Respostas interessantes marcadas com a tag

47

O que são expressões lambda? Expressões lambda são aquelas do tipo A vai para B, significando primordialmente uma transformação. No C#, existem lambdas constantes, e multiparametrizadas. No C#, uma expressão lambda, pode ser convertida para: um Delegate: é um método compilado, que pode ser executado, e passado como se fosse uma variável para quem ...


44

Expressões lambda são uma funcionalidade comum em muitas linguagens, em particular as que seguem o paradigma Programação Funcional (o termo em si vem do Cálculo Lambda, fundação matemática que sustenta esse paradigma), mas que recentemente vêm sendo introduzidas em linguagens de outros paradigmas (como, no caso, o Imperativo/Orientado por Objetos). Para ...


29

Performance Vou colocar uma outra forma do programa que mede a performance: using System; using static System.Console; using System.Collections.Generic; using System.Linq; using System.Diagnostics; public class Pessoa { public string Nome { get; set; } public DateTime? DataNascimento { get; set; } public int? Cpf { get; set; } public ...


23

Em essência, a vantagem (no C#) em usá-las é poder transportar pequenas funções como valores. Em essência. Porque elas envolvem várias outras vantagens. Na verdade, x => x * x não é SÓ uma Lambda Expression, é também conhecida como uma função anônima, e pode assim ser usada como qualquer outra função. Você pode até declará-la assim: Func<int, int>...


23

Entender e usar lambdas em Java é muito simples mesmo para quem nunca ouviu falar, desde que se tenha uma boa base sobre alguns aspectos da linguagem, conceito de listeners ou callbacks e classes anônimas. Consideração inicial Muita gente diz que lambdas fizeram muita falta no Java até a versão 8, mas tenho duas colocações a fazer sobre isso: Lambdas são ...


23

É conhecido como Arrow functions. Uma Arrow function é exatamente como uma função/callback normal, só que menos verbosa e referências de instâncias como this são tomadas dos "arredores" (o que evita .bind() ou aqueles var that=this). Então: var numbers = [1,2,3]; squares = numbers.map(x => x * x); que é equivalente a: squares = numbers.map(...


22

LINQ é uma coisa só e possui duas sintaxes diferentes: uma é a sintaxe de consulta ou forma declarativa e que muitas pessoas acham que apenas isto é LINQ (seu segundo exemplo) outra é a sintaxe de método ou forma imperativa que muitas pessoas acham que é uma lambda (seu primeiro exemplo) Já fica claro que as duas formas são LINQ, uma em linguagem mais ...


22

Você está procurando pelo Except(). var resultado = lista1.Except(lista2).ToList(); Coloquei no GitHub para referência futura.


20

Você pode fazer: var resultado = lista1.Where(li => !lista2.Contains(li)).ToList();


18

@pnet, LINQ tende a ser mais lento que um loop convencional, pelo simples motivo que o linq adiciona um overhead ao seu codigo. Este overhead é basicamente a conversão do seu LINQ em um loop tradicional. Mesmo se tratando de um loop convencional, ainda temos diferença de desempenho entre o for e o foreach, o for pode ser até 2x mais rapido que o foreach. ...


17

Func Func é usado para determinar um delegate. Ou seja é para tipar (criar uma assinatura) uma função anônima. Nele é especificado os tipos de diversos parâmetros e o tipo do retorno da função. var operacoes = new Dictionary<string, Func<int, int, int>> { {"+", (op1, op2) => op1 + op2 }, {"-", (op1, op2) => op1 - ...


16

A única forma de saber ao certo é testando e isto pode mudar de acordo com o conjunto de dados e do algoritmo a ser executado em cada item. Primeiro vamos notar que os dois algoritmos mostrados não são equivalentes. Um pega um dado incondicionalmente e o outro pega condicionalmente. Quando você comprar coisas que fazem tarefas diferentes não dá para ...


13

Uma expressão lambda é uma maneira concisa de declarar uma função ou subrotina. Num mundo orientado a objetos, é bastante similar a um objeto que tem um método só. Existem duas vantagens principais de se usar uma expressão lambda ao invés de uma função ou método definida separadamante: Simplicidade. Para que dar um nome a algo que só vai ser usado uma vez ...


12

É para indicar que a função anônima que ela representa não tem nenhum parâmetro. Foi o jeito que se arrumou para a sintaxe não ficar manca, já que sempre tem que ter alguma coisa antes do => que separa os parâmetros do corpo da da função. Não há nada diferente além disso em relação às outras lambdas. Em tese poderiam deixar sem, mas fica esquisito e ...


12

Mais benefícios em relação a que? Em criar classes inteiras para simular o mesmo resultado? Afinal a lambda usa a infraestrutura de classes para funcionar. Então a concisão é provavelmente o maior ganho. E isso não é pouco. Eu diria que junto com a concisão vem a simplificação do código, faz tudo ser definido em um lugar só. E simplificação ajuda evitar ...


10

É uma tentativa (mal sucedida na minha opnião) de inserir uma característica funcional na linguagem. Na prática vai evitar que você tenha que criar classes anônimas de apenas um método, pois é isso que expressões lambda fazem. Adição de Listeners, Runnables, Callables e afins irão ficar menos verbosos. Ao invés de: new Thread(new Runnble() { public void ...


10

Em geral lambda significa passar uma função como argumento para outra função (definição dada para JavaScript, e se estende à todas as linguagens funcionais): Em tradução livre: Lambda basicamente significa usar uma função como argumento numa chamada à outra função. Lambda é uma buzzword popular em programação funcional e é muito usada. O pior é que, ela é ...


10

Se é Entity Framework, creio que a lista venha de um contexto, então não vou usar uma lista avulsa pra responder. Vou responder a partir do contexto mesmo, até porque a construção de uma lista a partir de um contexto de dados é completamente diferente da construção de uma lista a partir de uma operação em memória usando Linq: var lista = contexto.Objetos1 ...


9

Isto é uma função lambda, ou como costuma ser chamada, função flecha. É uma função anônima com uma sintaxe mais simples. disponível desde EcmaScript 6. Os parênteses à esquerda são os parâmetros e o que está à direita é o corpo da função que já é a expressão que gera o resultado que será retornado na função.


9

Basicamente o primeiro é um método anônimo definido por um delegado (guia de uso). No caso o delegado é pré definido com a assinatura usada. Então o seu "conteúdo" pode ser "armazenado" em uma variável, como foi feito. O readonly foi usado para não permitir que o seu conteúdo possa ser trocado. Uma das grandes vantagens do uso de delegados (no caso usando ...


9

Tem o código fonte dele disponível. No mesmo arquivo tem todo código do LINQ. Todo o código do .NET pode ser visto e facilmente nesse site. Há uma pergunta que fala sobre alguns detalhes: Para que serve o System.Linq no C#? Acho que também será útil: Diferenças entre forma declarativa e imperativa do LINQ Também: Como funciona a lógica do Where no ...


9

Ambas pegam os elementos de um stream de dados (geralmente uma solução como array ou ArrayList) e cada elemento terá uma ação a ser definida em seguida. A diferença que flatMap() consegue fazer isso em streams que possuem dimensões (ele achata os dados para ficar linear), então cada elementos daquela coleção de dados será usado independente de ele estar ...


8

Pra fazer o equivalente ao having no SQL no linq, basta colocar um Where() após o GroupBy(): using (var ctx = new TracesEntity()) { var lambda = ctx.TraceTabelas.Where(q => q.DataBaseName == "megacorretor" || q.DataBaseName == "stats_mega") .GroupBy(a => new { a.TextData, a.DataBaseName }) .Where(group => group.Count() > 1) ...


8

Guilherme, esta é uma boa pergunta e que demandaria uma resposta muito extensa. Foi tentar ser breve, e para isso foi deixar de fora muita coisa, tudo bem? O que são lambda expressions? São, por definição, funções anônimas. Eu gosto de pensar em expressões lambda como funções de matemática. Você tem os parâmetros de entrada e o corpo da função, por ...


8

Não acho que exista uma forma universalmente apropriada. Não precisamos nos manter a formalismos bobos só porque está certo. O importante é as pessoas se comunicarem eficientemente. É comum fazermos simplificações quando falamos ou até escrevemos certas coisas que estritamente estão erradas, mas que não causa grandes problemas. Dou um exemplo em Qual a ...


8

LINQ usa lambdas, mas lambdas podem ser usados sem LINQ também. Exemplo: //declara uma função que retorna um bool, para ver se um int tem todos os mesmos números public static bool TodosIguais( this int num, Func<T,bool> igual ) { return igual(num); } //usa essa função, mas posso mandar qualquer função que retorna um bool int numero = 55; //Usando ...


8

Acho que é isto que deseja: var resultado = listaObj1 .SelectMany(o => o.PropObj1, (objeto1, objeto2) => new { objeto1, objeto2 }) .SelectMany(o => o.objeto2.PropObj2, (objeto2, objeto3) => new { objeto2, objeto3 }) .Where(o => o.objeto3.PropObj3 == 1).Select(o => new { o.objeto2.objeto1.PropObj1 }) .ToList(); SelectMany ...


8

Isto não é bem uma função. Tecnicamente é, mas é uma função anônima, você parece saber aproximadamente porque a maioria sequer veris isto como uma função. Significa que todas as variáveis capturadas por esta possível clausura serão capturadas como referências. Isto significa que os valores delas não serão copiados para junto da sua função lambda, mas apenas ...


8

O problema é que você não está utilizando Streams, apenas um monte de Optionals. Do jeito que você fez, o código fica amarrado ao fato de ter exatamente quatro variáveis, e não um número qualquer. Tente assim: import java.util.Arrays; import java.util.Optional; public class TesteOptional { public static void main(String[] args) { String a = " ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam