Respostas interessantes marcadas com a tag

10

É possível aplicar a Busca Binária numa lista encadeada, entretanto, você perderá a principal razão para usar a Busca Binária, o fator dela ter complexidade O(log n). O fato é que buscas binárias aplicadas em arrays são eficientes, pois os elementos de um array são alocados na memória de maneira contígua, o que torna o acesso a qualquer elemento uma ...


10

Boa parte já está respondida em Qual a diferença entre lista simplesmente-encadeada e duplamente-encadeada?. Então lista encadeada é o mesmo que lista ligada (linked list). O funcionamento da lista encadeada é através de nós independentes onde tem o elemento. Cada elemento possui pelo menos um ponteiro indicando onde está o próximo nó. Na lista ...


10

Quando alguém disser o que deve fazer, peça justificativa. Iteração Iterar qualquer estrutura de dados com um conjunto de dados não tem problema algum, na forma geral. Se quer iterar de forma específica, em uma estrutura específica, e quer um resultado específico, aí pode ter um problema. Essencialmente todas as estruturas de dados básicas podem ser ...


7

Isso pode ser feito de duas maneiras diferentes. A primeira é concatenar os nós da segunda lista na primeira, ou seja, modificar a primeira lista e adicionar todos os nós da outra lista. Isso seria mais interessante se fosse um método interno de Lista. O código seria assim: public void Concat(Lista toConcat) { var no = InicioLista; while(no....


6

Seu problema é que no remove você não está atualizando o ultimo. Assim, quando você remove o último elemento o campo ultimo passa a apontar para um nó (célula) que não pertence mais à lista. Ao tentar re-adicionar o elemento (ou adicionar qualquer coisa) ele acrescenta ao this.ultimo, de modo que o novo nó não é acessível a partir de this.primeiro. Para ...


6

Vamos começar com o Element: public class Element<T> { private Element<T> next; private Element<T> prev; private T value; public Element(T v) { value = v; } public void setNext(Element<T> e) { this.next = e; } public Element<T> getNext() { return next; } public ...


5

Minha ideia para solucionar seu problema é usar o quick sort para ordenar sua lista simplesmente encadeada. Para tal, vou usar aqui uma função impl_comp que vai comparar dois elementos da lista (vão ser passados os dados, não os nós da lista). impl_comp pode, então, ser implementada para comparar quaisquer dois dados que se deseja, como no caso é string, ...


5

A memória realmente continua alocada ao fim da execução da função. Para limpá-la use free, como já foi dito pelo @Rodrigo Vieira. Para conseguir manipular os elementos alocados na memória dentro da main existem duas alternativas. Declarar um ponteiro global do tipo cel e fazer ele apontar para p dentro da função adicionar, ou, o que eu acho mais viável para ...


5

Vc já teve o essencial da sua resposta: construa um algoritmo recursivo. Se você optar por usar uma lista ligada, a vantagem é que a remoção de itens vai ser bastante eficiente. Assim, dá pra construir com certa facilidade o algoritmo a seguir: Construa uma lista com as peças lidas. Utilize uma estrutura de dados que contenha para cada peça os valores da ...


5

O que é Pense em uma sequência de objetos do mesmo tipo, onde cada elementos é armazenado em uma lista. O primeiro elemento na primeira célula, o segundo na segunda e assim por diante. A lista encadeada é a representação dessa sequência. Ela oferece os procedimentos básicos para manipulação dos dados: inserção, remoção e busca. O seu caráter dinâmico é umas ...


5

É o endereço inicial da lista, é o primeiro elemento que é necessário saber por onde começar a andar por ela. Essa informação precisa estar na estrutura de dados (a instância da lista). Depois a localização dos demais elementos vai achando nos próprios elementos, já que a lista ligada tem como característica justamente ter nós com o valor e o próximo ...


4

Recomendo você fazer em C, e na hora de compilar (com o GCC) você compila desta forma gcc.exe programa.c -o codigo.asm -S Ai o compilador irá converter seu código C em Assembly, ai você poderá ver como ele foi feito!


4

Eu fiz um código básico. Não analisei todo seu código e não fiz testes extensivos. Pode ter situações que não funcione. Como eu teria tomado várias decisões diferentes eu preferi tentar manter do jeito que você vinha fazendo e nem analisei se algumas coisas não estão ideal, até porque me parece que você está aprendendo e isto é secundário. void Lista::...


4

Um jeito mais simples é utilizar um método recursivo. Dessa maneira, você passará como parâmetro o primeiro elemento da lista e a nota que você deseja procurar para remover. Um exemplo: Aluno removeAluno(Aluno aluno,int nota){ if(aluno != null){ // Se o aluno atual for o aluno que você deseja remover, ele é substituido pelo aluno seguinte if(...


4

Em C++ é possível que um atributo de uma classe seja a própria classe? NÃO. Em C++ é possível que um atributo de uma classe seja UM PONTEIRO para a própria classe? SIM. Detalhe: em C++ uma estrutura C também é considerada como uma classe. Dica: nos nomes de classe, comece por maiúscula. É uma convenção que praticamente todo mundo usa. class Item { public:...


4

Isso parece uma implementação de uma lista encadeada (linked list). Ele armazena a referência para o próximo item, caso não exista, então null. é uma coleção linear de elementos de dados, cuja ordem se dá com cada elemento apontando para próximo Na imagem, cada bloco de duas casas é um nodo e a última casa de cada bloco é a referência para o próximo nodo....


4

Em quais cenários é recomendado utilizar a implementação LinkedList em vez ArrayList Se não puder justificar o uso de uma LinkedList use ArrayList. Ela deve ser o padrão por ser simples e rápida. Lista ligada não pode acessar um elemento qualquer com complexidade de tempo constante (O(1)), precisa ser, na média, meio linear (O(N/2)), o que pode ser de um ...


3

Considerando que se possa obter a quantidade de elementos, você pode descobrir qual é a metade da lista. Com isso você teria que percorrer da cabeça da lista até o meio e comparar o valor desejado com o nó do meio, caso seja maior deverá considerar a posição do meio o inicio da lista e encontrar o meio do novo início até o fim, ou o contrário caso seja menor....


3

Você declarou a variável mas não atribuiu nenhum valor a ele. Aí tentou modificar o valor dela. Isto gera erro. Tem que inicializar a variável. Por se tratar de um ponteiro, a inicialização se dá por alocação de memória. #include <stdio.h> #include <stdlib.h> typedef struct node *link; struct node{ int item; link next; }; int main(...


3

pal é um ponteiro para char então *pal vai ser uma posição de memória contendo um char. Quando você faz*pal = cvocê está armazenando um char na posição de memória apontada pelo ponteiropal`. Acho que o que você queria fazer é pal = nodo->info fwrite (pal, sizeof(char) * 30, 200, fp); Ou simplesmente fwrite (nodo->info, sizeof(char) * 30, 200, fp);


3

O código está cheio de problemas. Vou apontar alguns: O principal visível é corrupção de memória. As variáveis info e anterior foram declaradas mas memória não foi alocada para elas. Quando você tentou escrever algo nelas melou a memória, possivelmente escreveu em cima de alguma coisa importante. Também não sei de onde surgiu a variável busca. Ela não ...


3

Como você diz que deve implementar listas encadeadas, não tem como evitar o uso dos ponteiros. Abaixo fiz uma implementação que usa a lista. Ainda é passível de alterar a void ListaInfractoresAnteriores(Infractores * listaDeInfratores) de forma que você tenha a lista de Infratores na função main. #include <stdio.h> #include <stdlib.h> #include &...


3

Seu problema é que você tem uma única variável (cont) que é incrementada toda vez que dois códigos forem iguais. Toda vez que quaisquer códigos forem iguais. Se o código a repetir 10 vezes e o b repetir 2 vezes, cont será 12. Isso não te diz nada sobre qual deles se repete mais, nem qual nó possui esse código repetido. Para resolver isso, sugiro guardar em ...


3

Esta é a abordagem que utilizo quando quero actualizar entidades composta: Defino uma interface IObjectWithStateque todas as classes do meu modelo implementam: public interface IObjectWithState { ObjectState State { get; set; } } public enum ObjectState { Unchanged, Added, Modified, Deleted } Defino uma classe de ajuda para converter ...


3

Primeiro, certifique-se que Image referencie Region com cascadeDelete habilitado. Este é um exemplo de Migration: CreateTable( "dbo.Images", c => new { /* Coloque a declaração das colunas aqui */ }) .PrimaryKey(t => t.ImageId) .ForeignKey("dbo.Regions", t => t.RegionId, ...


3

Um exemplo para implementação para adicionar um valor de forma recursiva na sua lista simplesmente ligada seria: private Node lista; public void addLast(int valor) { addLast(lista, valor); } private void addLast(Node lista, int valor) { if (lista == null) { this.lista = new Node(valor, null); ...


3

A pergunta é de algo que pode garantir a complexidade. Não fala em nada relacionado com a velocidade. São conceitos diferentes. Lista encadeada com essa complexidade é difícil. Só quicksort não consegue esta complexidade. Copiando antes, só piora a situação. Copiar para outra estrutura pode dar mais velocidade, mas não dar esta complexidade. Parece que ...


3

Quando tem um laço andando pelos elementos de uma estrutura de dados já é um grande indício que ela é linear - O(N). Se tiver um laço dentro de outro ela já passa para quadrática - O(N2), o que não é o caso. Claro que é possível ter um laço e a complexidade ser logarítmica - O(logN). Ou o laço não estar aplicado aos elementos, o que poderia deixar a ...


3

Excelente resposta do Luiz Viera! Só de curiosidade e para complementar, esse problema dos dominós é um problema clássico na teoria dos Grafos! Ele é isomórfico ao problema das pontes de Königsberg generalizado para n pontes. O problema consiste em uma cidade cheia de ilhas e pontes. O objetivo é percorrer um trajeto passando exatamente uma vez por cada ...


3

O malloc deve ser feito com o tipo da lista e não o seu ponteiro. Por isso: novo = malloc(sizeof(Noticia)); Deve na verdade ser: novo = malloc(sizeof(struct Lista)); Porque Noticia é na verdade um struct Lista *, e apresentando o sizeof de cada um conseguimos ver que não corresponde ao que se pretendia: sizeof(struct Lista) => 12 sizeof(Noticia) => 4, ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam