Respostas interessantes marcadas com a tag

15

Um coisa que poucas pessoas entendem é que o LINQ é um construtor de expressões. Ele não está executando tudo aquilo de uma só vez, ele faz um passo de cada vez, desde que esteja em métodos diferentes. Seu código é, em essência, o mesmo que: IQueryable<Produtos> query = _context.Produtos; query = query.Where(x => x.Nome == pesquisa.Nome); query = ...


9

Para incluir vários níveis de dados relacionados, utilize o método ThenInclude(). Exemplos Entity Framework - Dados Relacionados var example = context.Parent .Include(x => x.Child) .ThenInclude(g => g.Grandson) Entity Framework - Encadeamento de dados relacionados var example = context....


5

Essa opção não existe no Entity Framework Core. Você pode fazer algo parecido fazendo com que a migração seja feita sempre que a aplicação for iniciada, pra fins de desenvolvimento. Possivelmente se eu fosse usar esta opção ainda faria alguma verificação pra ter certeza que a aplicação está realmente em modo de desenvolvimento, mas como não sei o contexto ...


5

Você pode ignorar uma propriedade de ser serializada decorando-a com o JsonIgnore public class Profissional { public string Nome { get; set; } public string Cpf { get; set; } public string Endereco { get; set; } public int Idade { get; set; } public string Email { get; set; } [JsonIgnore] public string Senha { get; set; } ...


4

Você deverá adicionar o parâmetro -Context no comando Add-Migrations Add-Migration Teste -Context:DoisContext.Data.OutroContext No exemplo que montei os meus Context estão da seguinte forma public class OutroContext : DbContext { public DbSet<Teste> Testes { get; set; } public OutroContext(DbContextOptions<OutroContext> options) ...


4

Proxies são necessários para dois recursos: lazy load - as propriedades de navegação são carregadas uma vez que você acessou a primeira vez Rastreamento de alterações dinâmicas - se você modificar qualquer propriedade na entidade, o contexto é notificado sobre essa alteração e definir o estado da entidade. Se o rastreamento de alterações dinâmicas não for ...


4

Basicamente você precisa criar uma Middleware, que ao verificar o seu código se existe ou não um condominio faz o redirecionamento. Exemplo: Crie uma classe: public class RedirectNoApartment { private readonly RequestDelegate _next; private readonly bool status = true; private readonly string path = "/home/about"; public ...


3

Segundo a página de suporte dos provedores do EF (em 12/06/2018), na seção "Provedores futuros": A equipe de .NET da Oracle anunciou que pretende liberar um provedor próprio para o EF Core 2.0 aproximadamente no terceiro trimestre de 2018. Consulte as declarações de direção para .NET Core e Entity Framework Core da Oracle para obter mais informações. ...


3

Basicamente pelo modelo da sua pergunta (e consequentemente pela comentário que diz que as outras entidades não são necessárias citar) o modelo funcional de configuração é: Models public partial class Pessoa { public Pessoa() { PessoaCadastroPessoa = new HashSet<PessoaCadastro>(); PessoaCadastroPessoaFilial = new HashSet<...


3

A resposta do cigano me levou até o EF Core 2.0, assim como o Roadmap e o Preview do mesmo. No EF 2.0 é possível fazer o seguinte: public abstract class EntidadeBase { public Guid FilialID { get; set; } public DateTime DataCriacao { get; set; } } public class EntidadeA : EntidadeBase { public Guid EntidadeAID { get; set; } public ...


3

@LeandroLuk, não consegui testar aqui, mais da uma olhada se te ajuda este método que fiz baseado em uma resposta do SOEn: https://stackoverflow.com/questions/35342955/dynamically-creating-an-expression-which-selects-an-objects-property public LambdaExpression ToDynamicLambda() { var itemParam = Expression.Parameter(BaseType, "x"); var members = ...


3

A configuração para auto relacionamento é o seguinte conforme a sua classe Menu: x.HasMany(k => k.SubMenu) .WithOne() .HasForeignKey(k => k.MenuId) .HasPrincipalKey(k => k.Id); ou seja, deve informar qual campo se refere a chave primária e qual é a chave estrangeira que o framework vai carregar conforme a ...


3

Os .Where(this IEnumerable<T>, Predicate<T>) são carregados preguiçosamente, ou seja, não são processados no momento da declaração, mas sim quando a consulta final (o resultado final do .Where()) é iterada. IQueryable<Produto> query = _context.Produtos; if (!string.IsNullOrEmpty(pesquisa.Nome)) { query = query.Where(where => where....


2

Na data desta resposta: Existe uma biblioteca que te permite usar filtros dinâmicos, a EntityFramework.DynamicFilters, mas ela não possui suporte ao EF Core porque a cadeia de eventos para ela ser viável ainda não está pronta; Há um projeto que adiciona alguns eventos, mas ele ainda é bastante cru; .Include() com filtro está no roadmap, mas não está pronto. ...


2

Não sei se entendi muito bem a sua pergunta, mais ao que parece você quer gerar uma consulta genérica com um filtro global, visto que na sua aplicação o campo FilialId é um campo global. Uma abordagem que pode atender à sua necessidade seria a criação de um IQueryable da tabela desejada dentro do contexto, que já implementaria o seu filtro, abaixo um ...


2

Tente dessa forma: No arquivo appsettings.json "LogAuditoriaConnection": "Server=.\\sqlexpress;Database=LogAuditoria;Trusted_Connection=True;User Id=sa;Password=**********" No arquivo LogAuditoriaContext.cs public class LogAuditoriaContext : DbContext { public LogAuditoriaContext(DbContextOptions<LogAuditoriaContext> options) : base(options) { ...


2

Boa tarde! Imagino que Pessoa e Atleta estejam no relacionamento 1:1 e o Code First. Leia este artigo: http://www.entityframeworktutorial.net/code-first/configure-one-to-one-relationship-in-code-first.aspx Este site possui muitos artigos sobre EF. Mas uma observação muito importante é que o ideal é que você utilize Code-First Convention, que é nada mais ...


2

É só você colocar as relações separadas por um ponto (.), exemplo: var entidade this.repository.Get<Entity>(x => x.Id == 1, "Filha1.SubFilha1") .FirstOrDefault(); não vai precisar nem mudar o código do repository é só passar dessa forma o nome das relações Filha1.SubFilha1 e assim por diante. O código Include e ...


2

Você precisa fazer o mapeamento na configuração de Pessoas para ele criar corretamente: ... builder.HasOne(u => u.Filial) .WithOne(p => p.Pessoa) .HasForeignKey<Filial>(b => b.FilialId); ...


2

o EF Core não tem tal método, porém você pode estender o ModelBuilder para que ele ganhe esta funcionalidade. A um tempo atrás, eu precisei configurar as propriedades de uma determinada interface. Porém como você deve imaginar, o builder.Entity<T> não aceita uma Interface como primeiro argumento. Então implementei o seguinte método em uma static ...


2

Não tem esse método que antes era utilizado na versão Entity Framework 6.x, com o Entity Framework Core é utilizado para oções do seu contexto DbContextOptions (DbContextOptions<T>). O Database.SetInitializer() é uma forma de informar qual estratégia utilizar na inicialização na sua base de dados com Code First e pode variar a sua configuração: ...


2

O EntityFramework está tentando adicionar um novo Pais, e como não está explícito que é o EF quem deve criar os IDs, o EF está esperando que o Id de País seja null ou 0, passando assim a responsabilidade do repositório em criar esse Id. Porém, não é essa sua intênção. Vc apenas quer adicionar uma Cidade. Um workaround é, antes de adicionar o novo registro ...


2

Sim! É possível! É só usar o ThenInclude: var query = _context.Rota .Include(r => r.CidadesRotas) .ThenInclude(r => r.Cidade) .Where(r => r.RotaId == RotaId); Pode ser que seu IntelliSense acuse algum problema, mas é um bug do IntelliSense, que pode ser acompanhado por aqui: https://github.com/aspnet/EntityFrameworkCore/...


2

Uma forma de fazer é implementando um provedor de log. Em sua classe de contexto do EF você sobrescreve o método OnConfiguring informando o provedor de log que você irá criar: protected override void OnConfiguring(DbContextOptionsBuilder optionsBuilder) { var lf = new LoggerFactory(); lf.AddProvider(new MyLoggerProvider()); optionsBuilder....


2

Tendo as conversões explicitas, basta fazer o seguinte: //Convertendo B para A List<B> listB = listA.Select(a => (B)a).ToList(); //Convertendo A para B List<A> listA = listB.Select(b => (A)b).ToList(); Com o exemplo acima estou supondo que você tenha as classes A e B: public class A { public int Id { get; set; } public string ...


2

Desde que as conversões sejam válidas, é possível usar o método de extensão Cast do LINQ. Considerando o código desta resposta, ficaria assim. var listB = listA.Cast<B>().ToList(); var listA = listB.Cast<A>().ToList();


2

Utilize script-migration depois de rodar o Add-Migration, dessa forma ele irá gerar o arquivo SQL pra você. Você também pode usar o parâmetro Verbose junto ao update-database para ver o script que foi executado no console: update-database -Verbose


2

Não é possível ignorar subpropriedades no Entity Framework. A maneira correta de ignorá-la seria no mapeamento da entidade país. Segue exemplo: public class EnderecoMap : IEntityTypeConfiguration<Endereco> { public void Configure(EntityTypeBuilder<Endereco> builder) { builder .OwnsOne(g => g.PaisCompleto, pais =&...


2

Amadeu, os valores das outras tabelas estão sendo alterados porque você está alterando. Quando você faz este comando: anuncioActualizado.Raca.Nome = _context.Raca.Where(x => x.Id == anuncio.Raca.Id).FirstOrDefault().Nome; o Entity faz o track da entidade Raca e entende que houve alteração para ela. Não entendi a necessidade de você ter que setar o nome ...


2

Use o add-migration e personalize a migração. Às vezes, é útil adicionar uma migração sem fazer alterações no modelo. Nesse caso, adicionar uma nova migração cria arquivos de código com classes vazias. Você pode personalizar essa migração para executar operações que não se relacionam diretamente ao modelo do EF Core. Exemplo de migration ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam