Respostas interessantes marcadas com a tag

4

Perceba um detalhe, seu Map referencia Pessoa, logo, a representação do seu JSON tratará cada item como um item independente. O fato de ser Map força isso, pois se trata de um objeto altamente dinâmico. Outro detalhe é que você necessita da representação de um Array [ ], porém está sendo forçado a representação de um objeto { }, pois quando realiza o put no ...


3

Você pode fazer algo como: package com.javacreed.examples.gson.part1; import com.google.gson.annotations.SerializedName; public class Box { @SerializedName("w") private int width; @SerializedName("h") private int height; @SerializedName("d") private int depth; // Methods removed for brevity } Utilizando a anotação @SerializedName para ...


3

Acredito que esses caracteres inválidos venham do modo como está lendo, não como do encoding como eu supus no início. Quando você aloca um vetor de char com 2048 posições e usa para ler a resposta. Provavelmente está com 60% de caracteres sendo valores anteriores existente na memória heap. E isso causa o problema de parsing do GSON. Recomendo ler a ...


3

Cheguei a conclusão depois de várias pesquisas e o problema é que o objeto Cliente tem como atributo um outro objeto Categoria. Os dados do objeto cliente estão em memória, ja os dados da Categoria não foram pegadas do banco ainda, Categoria está referenciado com um proxy, ou seja, o hibernate só pega esse objeto do banco de dados quando vc dar um get nele ...


3

Primeiro definimos seu pojo public class Perimeter { String type; List<List<Float>> coordinates; /* ... constructor ... getters setters */ } O GSON tem o método fromJson que faz a leitura de um Json (string, buffer, jsonnode) para o objeto desejado. Perimeter perimeter = gson.fromJson(jsonReader, Perimeter.class);


3

Primeiro: o seu reader não está lendo de um arquivo e sim da entrada padrão (System.in). Segundo: você está fazendo cast de um HashMap para um BufferedReader, isso é a mesma coisa que fazer cast de Cachorro para Maçaneta. Não vai funcionar meeeeesmo. Uma forma de fazer seria assim: BufferedReader in = new BufferedReader(new FileReader("arquivo.txt")); ...


3

O problema é que você está colocando um objeto dentro de um array. Tendo em vista que, drivers.get(0) retorna um objeto Driver, seu código precisa ficar algo parecido com: Gson gson = new Gson(); String str = drivers.get(0).toString(); Drivers driver = gson.fromJson(str, Drivers.class);


3

Tente da seguinte forma: Gson gson = new Gson(); Type listType = new TypeToken<List<Drivers>>(){}.getType(); String str = drivers.get(0).toString(); Drivers teste = gson.fromJson(str, Drivers.class); teste.getDriverID(); Como você pega apenas um item da lista: String str = drivers.get(0).toString(); Ele será apena o elemento dela: {...


2

Como você não declarou qual é a linha 61, e também não inicializou a collection de Local, vou assumir que a linha 61 é essa onde está a primeira linha desse tipo abaixo. A solução é inicializar a collection. profissaoNova.getLocal().add(local); Além disso, onde você está convertendo o json para uma lista, vocês está tendo custo computacional com todo o ...


2

Como você possui profissões e locais em seu JSON, precisa ter essas classes com esses mesmos atributos para poder transformar esse JSON em um objeto manipulável. A estrutura básica nesse seu caso é: um array de Profissões que possui um array de Locais. Este JSON aí precisa de mudanças, pois possui um array de Locais mas não um de profissões, pois falta uma ...


2

Com a resposta da pergunta Ler json com a biblioteca GSON o usuário quer que a solução dessa seja em uma objeto fortemente tipado, o que falta mesmo é continuar com essa solução e depois passar os dados obtidos para uma determinado tipo, só lembrando que esse json o layout dele é chave e valor e por isso a sua conversão é da forma da primeira resposta. ...


2

Passo 1: Insira uma verificação para saber se há conexão com a internet: // Função para verificar existência de conexão com a internet public boolean verificaConexao(Context classe) { boolean conectado = false; try { ConnectivityManager gerenciador = (ConnectivityManager) classe.getSystemService(Context.CONNECTIVITY_SERVICE); ...


2

Se tem o resultado no formato Json numa string, use para desserializar em um array: Gson gson = new Gson(); TesteUsuarios[] usuariosArray = gson.fromJson(jsonString, TesteUsuarios[].class); desserializar em uma List: Gson gson = new Gson(); Type usuariosListType = new TypeToken<ArrayList<TesteUsuarios>>(){}.getType(); List<TesteUsuarios&...


2

O erro acontece porque você declarou o campo "country" como: @SerializedName("country") @Expose private List<List<String>> country; Ou seja, uma lista de listas de strings. O problema é que no JSON exemplificado nem todos os elementos de "country" correspondem a este tipo. Por exemplo, o "5º" item do elemento "country" equivale a: [ [ ...


2

Fiz um teste básico com a versão 2.8.5 do Gson: Gson gson = new Gson(); Documento documento = new Documento("bene1"); System.out.println("gson.toJson(documento): " + gson.toJson(documento)); A saída ficou sem as aspas: gson.toJson(documento): {"Identificador":"bene1"} Pelos comentários vimos que na verdade a String original estava vindo com as aspas, ...


1

Utilizando a API do Gson, o ideal seria você criar uma classe POJO que mapeasse todos os campos do seu json. A partir daí, bastaria você checar se determinado campo está nulo. Aqui você encontra um exemplo básico de como fazer, mas há dezenas de tutoriais disponíveis na internet. Entretanto, se essa solução não é a que você procura, você pode adicionar ao ...


1

Você pode utilizar um Map pra isso. public class Event { ... private final List<Map<String, Object>> custom_data; ... } Parse: EventWrapper events = new Gson().fromJson(jsonData,EventWrapper.class); EventWrapper.java public class EventWrapper { private Event[] events; public Event[] getEvents() { return events; ...


1

Uma alternativa se vc não quer lidar com o objeto com todos os campos, vc pode criar um hashMap e inserir os dados da lista nele, usando uma key, value e depois destruir a lista "completa" private val mPriorityCache = hashMapOf<Int, String>() fun setCache(list: List<PriorityEntity>) { for (item in list) { ...


1

implemente Serializable na classe CategoriaItem, depois é só usar assim: CategoriaItem categoria = gson.fromJson("{id:1,cat:teste,icone:icone}", CategoriaItem.class); note que se for uma ocorrencia de json`s voce devera montar um objeto que agrupe as ocorrencias, ele deve ser serializable e a ocorrencia não: public class CategoriaItemArrayList implements ...


1

O problema é que o formato do seu JSON está incorreto. Quando você tem um array, ele não pode estar dentro de ". Seu JSON corrigido ficaria da seguinte forma: { "produtosFavoritos":[], "listas":[], "estabelecimentosFavoritos":[], "email":"teste", "experiencia":0, "nome":"teste", "senha":"teste", "nivel":1 } Um outro problema que pode ...


1

Olha... Na tentativa de reduzir o número de métodos para um número inferior a 64K, eu comecei a medir o número de métodos das minhas dependencias usando esse site Methods Count e então percebi que essa dependência com.google.android.gms:play-services:8.4.0 estava com um número muito grande de métodos. Então substitui ela pelas seguintes: 'com.google....


1

A forma mais simples é declarar o tipo que vai receber a lista como List<Map<String, String>>. Isto porque o GSon considera a notação "chave": "valor" como uma entrada em um LinkedTreeMap. public class Tipo{ @SerializedName("list") private List<Map<String, String>> lista; private int code; private boolean success; ...


1

Utilizando HasMap com coleção de String dá para trabalhar com os dados json que tem o layout de chave e valor, exemplo básico: Código: import com.google.gson.Gson; import com.google.gson.reflect.TypeToken; import java.io.FileReader; import java.io.IOException; import java.io.Reader; import java.lang.reflect.Type; import java.util.HashMap; import java.util....


1

É bem simples, basta utilizarmos uma annotation, mas primeiro vamos visualizar o problema com um exemplo: { "arrayInteger": [ 1, 2, 3 ], "boolean": true, "nullObject": null, "number": 123, "text": "Hello World" } Note que ele não é compatível com o objeto abaixo devido a diferença de nome dos campos text e ...


1

ExclusionStrategy Um dos caminhos para impedir que um atributo seja serializado é através da implementação de um ExclusionStrategy, onde através da reescrita do método shouldSkipField() informaremos se queremos ou não que um atributo de uma classe sendo serializada seja juntamente serializado, e o método shouldSkipClass(), onde o enfoque passa a ser a ...


1

Não tem necessidade de usar o Gson para isso. Você pode fazer: return "\"{'nome' :'"+ cadastro.getNome()+"'}\""; Usando scapes para a string ir com as aspas.


1

Tente criar uma classe chamada Dados com os atibutos que necessita recuperar e depois substitua o atributo JSONObject dados por ela. public class Dados { public String key; public String time; // criar getter e setters } public class DatasWebService { @SerializedName("cod") private int cod; @SerializedName("msg") private ...


1

Em vez de addCallAdapterFactory(GsonConverterFactory.create()) é addConverterFactory(GsonConverterFactory.create())


1

Modifique o retorno que você deseja receber em sua interface. Temos: @POST("envia") Call<List<ModelContato>> createRContato(@Body ArrayList<ModelContato> modelContato);} Isso significa que após realizar o post você espera receber do servidor uma Lista. Porém, você está recebendo uma string como diz o erro que você obteve. Então basta ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam