Respostas interessantes marcadas com a tag

34

Conceituação inicial Aplicação e executável são coisas diferentes. Aplicação é um conjunto de coisas (eventualmente pode ser só o executável quando é algo muito simples), de funções, tarefas, atividades que beneficiam o usuário, é um conceito mais abstrato. Quando um executável principal (EXE no Windows) precisa de uma DLL ele já não representa sozinho a ...


13

Ambas tem a mesma finalidade: são bibliotecas que permitem reutilizar um determinado código. Uma é estática (*.lib, *.a) e a outra dinâmica (*.dll ou *.so). Isso você já sabe. Mas as diferenças são: As bibliotecas estáticas aumentam o tamanho do binário gerado, pois elas são "embutidas" ao seu próprio código. Enquanto as dinâmicas são armazenadas em um ...


8

Resumidamente, uma DLL é uma biblioteca que contém funções, as quais podem ser chamadas em tempo de execução pela aplicação, dando assim um dinamismo no seu uso. Já a LIB é uma biblioteca estática podendo seus métodos só serem invocados em tempo de compilação. Logo o uso de LIB resultaria em um arquivo maior, que poderiam ser divididos com o uso de DLLs, ...


4

Dos que citou, aparentemente o stella-boleto é o mais usado atualmente, até mesmo por outros utilitários do caelum-stella, como o stella-bean-validation. Olhando o repositório do stella-boleto a última alteração é de 16 dias atrás, e do bopepo, de 14 dias atrás. Hoje utilizo o stella-boleto. Realmente ele tem bem menos bancos implementados que o bopepo (...


2

Acredito que você já criou um .h exportando as funções da biblioteca; se fez isso basta incluir o .a na linha que monta o seu executável. Bom, acho melhor colocar um exemplo mais completo: teste.h: #ifndef STATIC_H #define STATIC_H extern int func(); #endif static.c: #include "teste.h" int func() { return 10; } app.c: #include <stdio.h&...


2

1ª Opção e acho que você já deve ter tentado é usar o cabeçalho: #include "libstatic.a" Aponte para o local correto da biblioteca. 2ª Opção encontrada nesta resposta do SOen: cc -o yourprog yourprog.c -lstatic ou cc -o yourprog yourprog.c libstatic.a 3ª Opção também encontrada no SOen: gcc -I. -o jvct jvct.c libjvc.a Encontrei um link que ensina a ...


2

Não existe; o preprocessador C é uma linguagem de macro bastante primitiva, e pouco integrada com o resto da linguagem (como o próprio Dennis Ritchie afirma). O que você pode fazer é criar um arquivo de cabeçalho separado que inclua ele próprio todos os cabeçalhos padrão que você quer incluir, geralmente chamado common.h ou config.h: #ifndef ...


1

Resposta retirada de uma discussão da página do Dev-C++: 1) clique nos Projetos -> "Opções do Projeto" -> "Parâmetros" 2) em "Linker", onde diz: "Adicionar biblioteca ou objeto", clique nesse botão, 3) varrer a lista até encontrar a biblioteca que deseja vincular, (** se sua_biblioteca.a não estiver na pasta / lib / padrão, selecione a ...


1

Acredito que basta você definir a máscara como reversa, passando o objeto {reverse: true} no segundo parâmetro. $(function () { $('#price').mask('00000,00', {reverse: true}); $('#price').keyup(function () { $('#flash').html($('#price').val()); }); }); <script src="https://ajax.googleapis.com/ajax/libs/jquery/2.1.1/jquery.min.js">&...


1

Consegui resolver para quem tiver esse mesmo problema é preciso criar o .jar no Java7 o Java8 está dando esse problema!


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam