Respostas interessantes marcadas com a tag

11

Você pode criar um objeto que armazena todas as letras da string, seguida do número de ocorrências do caractere. Em seguida, basta retornar o número de propriedades desse objeto cujo valor, isto é, o número de aparições do caractere, for maior que 1. Algo assim: function duplicateCount(string) { const charMap = {}; // Mapeamos cada caractere ...


7

Não, mas praticamente todo loop na maioria das linguagens pode ser feito de várias maneiras. Pseudocódigo: do: fazCoisa() while condicaodesejadaparacontinuar Escrevendo em Py: while True: fazCoisa() if not condicaodesejadaparacontinuar: break Ou seja, em vez de fazer e dar loop se verdadeiro, invertemos para fazer sempre (while True) até ...


7

Iteração Na verdade os três primeiros que usou é a iteração. Se considerar tudo como uma coisa só, além da recursão, até onde eu conheço, só existem esses dois. Existem outras formas de iterar que não são esses comandos, mas a pergunta indica saber disto. Algum paradigma pode até mesmo usar outra forma de chamar isso, mas ainda será uma iteração. Ou recursão....


7

O laço for é um padrão de projeto para repetir comandos com uma inicialização, um passo que sempre será executado em cada iteração e uma condição que determinará quando deve parar de repetir. Algumas linguagens criaram sintaxe para permitir novos padrões de projeto que fazem coisas mais comuns, assim algumas situações podem ser demonstradas de forma mais ...


6

Não! Mas você pode Simular um do while... Linguagem C: int i = 1; do{ printf("%d\n", i); i = i + 1; } while(i <= 3); Python: i = 1 while True: print(i) i = i + 1 if(i > 3): break


6

A variável t não esta sendo utilizada da forma correta. A partir do momento que você entra no segundo loop ele vai sempre percorrer as letras de text decrementando 1 em t while t != 5: for i in text: print(i) t -= 1 print(t) Ao fim da primeira interação no segundo loop, o for i in text:, o valor de t é 0. Ele sai do loop e 0 ainda ...


6

Esse código não faz muito sentido e é bem ineficiente, mas se quer realmente fazer o que está descrito na pergunta ele seria assim: text = 'abcdefghij' t = 10 for i in text: print(i) t -= 1 print(t) if t == 5: break Veja funcionando no ideone. E no repl.it. Também coloquei no GitHub para referência futura. Você não tem um algoritmo ...


5

Uma alternativa é primeiro ordenar a lista, e depois percorrê-la apenas uma vez, calculando a diferença entre cada elemento e o próximo. Como a lista estará ordenada, não é necessário calcular a diferença entre o primeiro e o terceiro, por exemplo, pois certamente será maior ou igual à diferença entre o primeiro e o segundo. def menor_diferenca(lista): ...


5

Você pode usar o o for para isso, colocarei um exemplo abaixo. for count in range(10, -1, -1): print("Eu conto", count) é bem simples além disso você pode acrescentar o time, irei da um exemplo abaixo import time for count in range(10, -1, -1): print("Eu conto", count) time.sleep(1) fazendo assim que espere 1 segundo a cada vez que contar ...


5

Alguns mecanismos diferentes dos citados: Corotinas. É possível também fazer com criação de subprocessos, onde um processo inicia uma cópia de si mesmo. Alguns vírus/worms de computador fazem isso. Uma ou outra vez eu vi sendo usado em um programa legítimo, mas é raro. Função que agenda a si mesma para executar novamente. Exemplo em javascript: ...


5

for..in O for..in itera sobre as propriedades enumeráveis de um objeto, desde que as chaves sejam strings (pois as chaves também pode ser Symbol's). Repare que isso vale para qualquer objeto, não somente arrays. Ex: function forIn(obj) { for (let i in obj) { console.log(`${i} = ${obj[i]}`); } } // testando com array let x = [0, 1, 2]; x[...


4

Não precisa manipular o valor de i. Basta fazer um loop infinito, e só interrompê-lo quando o número for positivo: for i in range (1, 5): while True: num = int(input("Digite um numero positivo: ")) if (num < 0): print("Você digitou um número negativo, tente de novo.") else: break O while True roda "para sempre", e ...


4

Use a expressão regular /(.)(?=.*\1)/gi para encontrar os caracteres que se repetem. function duplicateCount(text) { let repetidos = [...text.match(/(.)(?=.*\1)/gi)].map(x => x.toLowerCase()); return (new Set(repetidos)).size; } console.log(duplicateCount("aabBcdeaa")); // 2 => a,b console.log(duplicateCount("...


4

Não é necessário criar um loop para isso. A função expand.grid faz exatamente o que é pedido: expand.grid(1:3, 1:3) Var1 Var2 1 1 1 2 2 1 3 3 1 4 1 2 5 2 2 6 3 2 7 1 3 8 2 3 9 3 3 Basta substituir 3 por 128 no código acima e tudo estará resolvido.


3

Não vou tratar do loop 1 e 2 porque eles funcionam e também porque eles são a mesma coisa com a diferença que uma usa a variável vars e a outra a calcula on the fly (no comando do loop). Vou comparar os loops 3 e 4 com o 1. Vou mudar de 6 colunas para duas para que a resposta fique menos prolixa. Outra mudança que vou fazer é trocar o "cálculo complexo" no ...


3

Isso de sair de loops aninhados realmente é um problema de programação que dura gerações. O comando break, como você deve saber, sai de um único for ou while, e tem que estar diretamente dentro desse for ou while- não poderia estar dentro de uma função chamada para esse fim. Então, se o break fosse a única coisa existente, a única forma de resolver seria ...


3

É bem simples porém eu tive que escrever tudo do zero, pois não consegui reutilizar seu código. O que você precisa fazer é percorrer cada linha do desenho que aparecerá, formatando a string utilizando espaçamentos, e depois definir um espaçamento x no parâmetro end, dessa forma: max_size = 10 spacing = 3 for i in range(1, max_size + 1): # Primeiro ...


3

A maneira mais fácil é em uma linha de código. list2env(split(df_AI, df_AI$Regiao), envir = .GlobalEnv) O split cria uma lista com um dataframe por cada valor único de df_AI$Regiao. E list2env transforma os elementos da lista em objetos no environment especificado.


3

A função get faz exatamente o que é necessário: ela entende que tu procura um objeto presente no workspace chamado nome_i, com este índice i variando. Veja um exemplo de como utilizá-la logo abaixo. nome <- rep(LETTERS[1:10],10) lat <- rnorm(100, mean = 30, sd =5) long <- rnorm(100, mean = 80, sd =5) sep <- rep(paste0("nome",1:5), 20) df <- ...


3

Para isso você pode usar o while loop ou o for loop: import pyautogui import time i = 0 while i < 300: pyautogui.moveTo(28,295,duration=0.5) pyautogui.click(30,295,duration=0.5) pyautogui.moveTo(650,220,duration=1) pyautogui.click(650,220,duration=1) pyautogui.moveTo(650,670,duration=0.3) pyautogui.click(650,670,duration=1) ...


3

resolvi, rodou assim: var listaDeFrutas = [ "Uva", "Banana", "Manga", "Cajá", "Pinha"] var busca = "Cajá" //seu loop aqui for (var i = 0; i < listaDeFrutas.length; i++){ if(listaDeFrutas[i] == busca){ console.log("Sim, temos a fruta Cajá disponível") } }


3

O problema do seu código, é que você está utilizando o return dentro da estrutura de repetição. Isso faz com que o programa saia da função e consequentemente, interrompa o laço de repetição. Um outro erro do código, é que você está passando como argumento para a função o array alunosA, array este que não possui nenhum elemento. Sendo assim, a função não ...


2

Se entendi direito sua questão, você quer criar um objeto para cada subset do data.frame df_AI. Se é esse o caso, pode usar a função assign: df_AI <- data.frame(Regiao = c("CO", "N", "NE", "S", "SE"), numero = 1:5) for (i in unique(df_AI$Regiao)) { assign(paste0("Regiao_", i), df_AI[df_AI$Regiao == i, ]) } > objects() [1] "...


2

Não propriamente. While: O comando while faz com que um conjunto de instruções seja executado enquanto uma condição é atendida. Quando o resultado dessa condição passa a ser falso, a execução do loop é interrompida, como mostra o exemplo a seguir: contador = 0 while (contador < 5): print(contador) contador = contador + 1 ...


2

A comparação com == e != não compara o conteúdo. A comparação de strings deve ser feita com strcmp. Substitua: do{ inicializando(); printf("\n\n - Deseja fazer um novo calculo? (S/N): "); scanf("%s",resposta); }while(resposta[0] = "N"); por: do{ inicializando(); printf("\n\n - Deseja fazer um novo calculo? (S/N): "); scanf("%s",...


2

Da forma que está abaixo, todas as suas informações serão mostradas da forma correta: <?php $nomes = Array("João Paulo", "Maria Silva", "José Santos", "Pedro Matoso"); foreach($nomes as $nameC) { echo " => " . $nameC . "<BR>"; } ?><br /><?php print_r($nomes);// Irá mostrar tudo o que estiver dentro do ...


2

Você pode aproveitar as opções já existentes para formatação, já que no fundo o problema consiste em alinhar textos à direita ou esquerda, e a linguagem já tem isso pronto. Por exemplo, na coluna "a", temos strings de um ou mais asteriscos alinhadas à esquerda, com no máximo 10 caracteres (sendo que se a string tiver menos que 10, é completado com espaços). ...


2

Pelo o que entendi é isto: Seu array esta assim: array([-2.06133692, 0.3721 , -1.35233125, -2.05725375, 0.39800875, -2.0544975 , 0.66408308, -1.5466 , 0.66212308, -2.559165 ,]) Porém após o código, você deseja ele assim: array([0, 1, 0, 0, 1, 0, 1, 0, 1, 0]) Correto? Se sim, utilize este código: array=([-2.06133692, 0.3721 ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam