Use Stack Overflow for Teams no trabalho para encontrar respostas num ambiente privado e seguro. Os primeiros 10 usuários são grátis. Registre-se

Respostas interessantes marcadas com a tag

24

POJO - Plain Old Java Object - é simplesmente uma denominação que se dá para um objeto "normal", sem nada de especial. Ele tem seus campos, seus métodos, seus construtores, etc, mas não segue [necessariamente] nenhum padrão pré-estabelecido. À medida que a linguagem Java foi evoluindo, foram surgindo ferramentas automatizadas para se fazer interface com seu ...


20

Bom não ficou muito específico sobre o que exatamente você está falando, caso a resposta não seja exatamente o que você precisa, por favor especifique. O que é e para que serve um Bean ? Em resumo: Uma classe que contenha todos os atributos privados Possua getters e setters para seus atributos Usada para encapsular e abstrair uma entidade Implementa ...


5

Em Java, toda classe necessariamente precisa chamar um construtor de sua superclasse, sendo este o primeiro comando dentro do construtor. Mesmo que uma classe não estenda nenhuma outra classe diretamente, então o super() de Object será chamado de qualquer forma. O que confunde um pouco quem ainda não estudou esse conceito é que quando você não chama ...


5

É sempre necessário inicializar a instância com a construção do objeto integralmente, ou seja, a parte da classe superior precisa ser construída, e por isso tem que chamar o super(). Se isso não for feito explicitamente no construtor, o compilador faz por você. Mesmo para o Objects. Só precisa fazer manualmente se tiver um motivo. Um deles é quando a classe ...


3

Remover duplicidade é importante, principalmente na fase de projeto ou desenvolvimento, porque depois que o programa é lançado o custo pode ser muito alto e dificulta bastante a manutenção. Num programa pequeno você pode argumentar que isto é questão de opinião, mas se você já trabalhou em qualquer projeto com complexidade razoável deve saber que no final ...


3

The class 'br.com.terezinha.adm.model.Modelo' does not have the property 'valorImovel'. Veja a tua classe modelo não tem o atributo "valorImovel"


2

Também acho o termo bean (grão, em português) um tanto obscuro. No Java o trocadilho se justifica, já que os beans representam os elementos a partir dos quais o produto (café, no caso) é feito. Eric Evans propõe uma linguagem mais simples para o universo de desenvolvimento de software. Para ele, a linguagem ubíqua (onipresente, a que todos falam) é base ...


2

O problema está aqui: @ManagedBean(name="UsuarioBean") Por padrão, o nome dos mbeans é o nome da classe com a inicial minúscula, mas você o sobrescreveu informando a inicial maiúscula. Como você está chamando "usuarioBean" na tua página, o mbean não é encontrado pois ele foi nomeado como "UsuarioBean". Modifica o name para "usuarioBean" e o mbean vai ...


2

Não se faz teste unitário de getters e setters, que são os métodos contidos em POJOS. Já para qualquer outro método deve-se criar os testes unitários. É bom ter em mente que a ideia de um teste unitário é que a sua execução pode resultar falha caso haja uma alteração na classe/método alvo do teste. Dessa forma não faz sentido testar POJOs pois os seus ...


1

Uma boa leitura da documentação esta neste link, vou copiar a estrutura do report de lá: Quando estruturo os reports, sigo a seguinte regra: Tenho o master, que irá inclui alguns dos seguintes: Title, Header, Page Footer Normalmente tenho várias outras seções, como esta de endereço que você mencionou. Para cada seção dessa eu adiciono um Subreport em uma ...


1

Um bean é um objeto que é criado, gerenciado e destruído pelo container do spring, o framework é totalmente responsável por este objeto, criando, injetando suas propriedades (Injeção de dependência). Podemos injetar este objeto no container (aplicação spring) através de declarações no xml (no seu caso, spring-context.xml) ou através de anotação, desta forma ...


1

Eu recomendo esse artigo manged beans, não complique, simplifique, mas também vou dar minha opinião. Se você garantir que será sempre o mesmo em todas as páginas, e que nada de nenhuma das páginas poderá interferir nessa tabela, é uma opção boa pra evitar copiar e colar código. Existem opiniões bem diferentes sobre quantidade de managed beans, quantidade ...


1

A sua função mudaFoto(status) está OK. Na sua tag img falta o atributo src <img id="icone" src="imgs/panel/img-painel-02-01.png" img="imgs/panel/img-painel-02-01.png" alt="imagem de status" class="img-responsive" /> Você pode usar evento onload diretamente na sua função ou na tag <body> (versões modernas de Javascript também aceitam outros ...


1

Seguinte, quando você usa o <p:selectOneMenu use o value ao invés do itemValue para receber o valor que será selecionado no drop. No seu <f:selectItem você já passa um valor pra ele (itemValue="#{login.user}"). O que você pode fazer neste caso é usar: itemValue="valor"


1

No datatable, você usou o método: value="#{listaProdutoBean.produtosFiltrados}" que no código do ManagedBean só retorna a variável, se usar o método getProdutos() é que executará o findAll. Como incluiu o código no github, tomei a liberdade de utilizar a sua classe Pojo do seu projeto para gerar uma aplicação com o Framework Demoiselle (http://demoiselle....


1

Simplificando a forma de explicação, o padrão JavaBean, nada mais é do que as classes que modelam objetos, onde, obrigatoriamente, os atributos são declarados privados, que haja um construtor público padrão, e tem que ter os métodos acessores(getters e setters) públicos para cada atributo, e somente isso. Como o exemplo da Classe Usuario.java; public class ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam