Respostas interessantes marcadas com a tag

38

Escopo e Estimação O orçamento de um projeto de software está envolvido diretamente com a capacidade de definir o escopo e estimar o esforço necessário para desenvolver a solução. E qualquer analista com um mínimo de experiência sabe que são duas coisas extremamente difíceis de fazer com acurácia. O objetivo durante a fase de iniciação de projeto, da qual ...


34

Temos um problema! E precisamos de uma solução. Requisito - 'Este aqui é o problema.' Análise - 'Ah, é por isso que o problema acontece.' Design - 'Podemos evitar o problema se fizermos dessa maneira.' Implementação - 'Pronto, essa solução deve seguir a maneira indicada.' Teste - 'Será mesmo? Vamos testar a solução contra alguns cenários.' Integração - '...


29

Bem, eu não pretendia responder, mas eis um comentário que Francisco Junior fez: Se por acaso algum usuário vier apenas opinando subjetivamente na resposta (como no primeiro comentário dizendo para "nunca usar waterfall"), ele é que deveria receber votos negativos. Então vamos lá: Pode sentar o dedo no negativo aqui a esquerda! De acordo com a página ...


26

Bom, eu vou contar um pouco o que me convence que o Git com certeza veio para ficar entre as melhores (senão a melhor) formas de versionamento - e isto incluí desenvolvimento individual. Provavelmente você já deve ter lido sobre as vantagens do Git, a sua história etc. Se isto ainda não te convenceu, vou relembrar algumas coisas interessantes: Feature ...


21

Podemos recorrer ao artigo da Wikipedia para ter uma definição aceitável. A grosso modo são todas as atividades inerentes ao desenvolvimento, mas não diretamente funcionalidades definidas no projeto, que o desenvolvedor ou equipe de desenvolvimento vai deixando pra trás inconscientemente ou conscientemente sem controle, à revelia do planejamento da equipe. ...


18

Cada uma dessas etapas tenta isolar parte do problema, algumas vezes essa divisão não é muito clara. Requisito: Nessa etapa a equipe de desenvolvimento tem o primeiro contato com o problema e o cenário. Resumidamente os stakeholders contam qual é o problema ou objetivo do projeto. Nesse momento é feita uma documentação (preliminar). Análise: Após feito um ...


17

Vou arriscar a contribuir para esse assunto polêmico, principalmente após ler a resposta do Victor. Quero refutar o argumento dele, mas ao mesmo tempo concordar plenamente com ele. Como? Waterfall está em todo lugar Primeiramente, todos os desenvolvedores usam Waterfall. Sempre. O que muda é a escala. Não podemos burlar a sequência Requisito > Análise &...


14

Professional O Visual Studio Community em si não tem nada a menos que o Professional. Pode haver alguns benefícios além do IDE que a Microsoft só dá na versão paga. Entre eles destacam-se o Team Services na sua plenitude e o Team Foundation Server. Também disponibilidade de diversos softwares (SQL Server, Exchange, etc.) para uso em ambiente de ...


12

Pra mim, a linha divisória está em "grau de certeza" que se tem do projeto. Projetos que sabe-se exatamente o que construir, waterfall encaixa muito bem (ex.: prédios). Projetos em que existe grande grau de incerteza sobre o que fazer e aprende-se muito durante o projeto, o Scrum se encaixa melhor. O post Levantamento de requisitos e SCRUM fala um pouco de ...


12

Como me parece ser este o foco da pergunta, vou falar apenas da documentação da engenharia de software e não da documentação de uso do software. Sua observação de que a documentação visa a comunicação na equipe está correta aceitando-se a premissa de que o cliente (ou o representante do cliente) faz parte da equipe. Ou seja: documentação visa comunicação ...


12

A análise e projeto orientados a objetos que você está estudando é apenas um dos assuntos (talvez o mais popular, digamos) dentro da disciplina de Engenharia de Software. Tal como qualquer outra engenharia, o objetivo da disciplina é auxiliar na construção de algo. Porém, nesse caso não são pontes ou circuitos elétricos, e sim sistemas de software. Eu ...


11

Por quê o desenvolvimento de softwares assemelha-se a construção de um prédio? Os dois processos assemelham-se pelo fato de seguirem metodologias de desenvolvimento. Metodologias são estratégias bastante comuns de serem utilizadas em áreas de conhecimento voltadas à engenharia, como: Engenharia de Software e Engenharia Civil. Por isso, há essa semelhança. ...


11

Requisito Como o termo diz, é o que é requisitado, o que se deseja que seja feito. Por exemplo, um cliente precisa de um aplicativo de chat online e procura uma empresa de desenvolvimento para implementá-lo. Nessa etapa, é definido o que o aplicativo deve cumprir, quais as funcionalidades principais, quais serão os usuários finais, possíveis restrições (...


10

Considero a questão válida e relevante, mas tenho que admitir que isso entra um pouco no campo de opinião pessoal. Visão do Desenvolvedor Como sou primariamente um desenvolvedor, tenho dificuldades em ver alguma vantagem num framework de processos como o RUP e outros tipos de controle como ISO, COBIT, CMMI, MPS.BR e ITIL. Isso porque o desenvolvedor em ...


10

Tenho minhas dúvidas se esta pegunta deveria ficar aberta ou não. Dei o benefício da dúvida porque acho que uma boa resposta pode ajudar outras pessoas com isto apesar de correr o risco de me basear em opinião. Pelo menos vou deixar claro o que é opinião e o que é minha experiência. O cliente vai pagar? O cliente quer pagar por uma coisa ou outra? Ele quer ...


8

Vou te explicar como você entende no código, ainda que não tenha uma relação direta entre os termos: Pense em epic como o namespace, em feature como classe, e em story como método. Por que em cada desenvolvimento tem um módulo que possui objetos que possui comportamentos. Reforço que não há um relação direta entre eles, é provável que tenha uma ...


8

O que é Backlog em relação ao Scrum? Backlog é uma lista do que tem que ser feito. Estou me referindo a definição sem relacionar com Scrum. O que é Product Backlog? Product Backlog é uma lista de itens a serem feitos para construir um produto. Essa lista é mantida pelo Product Owner e é base para priorizar os planejamentos das iterações, ou sprints. ...


6

Na minha visão, existem respostas simples e complicadas, porque a coisa ta meio subjetiva ai. Mas, vou tentar ser objetivo. 1 - O que você quer na vida, continua sendo o que você quer independente de um projeto em particular. É o seguinte, de cara, sobre ficar ou não no projeto. Foque no que você quer, se quer continuar, continua, se não quer começa a ...


6

Existem vários diferentes pontos de vista quanto a cada aspecto de um projeto de software; e muitos destes pontos são muito bem embasados. Toda esta diversidade pode trazer a noção de que este é um assunto subjetivo onde nenhuma resposta está certa, nem errada. No livro onde Brooks propõe esta lei, ela figura em meio a várias outras sentenças curtas, sem ...


5

Quando usar Waterfall? Quando os requisitos são bem definidos e sem perspectiva de mudança, como a construção de um prédio. Ou seja, muito raramente no caso de software. Com a ressalva que boas metodologias de desenvolvimento de software costumam ser iterativas e podem definir um modelo semelhante ao waterfall como procedimento de cada iteração, embora o ...


5

Vou pedir tua permissão para não responder a pergunta de maneira exata. Acho que é mais fácil pensarmos nas características que influenciam a escolha da plataforma: Deploy: como o software vai ser entregue e consumido? Pode ser um software de prateleira, uma aplicação web para dispositivos móveis, uma aplicação web para computadores, um app, um aplicativo ...


5

A resposta do Rodrigo traz diversas vantagens do Git, então minha resposta vai mais como complemento, tentando cobrir alguns outros pontos. Entendo que o Git acaba sendo a opção padrão mesmo para projetos individuais por alguns motivos: Experiência. Provavelmente o desenvolvedor já trabalhou em um projeto que usa Git. E se não trabalhou, certamente vale ...


5

O mais comum é: Crie outro branch a partir do MASTER atualizado; Faça o git merge com o teu branch que quer continuar; Assim, você vê se há algum conflito, verifica o código com as mudanças e tem um branch atualizado.


5

Isto não parece ter nada a ver com Git, pelo menos não diretamente. Isto é usado em projetos em geral. No push um tarefa é criada e designada para alguém adequado (em um sentido amplo) para realizá-la. Eventualmente pode demorar um pouco para designar. É considerado o jeito "tradiciocnal". No pull as tarefas são criadas e enfileiradas, quem estiver ...


4

Eu trabalho em uma empresa de software para cobrança que usa um software escrito por volta de 2004 e estou desenvolvendo a nova versão. Empresas precisam saber de informações reais e de de experiências de outras empresas sobre o quão melhor foi gastar um bom tempo no desenvolvimento de uma "nova" aplicação. Vou te sugerir algumas métricas que você ...


4

Acredito que para estimar um orçamento você deve: Conhecer a solicitação do cliente Dividir as solicitações do cliente em tarefas Conhecer a capacidade da equipe Orçar o tempo que os membros da sua equipe vão gastar para desenvolver a solução Calcular os custos que você vai ter para fazer o projeto (infra, deslocamento, acomodação e etc...) Com isso você ...


4

EU acredito que a melhor saída nessas situações são conversar com o patrocinador do projeto e demonstrar à ele quais são suas necessidades de informações e de atenção do usuário final, e ele se encarrega de solicitar isso à este usuário. Se em último caso a situação continuar da forma mencionada (sem reuniões presenciais, e-mails sucintos, etc.) temos que ...


4

A questão principal é que recursos você quer consumir do Azure? Pois para cada serviço oferecido existem vários "Níveis de serviço". A alguns recursos tem níveis até gratuitos. Por exemplo, para o serviço de Aplicativo Web, existem os níveis: Gratuita e Compartilhada Plano de serviço Básico Plano de serviço Standard Plano de serviço Premium Plano de ...


3

Acho que podem começar respondendo algumas perguntas: Quais são todas as tarefas necessárias para o projeto (incluindo componentes do sistema, design, aquisição de software, hardware ou qualquer recurso)? Quais destas tarefas dependem de outras? Quanto tempo/esforço vai ser necessário para concluir cada tarefa? Qual é o nível de complexidade de cada tarefa? ...


3

Vale também ressaltar que diferentemente do CVS e SVN que são sistemas de versionamento centralizados, o Git é um sistema de versionamento distribuído e isso faz com que ele apresente as seguintes, vantagens: menos processamento é exigido, tendo em vista que a todo commit não é necessário interagir com servidor central, em equipes com muitos desenvolvedores ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam