos de todas as informações, então o código acima tenta simular os dados para demonstração, ...


1

Tente usar o tblread ao invés do dlmread! Você conseguira ler arquivos com essa estrutura: Latitude » Longitude » City 42.3584 » -71.0598 » Boston 40.4167 » -3.7003 » Madrid 41.8955 » 12.4823 » Rome E ainda poderá usar delimitadores para buscar as posições corretas! Fonte para pesquisa e entendimento do comando citado!


1

Segue: maxInteracao = 10; for index = 1 : maxInteracao //stuff erroClassifTeste = 100 * (classificacoesErradas/numTeste); arrayErro [i] = erroClassifTeste; end


1

As funções no Matlab podem ter uma unica saída ou várias. Uma unica saída: function y = media(x) if ~isvector(x) %testa se é um vetor error('A entrada tem que ser um vetor') end y = sum(x)/length(x); end Várias saídas: function [m,s] = stat(x) n = length(x); m = sum(x)/n; s = sqrt(sum((x-m).^2/n)); %calcular o desvio end Como usar: valores = [12.7, ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam