Utilize esta tag quando a pergunta se refere a algum recurso, informação ou problema relacionado exclusivamente à linguagem de programação Java. Java é uma linguagem orientada a objetos baseados em classe, estaticamente tipada, reflexiva e com um ambiente de execução (JRE). Programas em Java são compilados para bytecode e executado em uma máquina virtual (JVM), permitindo uma filosofia "write once, run anywhere" (WORA).

Java(en) (não confundir com JavaScript) é uma linguagem de alto nível, com programação orientada a objetos, independente de plataforma e um ambiente de execução integrado. A linguagem Java deriva muito de sua sintaxe do e , mas seu modelo de objeto é mais simples do que o encontrado no C++ e tem menos recursos de baixo nível. As aplicações Java são tipicamente compiladas para bytecode (chamados de arquivos de classe ou class files) que pode ser executado por uma máquina virtual Java , independente da arquitetura de computador. O gerencia a memória com a ajuda de um coletor de lixo (ver ), a fim de lidar com a remoção de objetos da memória quando não são mais usados, ao contrário de outras linguagens como C++ onde a memória deverá ser desalocada manualmente.

Java é projetado para ter o menor número de dependências de implementação quanto possível, permitindo que os desenvolvedores de aplicativos usem o conceito "write once, run anywhere" (WORA) onde o código é escrito uma vez e é executado em uma plataforma sem ser recompilado para rodar em outra. Java é uma linguagem de programação popular, especialmente para aplicações web , com 10 milhões de usuários relatados. Java foi originalmente desenvolvido por James Gosling na Sun Microsystems (que desde então se fundiu com a Oracle Corporation) e lançado em 1995 como um componente central da plataforma Java da Sun Microsystems.

Princípios

A linguagem Java foi criada com os seguintes objetivos principais:

  1. Simplicidade, e familiaridade com orientação a objetos.
  2. Robustez e segurança.
  3. Arquitetura neutra e portátil.
  4. Execução com alta performance.
  5. Interpretada, multi-threaded, e dinâmica.
  6. Escreva uma vez, rode em qualquer lugar (WORA).

Histórico

A principal implementação de referência do Java é open source (o OpenJDK(en)), e é apoiado por grandes empresas, incluindo a Oracle, a Apple, SAP e IBM.

A instalação do Java, para computadores com , é geralmente realizada através do download gratuito do Java Runtime Environment (JRE) no java.com(en). Nos computadores , o usuário/utilizador será solicitado a baixar o Java quando um aplicativo exigir que ele seja iniciado. Em e sistemas semelhantes, o Java é instalado normalmente através do gerenciador de pacotes.

O JRE é o ambiente necessário para a execução de programas em Java, sendo os seus principais componentes a Máquina Virtual Java (JVM - Java Virtual Machine) e o conjunto de bibliotecas padrão. Entretanto, para desenvolver programs em Java, os desenvolvedores frequentemente precisam de ferramentas adicionais que estão disponíveis no Java Development Kit (JDK), que inclui o compilador Java, além de possuir também o JRE. Para o ambiente Windows, o JDK pode ser baixado na Oracle(en) e instalado manualmente.

O Java é compilado em um formato chamado bytecode que é interpretado na JVM através da compilação Just-In-Time (JIT) para código nativo. Os computadores não são capazes de executar o código Java diretamente, necessitando da JVM para isso. A razão pela qual isso ocorre é que em nome da portabilidade, uma vez que a execução é intermediada pela JVM, garante-se que o formato e a semântica das instruções nos bytecodes funcione de forma completamente desacoplada e independente dos detalhes de como cada computador executa suas instruções em cada tipo de hardware e sistema operacional. Inicialmente isso foi visto como um ponto de baixa performance, mas as melhorias na JVM e compilação JIT fizeram desta uma preocupação menor, e em alguns casos, a JVM pode até ser mais rápida do que o código nativo compilado, uma vez que a compilação JIT se aproveita da existência de informações presentes apenas em tempo de execução e específicas para o computador na qual ela está executando, obtendo portanto melhores oportunidades de otimização de código.

Nota: Existem outros fornecedores, mas quase todos têm taxas de licença. Para Linux e outras plataformas, consulte a documentação do sistema operacional.

Versões

Versões Java notáveis​​, nomes de código, e datas de lançamento são:

  • JDK 1.0 (23 de janeiro de 1996)
  • JDK 1.1 (19 de fevereiro de 1997)
  • J2SE 1.2 [Playground] (8 de dezembro de 1998)
  • J2SE 1.3 [Kestrel] (8 de maio de 2000)
  • J2SE 1.4 [Merlin] (6 de fevereiro de 2002)
  • J2SE 5.0 [Tiger] (30 de setembro de 2004)
  • Java SE 6 [Mustang] (11 de dezembro de 2006)
  • Java SE 7 [Dolphin] (28 de julho de 2011)
  • Java SE 8 [JSR 337] (18 de março de 2014)
  • Java SE 9 [JSR 379] (21 de setembro de 2017)
  • Java SE 10 [JSR 383] (20 de março de 2018)
  • Java SE 11 [JSR 384] (previsto para setembro de 2018)

Para mais nomes de código e as datas de lançamento, visite J2SE Código Nomes(en). Para ver as notas de versão do JDK, visite a Wikipedia.

O Java SE 10 é a versão mais recente e pode ser obtida no site da Oracle.

O Java SE 11 é a próxima versão que será lançada. Entretanto, compilações ainda em processo de desenvolvimento podem ser obtidas como Early Access Download(en).

As datas do End Of Public Updates(en) (Anteriormente chamado End Of Life) são:

  • J2SE 1.4 - Outubro de 2008
  • J2SE 5.0 - Outubro de 2009
  • Java SE 6 - Fevereiro de 2013
  • Java SE 7 - Abril de 2015
  • Java SE 8 - Janeiro de 2019

Ajuda inicial

Antes de fazer uma pergunta, use a caixa de pesquisa no canto superior direito para ver se ela foi solicitada antes por outras pessoas.

Convenções de nomenclatura

Programas em Java devem aderir às seguintes convenções de nomenclatura para aumentar a legibilidade e diminuir as chances de erros acidentais. Seguindo essas convenções de nomenclatura, você irá tornar mais fácil para os outros a entender o seu código e ajudá-lo.

  • Os nomes de tipo (classes, interfaces, enums, etc.) devem começar com uma letra maiúscula, e capitalizar a primeira letra de cada palavra subsequente. Exemplos incluem: String, ThreadLocal e NullPointerException. Isso é conhecido como Pascal Case.

  • Os nomes dos métodos devem usar Camel Case, ou seja, eles devem começar com uma letra minúscula e depois maiúscula a primeira letra de cada palavra subseqüente. Exemplos: indexOf, printStackTrace, interrupt.

  • Os nomes dos campos devem ser Camel Case assim como nomes de métodos.

  • Nomes de expressão constante (objetos imutáveis ​​static final) deve ser escrito em ALL_CAPS, com sublinhados separando cada palavra. Exemplos: YELLOW, DO_NOTHING_ON_CLOSE. Isto também se aplica aos valores de uma classe enum. No entanto, referências static final para objetos não-imutáveis ​​devem ser Camel Case.

Hello World

public class HelloWorld {
    public static void main(String[] args) {
        System.out.println("Hello, World!");
    }
}

Compilação e invocação do Hello World:

javac -d . HelloWorld.java
java -cp . HelloWorld

Neste exemplo acima, o comando javac é utilizado para invocar o compilador e compilar o programa HelloWorld.java. O código-fonte Java (presente no arquivo HelloWorld.java) é compilado para uma forma intermediária (instruções de bytecode para a Java Virtual Machine(en)), que é armazenada em um arquivo HelloWorld.class. Por fim, com o comando java, o programa compilado no arquivo (HelloWorld.class) pode ser finalmente executado.


Recursos de Aprendizagem

Onde aprender mais sobre Java.

Livros

Para saber mais

Uma boa sugestão de links com material diverso sobre Java é esta página do Zeef.

histórico | histórico do fragmento

Linguagem de Código (usado para realce de sintaxe): lang-java