Respostas interessantes marcadas com a tag

8

O termo hash "costuma" ser traduzido por espalhamento. Algumas pessoas podem dizer que é triturar (o dado até ficar um pedacinho). A principal finalidade é usar em chaves de tabelas de hash que precisam organizar os dados de uma forma numérica simples. Uma tabela hash consegue localizar um elemento quase sempre em complexidade O(1), ou seja, não importa o ...


6

A maior parte da pergunta já foi respondida em O que é Hashcode e qual sua finalidade?. Lá diz que é principalmente para uso em tabelas hash onde o mais proeminente tipo é o Dictionary. É necessário um código que evite muitas colisões, então precisa usar um número que seja fácil gerar códigos diferentes. Um número primo é bem óbvio, não pode ser muito ...


5

Os requisitos principais de um hashCode são: Se A == B, então hashCode(A) == hashCode(B); (A recíproca não é verdadeira: dois objetos podem ter o mesmo hashCode e entretanto serem diferentes. Isso é chamado de colisão, e na prática costuma ser inevitável.) Os hashes devem ser distribuídos de forma homogênea para todos os objetos do domínio (para diminuir a ...


4

O método GetHashCode() é utilizado para comparação entre valores de objetos, diferentemente do método Equals() herdado e não sobrescrito da classe Object que compara entidades por referência (compara o endereço de memória de dois objetos). Um mesmo código de hash pode ser gerado para dois objetos distintos, ainda que ocorra raramente. A resposta do colega ...


4

Geralmente o código hash é usado com chave para tabelas de espalhamento, os chamados dicionários. É comum que o valor máximo de códigos possíveis seja guardados em 32 bits, então faz sentido usar o múltiplo máximo de 32 e o primo inferior imediato é 31. Não que precise usar todos os códigos, mas desse número pode-se derivar o índice mais apropriado de acordo ...


2

O Eclipse apenas gera um código para você, nada mais que isto, quem sobrescreve é o compilador. Leia mais em O que é linguagem de programação, IDE e compilador?. O que você chama de atributo na verdade chama campo. Não entendi sobre o que deseja com o hashCode(). Quase ninguém fala sobre isto, mas chega ser uma sacanagem ter um hashCode() em ...


1

Eu fiz os testes com uma classe criada com código, nome e tamanho. Gerei automaticamente pelo eclipse e funcionou perfeitamente. No seu código, em algumas situações aparece super.getCodigo(), estou deduzindo que a classe ProdutoComTamanho herda da classe Produto... da uma olhada nas duas classes, como é um projeto acadêmico o erro pode está no getCodigo da ...


1

Bom você precisa saber com que valores está trabalhando primeiro, meu hash vai receber uma palavra ou um numero?. Digamos que seu hash receba uma palavra. Você precisa transformar está palavra em um numero. Para fazer isso você precisa calcular o valor de cada caractere. Alguns exemplos: Calcular valores usando a tabela ASCII; Calular valores usando ...


1

Vejamos esse código: hash->vet = (lista**)calloc(tamanho, sizeof(lista*)); O hash->vet vai apontar para uma área de memória que contém uma quantidade de ponteiros inicialmente nulos. Essa quantidade é dada por tamanho. Supondo que esses ponteiros não sejam todos sobreescritos com alguma outra coisa, isso significa que ao acessar if(th->vet[i]-...


1

Eu não consigo achar a descrição de fopen_s no Standard de C; deves estar a usar um compilador não Standard :-) A descrição de fopen_s fornecida pela Microsoft e a maneira como usas o valor devolvido pela função não são coerentes ... por isso deduzo que também não seja essa a versão que estás a usar. Vê no manual do teu compilador como funciona o teu ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam