Respostas interessantes marcadas com a tag

13

Incompatibilidades entre MariaDB 5.1 e MySQL 5.1 Em alguns poucos casos MariaDB tem que ser incompatível para permitir MariaDB para fornecer mais e melhor informação do que MySQL. Aqui está a lista de todas as incompatibilidades conhecidas nível de usuário que pode ter ao usar MariaDB 5.1 em vez do MySQL 5.1. Os nomes dos pacotes de instalação começar com ...


11

Seu professor está enganado, MariaDB é compatível em muitas coisas com MySql, mas não é nada renomeado, é outro banco de qualquer forma, pode ser até considerado uma fork do mysql, já que foi criado pelo mesmo desenvolvedor do mysql. Ou seja são projetos a parte, tanto que ambos recebem atualizações, melhorias e correções independente um do outro. A ...


10

Server e Client O pacote do servidor instalará o servidor de banco de dados (Mysql / MariaDB) com o qual você pode interagir usando um cliente. Você pode usar o cliente para enviar comandos para qualquer servidor; em um computador remoto ou o seu próprio computador. O servidor é usado para persistir os dados e fornecer uma interface de consulta para ele (...


6

Enquanto o Mysql-server, é onde fica armazenado os dados, é de fato o banco de dados, o Mysql-client, é para você apenas se conectar, e gerenciar os bancos de dados (mysql-servers), sejam eles locais ou mesmo remotos. Mariadb, foi criado pelo mesmo criador do MySQL, é um fork o MySQL, por isso existe muita compatibilidade, porém, são SGBDs diferentes


6

Quando se tem uma única aplicação e vários clientes diferentes, pode ser vantajoso ter um único banco de dados atendendo a todos (como você afirma ser o caso do Wordpress e Joomla). Isso não vem sem desafios, entretanto - veja minha resposta a essa pergunta relacionada para um exemplo real de como isso pode ser feito, e dos cuidados que precisam ser tomados ...


6

Se você usa utf8mb4, cada caractere de um campo CHAR ou VARCHAR reserva 4 bytes, portanto, seus 200 caracteres podem precisar de até 800 bytes. Se realmente precisa desse índice, ou precisa diminuir um pouco o campo... brinquedo_imagem_url VARCHAR(180) NOT NULL -- 180 x 4 = 720 -- ...ou então pode manter os 200, mas definir um charset diferente para ele:...


5

Em 2008, o projeto MySql foi incorporado pela Sun Microsystems. Em 2009, a Oracle comprou a Sun - e incorporou o MySql em seu rol de produtos. Não houve mudança no nome do produto. (Fonte). O fundador do projeto, descontente com a situação, realizou um fork do MySql criando assim o MariaDB. (Fonte) Pelo fato do MariaDB ser um fork do MySql, ambos (ainda) ...


5

Basicamente isso: INSERT INTO tabela SET coluna = IF( @variavel IN (1,2,3), 1, 0 ); O IN retorna verdadeiro se a variável estiver na lista O IF retorna o segundo valor se a primeira expressão for verdade, senão retorna o terceiro. Veja funcionando no SQL Fiddle. Notas: Em T-SQL a partir do 2012, existe a função IIF, que funciona da mesma forma que o IF ...


4

Falta um UNSIGNED em brinquedo_categoria_id já que na tabela original foi definido SERIAL, que também não pode ser negativo.


4

Conforme testes obtidos com os mesmos registros e mesmas tabelas mostram que os resultados são os mesmos: Em MariaDB: MariaDB [test]> SELECT DISTINCT umr.tema_id, ( SELECT count(vw1.tema_id) FROM vw_unidades_monitoramentos_respostas vw1 WHERE ((vw1.tema_id = umr.tema_id) AND (vw1.u nidade_id = 68) AND (vw1....


4

Você pode fazer um INSERT SELECT ao mesmo tempo, assim: INSERT INTO tabela (campo1, caompo2, ...) SELECT campo1, caompo2, ... FROM tabela WHERE primary_key = 3; Obs.: Você deve passar a mesma quantidade de campos no insert e no select. Não é obrigatório passar todos os campos da tabela, mas os campos de não passar ficam como null. Não precisa passar ...


4

A maneira mais simples que indico é adicionar ao campo nome uma CONSTRAINT de índice único. Ao tentar inserir uma nova entrada para o mesmo nome, o MySQL gerará um erro (que pode ser tratado pelo chamador do INSERT). Para adicionar o constraint execute o código: ALTER TABLE registro_tb ADD CONSTRAINT nome UNIQUE NOTA: Não podem existir registros com ...


4

Olá Rafael você pode definir um alias para as tabelas. Usando seu exemplo, faria da seguinte maneira: SELECT TUR.id AS turma_id, TUR.id_professor AS turma_idprofessor, TUR.id_curso AS turma_idcurso, TUR.data_inicio, TUR.turmas.qtd_alunos, PROF.id AS professor_id, PROF.nome_professor AS professor_nome, CUR.id ...


4

acho que a query certa seria: SELECT * FROM produtos WHERE quantidade <= quantidade_minima


3

Como você não sabe como está sendo armazenado, utilize das COLLATIONS CASE INSENSITIVE para efetuar esse trabalho: $sql = "SELECT * FROM users WHERE username COLLATE utf8_general_ci = '$Name' && userpass = '$PassMD5' LIMIT 1"; Para acentuação é utilizado também o latin1_general_ci. Aqui há a lista de collations suportadas pelo MariaDB.


3

// Converta o nome de usuário em minúsculas $username = strtolower($Name); // Use LOWER () para converter o nome de usuário em minúsculas $result1 = "SELECT * FROM users WHERE LOWER(username)='$username' && userpass = '$PassMD5' LIMIT 1";


3

Baseado no comentário do colega Marconi, resolvi o problema usando o NOT IN: select * from enc_dados_principais where IdUsuarios not in (SELECT IdUsuarios FROM enc_dados_complementares);


3

O nome da foreign key que você definiu como u_id_fk já está declarado na tabela postagens. Nome de foreign key é única, independente de tabela. Crie outro nome para u_id_fk na tabela amizade. Você receberá esta mensagem se estiver tentando adicionar uma restrição com um nome que já tenha sido usado em outro lugar. Se a tabela que você está tentando ...


3

Execute a seguinte query: UPDATE CPSCli SET FimValidPre = DATEADD(s, -1, DATEADD(mm, DATEDIFF(m, 0, FimValidPre) + 1, 0)) Explicando o funcionamento da query: DATEDIFF(m, 0, FimValidPre) DATEDIFF: Estamos pegando por meio do parâmetro m (datepart que representa meses), o número de meses a partir de 1900 (último ano de pesquisa aceito no SQL) até a ...


3

Usando SQL Ansi, que funciona em todos os bancos de dados, você pode fazer algo como: insert into dados (coluna1) values ( case @parametro when 1 then 1 when 2 then 1 when 3 then 1 else 0 end)


3

De maneira alguma. Chaves primárias devem ser estáveis, se muda não é uma chave primária, este dado claramente é secundário, não sei nem se é adequado acessar assim, mas como chave primária certamente não serve. Então use um id ou veja se pode usar alguma outra chave estável. Não dá para ter certeza, mas parece que nem pode ser garantido que seja único, ...


3

Amigo, no select que esta apresentado no seu erro, além de faltar o campo participante_id você esta colocando a condição where na ordem errada, tente assim: SELECT participantes.name, participantes_atividades.participante_id, COUNT(participantes_atividades.atividade_id) AS qtd FROM participantes_atividades JOIN participantes ON ...


2

Como o MariaDB é o mesmo core do MySQL, você pode utilizar o mesmo módulo de MySQL para poder acessar o DB. Acesse este link e veja


2

Defina o charset desejado em tempo de execução. Se estiver usando PDO, faça: $pdo->exec('SET NAMES utf8'); Em Mysqli: mysqli_query($mysql, 'SET NAMES utf8')


2

Tem uma vírgula sobrando depois de unit_catapult_tec_level, e isso acontece por causa do foreach mal projetado (que adiciona vírgula depois de todos os elementos incondicionalmente). Uma solução seria no lugar dessa linha: @$sql .= " FROM villages WHERE id= '".$village['id']."'"; Trocar por essa: $sql = rtrim( $sql,',')." FROM villages WHERE id= '".$...


2

Depende do contexto. Se estivermos falando de um protótipo ou de tabelas que numca serão muito grandes, pode ser um exagero investir muito tempo otimizando datatypes. Porém, se forem tabelas que alcançarão milhões ou bilhões de linhas, cada byte economizado em uma linha representará vários Gigabytes no seu dataset. Isso certamente terá impacto no espaço de ...


2

Para filtrar resultados repetidos num join você pode usar um group by. Por exemplo, vamos supor que a tabela que tenha registros duplicados pro mesmo imóvel seja a imagem_imovel: Nesse caso, existe apenas o imóvel "1" com duas imagens: img1 e img2. Para recuperar a maior imagem, você vai precisar criar uma subquery no seu join: select * from imovel join ...


2

Utilize o next ou first antes de capturar o valor. public String getBlockPermission(String blockstring){ String permission = ""; try{ ResultSet res = connection.createStatement().executeQuery("select permission from limitedblocks where blockstring='" + blockstring + "';"); res.first(); /* Move para primeira ocorrência */ ...


2

No MariaDb você pode usar o source ou simplesmente \. para executar um arquivo .sql, por exemplo: MariaDB> source file.sql MariaDB> \. file2.sql Há outras formas de executar um script também: user@pc: mysql -u USUARIO -p < file.sql Você também pode utilizar o mysqlimport, por exemplo: user@pc: mysqlimport [OPTIONS] DATABASE file.sql file2.sql ....


2

É necessário agrupar todas as colunas com tipos iguais. Ex: SELECT a.codigo_loja_produto, a.codigo_loja, a.codigo_produto, b.nome_produto, b.codigo_barras, b.secoes_produtos, b.endereco_fotos, a.preco_produto, a.ultimo_preco, a.ultima_atualizacao FROM loja_produto AS a INNER JOIN produtos AS b ON a....


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam