Novas respostas marcadas com a tag

0

Um primeiro problema é que você declarou function substituicaoRapida ( ), ou seja, a função não recebe nenhum parâmetro. E dentro dela, você usa sempre o mesmo texto ("Boa tarde"), então não importa o que você passe para a função, ela sempre usará este texto. Sendo assim, sua função deve receber os textos como parâmetros, em vez de ter sempre um texto fixo ...


0

Vamos entender o que a função replace faz? a função recebe dois parâmetros o primeiro para busca e o segundo para substituição let nome = "noite" console.log(nome.replace("noite", "dia")) perceba que essa função não altera a variável original console.log(nome) assim devemos atribuir a outra ou a mesma variável nome = nome.replace("noite", "dia") console....


0

Para atender a situação solicitada, basta usar a função abaixo: Nota: A função acima, apenas substitui a primeira ocorrência da string, logo ela não atenderá aos casos em que a palavra a ser substituída ocorra mais de uma vez na string. function substituicaoRapida(texto, procurar, substituir){ return texto.replace(procurar, substituir); } let ...


0

Note que ao retornar textoNovo o script finaliza sua execução retornando o novo valor da variável textoNovo, entretanto ele não faz nada com esse valor, não imprime no console. Deste modo para imprimir esse novo valor no console ao fim do script use: function substituicaoRapida() { let texto = "Boa tarde" let palavra = "tarde" let ...


-1

Talvez sua função esteja demorando muito tempo para ser processada, ou pode estar com algum erro de lógica, tente debugar a aplicação para ver onde está o gargalo


0

Pode disparar um click no link da aba de forma automática: var url = location.href; var string = url.split('#'); var valor = string[1]; $("a[href='#"+valor+"']").click(); // dispara o click Repare que o click será na aba que possui o href igual o hash na URL. Para alterar a URL no navegador de acordo com a aba clicada, pode usar a função history....


5

Utilizando o mesmo identificador não é possível, pois você bloqueia (shadow) o acesso à variável global ao declarar um identificador igual dentro da função. A única saída nesse caso é declarar a global com var e acessar diretamente pelo objeto global (window ou global), como você mesmo citou. Porém eu pensaria duas vezes antes de descartar a sugestão do Sam....


-1

Bom, há alguns motivos para isso, como veremos abaixo. Um código é renderizado/interpretado de cima para baixo pelo navegador, portanto, se você faz, por exemplo, um código assim: <html> <head> <script src="main.js"></script> </head> <body> <input type="text" onclick="clica()" id="texto"/> <body/&...


1

Você tem duas funções com o mesmo nome: def mostraLinha(tamLinha): print('=' * tamLinha) print() e: def mostraLinha(): print('=' * 25) print() Aqui você passa um parametro: mostraLinha(parâmetro), as a função executa a segunda e me parece que você deseja executar a primeira, creio que a segunda nem deveria existir.


3

A ordem da annotation (a marcação de tipo) e os valores default é ao contrário do que você está tentando fazer: primeiro o nome do parâmetro, o sinal de :, a anotação, e aí sim o sinal de = seguido do valor padrão: def count_elements(lista_a: list, lista_b: list = [1,2,3])->int: result = len(lista_a)+len(lista_b) return result Esse código tem um ...


3

A sua dúvida é em como está estruturada a memória de um programa. Pesquise por artigos sobre a organização da memória de um processo para ter uma visão mais ampla. Aqui vou dar apenas as noções mais básicas que te ajudarão a visualizar o que acontece na máquina. Quando você manda executar um programa, o SO aloca um bloco na memória para armazenar as ...


1

Sim, a função se transforma em um conjunto de instruções em código de máquina. Esse conjunto de instruções da função fica armazenado em um endereço de memoria, por isso, por exemplo, se consegue usar a mesma função muitas vezes no programa em "lugares" diferentes. Quando se declara a função é a mesma coisa de estar se declarando uma variavel. Um endereço ...


0

Se você possui o array no seu escopo, você pode usar a função sizeof pra descobrir o tamanho em bytes e usar divisão para calcular a quantidade de elementos, da seguinte maneira: #define NUMERO_DE_ELEMENTOS 10 int arr[NUMERO_DE_ELEMENTOS]; tamanho_arr NumeroDeElementos= sizeof(arr)/sizeof(arr[0]); Agora, se você esta passando o array como argumento de uma ...


6

Uma função está onde? Na memória, certo? E toda a memória é endereçável, certo? Portanto a pergunta é por que uma função pode ser endereçada? Na verdade uma função sempre é endereçada, mesmo que você não veja o ponteiro para ela (muito comum as maioria das linguagens esconderem ponteiros), ainda assim quando chama uma função está na verdade desviando a ...


0

Está duplicando o resultado porque você está invocando duas vezes o método Cal_Gorjeta(): A primeira chamada é feita inline: let gorjeta = info_comprador.Cal_Gorjeta() A segunda é feita dentro do método Cal_Total(): Cal_Total: function() { //Essa chamada que está duplicando o array let gorjeta = ...


1

Sua função perderFoco esta faltando pegar o tamanho da string para realizar o seu if function perderFoco(){ document.getElementById('mudar').style.backgroundColor = ''; var caracteres = document.getElementById('mudar').value if (caracteres.length < 3){ document.getElementById('mudar').style.backgroundColor = '#ff0000' } else{ document....


1

Para obter os caracteres, você precisa adicionar o .length ao final do .value, que retornará a quantidade de caracteres em seu input, ficando assim: var caracteres = document.getElementById('mudar').value.length; Desta forma ele retornará um número inteiro, representando a contagem de caracteres e sua lógica dará certo.


2

Não muda nada no "contexto de exportação e importação de módulos". O que realmente irá mudar, entre os dois exemplos, é o valor que será exportado. No primeiro exemplo: module.exports = (function() { // Code. })(); Veja que temos uma IIFE, o que significa que ela será executada logo após a sua declaração. Desse modo, o valor exportado pelo module....


7

Po que você não está passando os argumentos para a função. Eu aproveitei e melhorei a legibilidade do código, colocando junto o que é junto, colocando ; porque assim funciona mas tem caso que dá problema e aí você ficará procurando sem entender o erro (acostume-se fazer certo, não custa digitar um caractere a mais para dar mais robustez ao código) e retirei ...


2

Você definiu 3 argumentos na função, porém ao chamá-la não os forneceu, por isso ela não funciona, só precisa fornecer os dados para dar certo: var num1 = parseInt(prompt("Digite um número: ")) var operacao = prompt("Digite a operação: ") var num2 = parseInt(prompt("Digite outro número: ")) function calculo(num1, num2, operacao){ if (operacao == ...


1

A função usuarioExiste é asincrona, ou seja, seu retorno não é um boolean, mas sim uma Promise<boolean>, então você precisa esperar a promessa ser comprida para então fazer a verificação, você pode fazer isso com o then, porém a forma mais simples é com async e await Na sua chamada a função dentro da condição troque por: if (await this.usuarioExiste(...


5

É permitido fazer isto de acordo com o padrão, só não é obrigatório, então alguns compiladores podem deixar ou não e podem inclusive deixar só onde faça sentido. Mesmo que o compilador deixe pode não faz sentido, ou pode causar problemas em certas situações. Lembro sempre: Tem compilador que não aceita. Mas depende de configuração. Mas olha que beleza ...


1

Depois de varias tentativas e erros, consegui a façanha sem uso do DOM, o "segredo" era adicionar 2 estilos ao mesmo metodo (console.log) function icones(ico_nome,texto,style ){ // Captura o nome do icone, o estilo que sera utilizado e o texto switch(ico_nome) { // Check argument icon case 'user': ico_nome = '%c ' // Icon will ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas