Respostas interessantes marcadas com a tag

19

Middleware é todo o tipo de função que está entre um pedido HTTP e a resposta final que o servidor envia de volta para o cliente. Por exemplo, usando Express.js, um pedido GET simples teria esta código: var app = express(); app.get('/', function(req, res, next) { res.send('Hello World!'); }); se quiseres fazer um log do tipo de request e do url de um ...


9

O Express.js é um framework Node que pode ser comparado com o Laravel para PHP, ele cria abstrações de rotas, middlewares e muitas outras funções para facilitar a criação tanto de API's quanto SPA's. Um exemplo bacana de uso dele é a exposição de uma API simples de get que pode ser feita com poucos cliques em menos de 10 minutos. Agora, não confunda ...


8

Quando você cria uma rota em sua aplicação web você libera uma área de sua aplicação para que usuários acessem via browser ou outras aplicações acessem através de algum framework http client. Quando essa rota é acessada, dois objetos principais surgem no callback dessa função, eles são: **request**: ele é responsável por carregar dados da requisição que ...


7

A resposta simples é não, não há maneira de ocultar do lado do cliente. E, ainda que existisse, a URL chamada poderia ser interceptada (via debug tools). Entretanto, você pode utilizar uma abordagem diferente. Ao invés de realizar a chamada via Angular, utilize uma função via http.request no NodeJS, e retorne o resultado para a sua aplicação.


6

O passport integra-se bem nos middlewares do express e tem métodos asíncronos para fazer a verificação de autenticidade do user/pass. No meu setup uso node-mysql e verifico com username e password (em hash MD5), e dividi a parte do passport em 3 partes: configuração autenticação no momento do login verificação via middleware de req.user Nota: Pelo que ...


6

Aparece como string porque a chave é string, sempre foi, então não tem muito como escapar disto. Dá para escapar de ser impresso assim e aí é bem simples não mande imprimir algo que foi feito para depuração e não para mostrar para o usuário final. Sempre digo: As pessoas veem um resultado e presumem que podem usar aquilo do jeito que lhes convêm, porém não ...


5

Acredito que você queira algo assim: var valor = 0; _.each(cliente.data, function (data) { valor+= Number(data.valor); }); Você já está iterando sobre cliente.data, não precisaria de outro loop(o for) dentro do each. E também, você está re-declarando a variável valor dentro do loop a cada iteração, o que vai impedir de somar o valor na mesma. ...


5

Migrating from 2.x.x to 3.x.x The extractor was replaced with ExtractJwt.fromAuthHeaderAsBearerToken(). The removal of ExtractJwt.fromAuthHeader() was done to clearly change the API so any code relying on the old API would clearly break. Check Official Link Migrando do 2.x.x para p 3.x.x O extractor foi trocado por ExtractJwt.fromAuthHeaderAsBearerToken()...


5

Primeiramente não precisa criar a pasta e não precisa dar npm init, é só seguir o que a documentação fala. Instalar generator global npm i express-generator -g Verificar opções disponivel express -h Criar a base do projeto com view engine ejs. express --view=ejs myapp Após este comando ele ira criar um diretório com a base do projeto, após é acessar e ...


5

Quando fazes console.log({ id : { $gte : 5 } }); estás a pedir ao Node.js ou ao Browser para te mostrar algo que precisa ser convertido em algo visual. Como o pretendido tem um factor de conversão cada motor de JavaScript vai tratar isso de maneira diferente. O Node.js faz log de Strings, o browser permite ponteiros e por isso mostra objetos que podem ter ...


4

Tens de criar uma palavra passe e inserir um middleware que faça a verificação e depois fazer o pedido http com esse token algures. No lado do servidor: Há um exemplo bom neste link com os passos principais são: fazer require do jwt e configurar uma palavra passe var express = require('express'); var app = express(); var jwt = require('jsonwebtoken'); // ...


4

Utilize o comando npm list Para obter a versão do express npm list express Para ver a versão dos pacotes instalados utilize no projeto npm list ou npm list -g para ver todos os pacotes instalados.


4

Podes usar params, que passam para propriedades do req esses valores. A sintaxe é: /:nomeDaVariavel ou seja: / + : + nome da variável Testa assim: app.get('/forgetPassword',(req, res) => { res.render('pages/forgetPassword'); }); app.get('/forgetPassword/:id/:hash', (req, res) => { const id = req.params.id; const hash = req.params....


4

O problema que causava o corrompimento do PDF era bem simples: se tratava de uma função assíncrona e o PDF estava sendo enviado antes mesmo de estar pronto, segue código com a solução para o problema: pdfMake = printer.createPdfKitDocument(docDefinition); let stream = pdfMake.pipe(fs.createWriteStream('../pdfs/Tabela.pdf')); pdfMake.end(); stream.on('...


4

Node.js é um motor, essa função pode ser de qualquer "lib", no caso provavelmente é do Express, que é uma lib que pode ser usada junto com NodeJS No caso você deve ter escrito errado, deve se referir a .send(), em um exemplo: var express = require('express'); //Importa a lib express var app = express();//Inicia a lib app.get('/', function(req, res) { ...


4

Relembrando outra pergunta vi que o código de é: function setUserByParams(req, res) { return con.query(` INSERT INTO db_lifeapp.tb_user ( des_name, des_email, des_endereco, num_cep, num_phone, des_password ) VALUES ( '${req.name}', '${req.email}', '${req.endereco}', ${req.cep}, ${req.phone}, '${req.password}' ) `, res); } ...


4

Para depurar um processo do Node.js você deve iniciar o processo com a opção --inspect, que irá inicializar Inspector que é o servidor de depuração do Node.js . Exemplo: node --inspect O processo será inicializado e será exibida uma mensagem no console: Debugger listening on ws://127.0.0.1:9229/0f2c936f-b1cd-4ac9-aab3-f63b0f33d55e Essa URL é o ...


4

Para obter o caminho da requisição Utilize a propriedade path. Da documentação: // https://example.com/users?sort=desc console.dir(req.path); //=> '/users' Para obter o URL completo Utilizar req.protocol para obter o protocolo da requisição, como http ou https; Utilizar req.get('host') para obter o host da requisição; O caminho pode ser obtido com req....


3

O express.Router() tem de ser usado como middleware. No teu exemplo estás a defenir corretamente uma "route" mas não estás a chamá-la como middleware. Tens de o passar à app e com uma "route" também, a partir da qual a outra é relativa. Então falta-te algo assim: app.use('/', router); // ou app.use('/consulta', router); // e no router "router.post('/...


3

Existe uma opção open-source, que é o Cubes, no qual usa a ferramenta Slicer http://cubes.databrewery.org/ Ele é feito em Python e possui uma biblioteca cliente em Javascript: https://github.com/Stiivi/cubes.js/ Você pode configurar e usar esta ferramenta como um servidor OLAP e rodar as queries através do javascript diretamente no browser e pegar o ...


3

Esse :id estará acessível no req.params.id. Assim tens de criar um middleware que use essa informação e que responda consoante. Por exemplo: //middleware function usarId(req, res, next){ var id = req.params.id; // fazer algo aqui com o ID // por exemplo: res.locals.id = id; } app.get('/clientesjson/:id', isLoggedIn, usarId, cliente....


3

Amigo, não existe maneira de fazer isso através do javascript. A única coisa que pode ser feita - e é o que eu faria se tivesse que esconder essa informação - é fazer um proxying. Traduzindo, você vai mandar a informação para o seu servidor, e seu servidor por sua vez fará a requisição que você precisa - ao invés de fazer diretamente. Exemplificando com ...


3

O JWT ele é uma criptográfica assimétrica. O JWT armazena uma chave privada, que vai ficar no seu servidor e quando o usuário solicitar a chave pública, o JWT usa a chave privada para gera a chave pública. Para esclarecer os conceitos envolvidos. Criptografia simétrica Uma chave secreta, que pode ser um número, uma palavra ou apenas uma seqüência de ...


3

Existe uma diferença entre usar somente rotas, e usar rotas com controllers, a diferença é se precisas de lógica no servidor ou se estás a servir conteúdo estático que não precisa de lógica. O exemplo mais simples é usando o express para servir ficheiros estáticos, sem rotas, sem lógica. Simplesmente mapeando: app.use('/', express.static('minha-diretoria-...


3

Repara que tens um erro de sintaxe no HTML, < e > a mais. Deve ser <form action="/produtos" method="DELETE"> Para facilitar usa-se um middleware para receberes esses parametros no .body do request. Um dos mais habituais (antigamente parte do Expree.js) é o body-parser. Se ainda não tens isso coloca no index da aplicação, logo depois de const ...


3

Cara, você tá exportando os objetos que representam as funções de callback? Imagino que seja um objeto ou classe com nome de "customers", só que parece que ele não tá encontrando o mesmo. Se for isso, um "module.exports = customers" no arquivo que representa essas rotas resolveria.


3

Para permitir que o HTML seja processar, deve-se utilizar a tag de saída <%-. <%- include(page) %>


3

Poderiamos, ao renderizar a página, enviar um objeto que através de de um script dentro da engine de view, verificar se existem valores e os preenche no campo equivalente. Assim ao submeter o formulário e retornar o erro, os inputs ficariam preenchidos com os valores deste objeto. Por exemplo: if (errors) { let valoresInput = { nome: req.body.nome, ...


3

Se GetAll é uma função ela precisa de ter um return. Neste momento assim como está a função não retorna nada... quando deveria retornar uma Promise. Adiciona um return aqui: var GetAll = function () { return axios.all([ Repara ainda que para consumires o resultado de uma Promise tens de usar o then. Assim o resto do código tem de estar dentro de um then....


3

Você está obtendo essa mensagem porque está compilado seu código com a opção --noImplicitAny que força o TypeScript a disparar uma exceção em declarações e expressões onde o tipo any é implícito. O express.js é uma biblioteca escrita em JavaScript, que é uma linguagem conhecida por não impor restrições de tipo. No TypeScript é diferente a linguagem é um ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam