Respostas interessantes marcadas com a tag

24

Nunca! Ok, se você tiver um completo domínio do funcionamento da implementação atual do GC, estiver disposto pagar o preço se uma mudança ocorrer e puder melhorar quando houver uma mudança, pode ser que valha a pena fazer alguma coisa nesse sentido. Ou seja, só quando souber quando forçar a coleta lhe dará o "direito" de fazer isso. Em uma resposta ...


22

Os coletores de lixo (Garbage Collector) clássicos funcionam mais ou menos da seguinte forma: Eles paralisam a execução do aplicativo; Eles escaneiam toda a memória do aplicativo, para identificar quais objetos não podem mais ser acessados, e os liberam da memória; Eles resumem a execução do aplicativo; Essa paralisação é um problema para grandes ...


19

Não existe no sentido mais aceito de garbage collector, embora dê para questionar este conceito. Delphi é uma linguagem de gerenciamento de memória manual com algumas facilidades na biblioteca, semelhante ao que se usa em C++ moderno, para quem conhece esta linguagem. Vários tipos existentes na biblioteca padrão possuem um controle próprio da alocação da ...


19

Qualquer linguagem que use um coletor de lixo em sistemas real time terá problemas porque o tempo de liberação da memória não é determinístico, que é uma característica fundamental para sistema em tempo real. Mesmo em memória manual é um problema quando há cascata ou o algoritmo de alocação ou liberação é eficiente em economia de memória e pode ter ...


18

O método finalize() é uma das coisas mais odiadas no Java. A recomendação em geral é não usá-lo nunca! Em geral, tentar fazer a limpeza de recurso no finalize() não é boa prática porque: Frequentemente, o finalize() é sobrescrito para fazer limpezas desnecessárias, tal como setar referências a objetos para null. O coletor de lixo já é esperto o suficiente ...


18

Comecei aprender C# e até Java por interesse em desenvolvimento de jogos. Mas sei que muitos são desenvolvidos com C++, principalmente por não ter um garbage collector. Isso não é necessariamente verdade. Muitos jogos são (ou eram) desenvolvidos em C++ primeiramente pelos motivos de portabilidade e desempenho. Só que essa realidade tem mudado ...


15

Parece que você já entendeu bem como funciona, mas vou comentar cada caso. Variáveis simples Se não houver mais nenhuma referência ao objeto, ele pode ser eliminado: var obj = {foo: "bar"}; obj = null; // sim, isso foi limpo da memória Porém: var bar = {foo: "bar"}; var boo = bar; bar = null; // bar não contém mais nada, mas o objeto ...


12

Vou responder de forma geral e usar o GC do CLR como base. A segunda pergunta já foi respondida. Gerenciamento de memória é algo muito difícil. Há uma definição que só 3 coisas revolucionaram o desenvolvimento de software: a linguagem de alto nível, a modularização e o gerenciamento automático de memória. Enquanto alocamos no stack tudo é fácil e o ...


11

A variável nunca será coletada, ela fica em uma área estática e como você mesmo disse, dura o tempo da aplicação. Então qualquer objeto referenciado por ela se manterá vivo o tempo todo. O objeto estático é uma das raízes de pesquisa do GC, então ele pegará uma referência e mantém o objeto vivo. Mas obviamente que existe como a variável deixar de ...


11

Especificamente para o Java, há dois itens que eu destacaria sobre o assunto: Primeiro, o GC do Java não é um mistério. Na verdade, existe mais de um e cada um com configurações diferentes que podem atender à demandas específicas, pois alguns tendem a ter pausas menores e frequentes enquanto outros pausas demoradas e raras. Além de pequenas técnicas e ...


10

A resposta é não, não tem efeito algum na performance. Se a ideia é libertar memória, também não terá consequência, ela só será libertada quando o GC determinar que é a melhor altura para isso. Tentar forçar a libertação de memória pode até provocar perdas de performance.


10

Não usam porque não é para usar mesmo. Deve existir um forte motivo para usá-los diretamente em código de aplicação em produção e raramente existe este forte motivo. Em geral o System.gc é usado em códigos de teste ou que precisem de otimização extrema (mesmo estas eu tenho minhas dúvidas), isto não é nada comum. Chamá-lo causa problemas. Não vou entrar em ...


9

É possível ter controle sobre o coletor de lixo, isso apenas não ocorre com o Java na sua implementação padrão, até onde eu sei, também por força de especificação. Vou responder baseado no contexto da pergunta. A especificação não dá detalhes sobre o funcionamento do GC, não exige que ele funcione ou deixe de funcionar em determinado momento, que ele seja ...


9

Segundo a FAQ da linguagem, Go usa um coletor paralelo mark-and-sweep. O algoritmo básico é o mesmo usado no Java, porém em paralelo para melhor desempenho, consistindo em varrer o "grafo" de objetos e marcando os objetos que são referenciados de alguma forma com uma flag. Após percorrer todas as referências, os objetos que não estão marcados podem ser ...


9

O GC é algo bem antigo, muito mais do que as pessoas imaginam. Este é um mecanismo estudado em profundidade por muita gente. Cada vez mais foram detectando os problemas e achando soluções. Problemas do GC Pausa Um dos problemas que esse mecanismo sempre teve foi a pausa quando ocorre a coleta. Ela pode ser longa e sem nenhuma restrição de tempo. Isso é algo ...


9

Por que o coletor de lixo só coleta referências que não são mais acessíveis. No entanto, ainda é possível haver vazamentos de memória por meio de referências acessíveis. Por exemplo: public class VazadorDeMemoria { private static final List<Object> monteDeLixo = new ArrayList<>(); public static void ...


8

O gerenciador de tarefas não é confiável para ver quanto de memória está sendo usada. Além disso é preciso entender o que cada número significa de verdade. O consumo muitas vezes é um pouco enganoso. Existe diferença entre memória reservada e efetivamente utilizada, só para citar o principal. Não há nada de errado com o código. Você acaba de descobrir que ...


8

Em que momentos é bom limpar a memoria? Nunca. Já respondi isso antes. O momento ideal é quando abrir e fechar a tela? Nunca! Em todos os botões da tela? Nunca! Quais problemas podem ser causados com o uso excessivo do GC? Pausas e perda de performance. Que mal pode causar em liberar a memória? Essa é a real pergunta que deve ser feita. O problema ...


8

Nesse caso porque a variável é local, ela é destruída no final do método. Até poderia ser útil se essa lista for muito grande e se esse FazAlgumaCoisaDemorada() precisar de muita memória. Aí é provável que o GC seria acionado em algum momento no meio dele e o ideal é que ele possa liberar o máximo de memória possível. Mas isso é uma circunstância bem ...


8

Não. Como o próprio nome diz o primeiro limpa todos os elementos (torna os elementos null) e o ArrayList passa ter zero elementos (o size é mudado) e você pode continuar manipulando-o. Não quer dizer que vai economizar memória. O segundo destrói a referência nesta variável (coloca uma referência para 0) impedindo que ela acesse o objeto ArrayList e ...


8

Olá @Reginaldo Soares, Para entender corretamente o funcionamento de um Canonicalized Mapping, vamos primeiro entender a acão do Garbage Collector e os tipos de referência que existem em Java. Em Java não liberamos memória programaticamente Como já é sabido pelos programadores, Java é uma linguagem em que não se faz necessário a alocação e desalocação de ...


8

Porque é assim que a linguagem foi projetada. Isso pode ser visto na documentação oficial: https://docs.oracle.com/javase/7/docs/api/java/lang/System.html#gc%28%29 Agora é claro que isso levanta a pergunta: por que a linguagem foi projetada assim? Isso tem a ver a tanto com a filosofia da linguagem (não interessa ao programador Java o gerenciamento ...


8

As referências típicas e comuns entre objetos são fortes: Se o objeto A se refere ao objeto B por meio de uma referência forte, então o objeto B só poderá ser recolhido como lixo se o A também estiver sendo. Já com as referências fracas, o funcionamento é diferente: Se o objeto A se refere ao objeto B por meio de uma referência fraca, então o objeto B pode ...


7

Evento mesmo não tem, isso seria pouco útil já que no momento que precisa fazer a coleta nada mais pode ser feito. O que dá para fazer é ser notificado antes de uma alocação ser feita, não é algo simples e precisa montar um sistema de eventos próprio, de preferência em outra thread. Isso pode ser visto em GC.RegisterForFullGCNotification. Desta forma é ...


7

Coletores de lixo coletam lixo, e não outras coisas. Qualquer objeto no heap que tem uma referência para ele não é lixo, não tem porque coletar. Não é tão simples responder a pergunta especificamente porque não um problema específico, mas é fácil responder de forma generalizada, e por isso não importa se é no CLR ou na JVM. Definir o que é vazamento de ...


6

Gostaria de adicionar sobre os finalizers e sua interação com o GC (coletor de lixo): Eles são executados de forma assíncrona à thread do Garbage Collector, essa outra é uma Daemon Thread de finalizadores pendentes, de baixa prioridade. É um comum equívoco acreditar que uma major ou minor collection faz com que a thread do GC fique aguardando a execução de ...


6

O que é Borrow Checker? É o analisador de código contido no compilador (não precisaria estar mas em Rust está, faz parte da filosofia da linguagem) que identifica se o tempo de vida de objetos está sendo respeitado. Quando você tem uma referência para um objeto essa referência tem a propriedade dele, então outra referência só pode ter o objeto por ...


5

O que é vazamento de memória? Primeiro precisamos definir o que é vazamento de memória. Tecnicamente Java não pode ter vazamentos se considerar que o vazamento só ocorre quando algo é alocado e nunca ocorre a possibilidade de liberação quando não há mais referências para este objeto. Se considerar que vazamento é toda memória ocupada sem que tenha uma ...


5

TL;DR Porque Garbage Collector (GC) é mais um conceito do que exatamente um algoritmo ou conjunto de classes ou API. Toda garantia limita a forma como ele pode ser implementado. Vamos por partes... Por que chamar o System.gc não garante execução do garbage collector? Existem muitas formas de implementar um GC: concorrente e paralelo, contínuo, etc. ...


5

Existe o C++/CLI da Microsoft. Ele não é o C++ padrão, mas usa o mesmo GC no C#. Algumas pessoas consideram que o uso adequado dos ponteiros inteligentes não deixa de ser um uma forma de GC. Outras acham que não é bem o caso, apesar de ambos gerenciarem a memória de forma automática. É compreensível que esta forma seja um pouco mais limitada, mas funciona ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam