Respostas interessantes marcadas com a tag

5

Por padrão o gulp não aceita parâmetros dessa forma, mas, você pode utilizar o módulo yargs para trabalhar com estes argumentos (existem diversos módulos para esta situação). Vou utilizar um exemplo simples mas que pode ser usado para resolver o seu problema, segue o código: gulpfile.js var gulp = require('gulp') yargs = require('yargs'), args = ...


4

Depois de alguns dias consegui resolver o meu problema usando o gulp-connect-php e browser-sync no gulp. Na documentação oficial mostra exatamente um exemplo como é feito. Vejam como ficou o meu arquivo gulpfile.js: var gulp = require('gulp'); var browserSync = require('browser-sync'); var reload = browserSync.reload; var connectPHP = require('...


4

Como já dito no comentário, para criar o "watch" é necessário apenas criar uma nova task contendo um gulp.watch das tasks que você quer que sejam executadas ao modificar o arquivo: gulp.task('watch', () => gulp.watch( ['caminho/do_arquivo.js', 'outro_caminho.js'], ['task1', 'task2' ] )) Percebi que todos os seus arquivos javascript estão indo ...


4

Descobri que não posso chamar meu projeto no package.json de gulp, então mudei para gulpProject { "name": "gulpProject", "version": "1.0.0", "description": "", "main": "index.js", "scripts": { "test": "echo \"Error: no test specified\" && exit 1" }, "author": "", "license": "ISC", "devDependencies": { "gulp": "^3.9.1" } }


3

Isso acontecia comigo direto. A solução que eu tive foi dando permissão para a pasta em que o gulp não estava tendo acesso: cd pasta_do_projeto sudo chmod -R 777 . Outra forma que eu utilizei para resolver o problema foi através do comando chown. sudo chown -R $(whoami) . Você pode também substituir o $(whoami) por $USER. Esse último comando tem como ...


2

Olá! Já tive esse problema uma vez, pode ser o firewall. Resolvi com o seguinte comando: git config --global url."https://".insteadOf git:// Ele substitui o protocolo do clone. Espero que ajude!


2

O git não foi feito para ser utilizado como você está pensando. Se você que armazenar a build gerada pelo seu código faz mais sentido ter um outro repositório apenas para a build. Ou manter uma subpasta chamada build que sempre seja versionado junto com o código que gerou aquela build. Na minha opinião versionar a build não faz muito sentido. Pois você ...


2

Usando o plugin gulp-useref Ele irá concatenar os arquivos que estiverem dentro de cada bloco comentado de build. Nesse link você poderá ver a documentação mais detalhada. https://github.com/jonkemp/gulp-useref <html> <head> <!-- build:css css/style.css --> <link href="bower_components/bootstrap.css" rel="stylesheet"> &...


2

Além de teres que incluir: var gulp = require('gulp'); Tens de usar https://www.npmjs.com/package/gulp-sass e não o gulp-ruby-sass. A estrutura de folders é diferente e o interpretador também.


2

Você deve atualizar a versão do pacote no seu package.json. Mas as vezes existem casos aonde um pacote que você esteja usando é que está usando um pacote desatualizado. De qualquer forma tente atualizar todos os pacotes que você utiliza. Se for um pacote de teceiro, corrija e abra um pull-request =)


2

Pessoal consegui arrumar essa bronca! Irei postar o código e a explicação para que poça ajudar outras pessoas. var gulp = require('gulp'); var sass = require('gulp-sass'); var pug = require('gulp-pug'); var browserSync = require('browser-sync').create(); gulp.task('sass', function(){ return gulp.src('./sass/*scss') .pipe(sass()...


2

Na verdade, se você vai usar o Gulp para "compilar" um CSS personalizado, você pode usar um arquivo SCSS e importar os valores do framework desejado... Exemplo 1) instale os frameworks desejados npm install --save bootstrap flexboxgrid 2) Use o arquivo scss para importar os estilos do framework, importandos os arquivos desejados: @import "node_modules/...


2

Pela documentação do Gulp, parece que a maior mudança na API é que agora você decide se os scripts devem ser executados em ordem ou em paralelo, então ao invés de utilizar essa sintaxe: // Gulp 3 gulp.task('scripts', ['static'], () => { const tsResult = tsProject.src() .pipe(tsProject()); return tsResult.js .pipe(gulp.dest('dist')...


2

Experimente: const express = require('express') const server = express() server.use(express.static(__dirname + '/dist')) server.get('/', (req, res) => { res.sendFile(dirname + '/src/index.html') }); server.get('/sobre', (req, res) => { res.sendFile(dirname + '/src/sobre.html') }); server.listen(3003, () => { console.log('Servidor em ...


1

Quatro passos: PASSO 1: Instalar o pacote del do npm: npm install --save del Passos seguintes alteram o seu arquivo do Gulp (exemplo: gulpfile.js) PASSO 2: incluir o comando del: del = require('del'); PASSO 3: criar uma tarefa para excluir: gulp.task('tarefa_que_deleta', function () { return del([ 'dist//css/**', 'dist/...


1

Dessa forma voce minifica o javascript e o css var htmlReplace = require('gulp-html-replace') // troca os textos dentro do html ,uglify = require('gulp-uglify') // ninifica js ,usemin = require('gulp-usemin') / ,cssmin = require('gulp-cssmin') // minifica o tamanho do css gulp.task('usemin', function() { return gulp.src('dist/**/*.html') ...


1

Seu arquivo já está montando todos os outros recursos, só precisaria fazer o mesmo com os .vue. Para isso existe o pacote gulp-vueify Pra usá-lo você deve baixar ele junto do Babel: npm install gulp-vueify vueify-insert-css babel-core babel-plugin-transform-runtime babel-preset-es2015 --save-dev E adicionar a task no seu gulpfile.js: var vueify = ...


1

Dá uma olhada no index.html, lá procura pelo import de rotas ou algo do tipo, que nesse arquivo, você vai ver qual o nome do html que renderiza a página que você precisa. PS: suspeito que você encontre o que procura nessa pasta theming


1

Existem diversas maneiras de se trabalhar com as dependências dos módulos instalados via NPM. Compactar toda pasta node_modules e fazer deploy dela, nunca é uma boa opção. Álias fazer referência no seu projeto direto a node_modules não é uma boa prática por várias razões, algumas delas são: Alguma library pode ser atualizada via NPM e quebrar sua aplicação ...


1

Encontrei o problema, eu não estava chamando essa função no default. Segue o código da solução gulp.task('default',['clear-build-folder'], function(){ gulp.start('copy-fonts'); elixir(function(mix) { //mix.sass('app.scss'); mix.styles(config.vendor_path_css.concat([config.assets_path + '/css/**/*.css']), 'public/css/all.css', config....


1

Modifica teu arquivo js e css ./js/app.js para /js/app.js ./css/estilo.css para /css/estilo.css ele procura um executavel como esse ./css/estilo.css.js , daí como ele não encontra ele coloca tudo em branco por via das dúvidas tenta inverter a ordem gulp.task('default', ['watch']); gulp.task('watch', function() { gulp.watch(js, ['minify-js']); ...


1

Sim. Basta que o seu atributo src exclua este arquivo em específico. De uma maneira simples, isso poderia se resolver com a seguinte task: gulp.task('js', function(){ return gulp.src([ 'src/AppBundle/Resources/public/Frontend/js/*.js', '!src/AppBundle/Resources/public/Frontend/js/main.js' ]) .pipe(uglify()) ...


1

Quando você já tem o seu repositório vazio no github, você pode pegar a referencia de duas maneiras. Clonando o repositório Desse modo, você usa a url do para clonar(baixar) o repositório para o seu computador usando o git clone. $ git clone http://github.com/<user>/<repository>.git <nome da pasta> Iniciando um projeto git(creio que ...


1

Sim, é uma boa ideia minificar seus arquivos .js e .css e depois disso comprimi-los utilizando gzip. Eu fiz um simples teste com o jQuery. Baixei o jQuery não-minificado e o minificado: -rw-rw-r-- 1 user group 258648 Mar 17 23:32 jquery-2.2.2.js -rw-rw-r-- 1 user group 85656 Mar 17 23:32 jquery-2.2.2.min.js Perceba que o jQuery não-minificado possui 258 ...


1

Confesso que nunca usei gulp, mas se a lógica for a mesma do grunt, acredito que você deva começar por inserir o arquivo de variáveis antes de inserir os demais arquivos. Tente o seguinte: gulp.src([ 'assets/sass/variables.scss', 'assets/sass/**/*.scss' ]) Caso você tenha outros arquivos ainda na pasta raiz, basta usar algo assim: gulp.src([ '...


1

Primeiro passo: Delete as pata node_modules recursivamente. Passo dois: sudo npm -g install npm@latest Passo três: sudo npm install gulp --no-bin-link


1

Qual a versão do NodeJs ? Caso não seja 0.12.x recomendo atualizar! Você instalou o Gulp de maneira global ? npm install -g gulp


1

if you use convertEncoding with from and to, all work fine: gulp.src('tmp/js/lib/**/*.js') //.pipe(stripCode({})) .pipe(convertEncoding({from: 'ISO-8859-15', to: 'UTF-8'})) .pipe(uglify()) .pipe(convertEncoding({from: 'UTF-8', to: 'ISO-8859-15'})) .pipe(gulp.dest('dist/js/'));


1

Você pode criar uma tarefa para copiar determinado arquivo para o destino desejado. No caso de JS, também pode utilizar o gulp-concat para concatenar todos os arquivos JS e no projeto final ter apenas um arquivo.js com tudo concatenado e minificado.


1

Eu não utilizo Bower, mas o Gulp te permite designar mais de um path para buscar os arquivos onde tarefas serão executadas, logo, você poderia fazer algo como: // gulpfile.js // ... gulp.task('minha-task', function() { return gulp.src(['path/meus/scripts/*.js', 'path/bower_components/**/*.js']) .minhasTasks() //... }); A linha: return gulp....


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam