DAX é uma coleção de funções, operadores e constantes que podem ser usados em uma fórmula ou expressão, para calcular e retornar um ou mais valores. Para falar de forma mais simples, o DAX ajuda a criar novas informações de dados que já estão em seu modelo.

DAX significa Data Analysis Expressions e é a linguagem de fórmula usada no Power BI (também usada pelo Power BI nos bastidores). O DAX também pode ser encontrado em outras ofertas da Microsoft, como o Power Pivot e SSAS de Tabela, mas esta coleção de tópicos do Aprendizado Interativo se concentra em como o DAX é usado – e pode ser usado por você – no Power BI.

Os conceitos do DAX são bem simples, mas o DAX é avançado. O DAX usa alguns conceitos e padrões de programação exclusivos, que podem dificultar seu pleno uso e entendimento. As maneiras tradicionais de aprendizado de linguagens podem não ser a melhor abordagem em relação ao DAX; portanto, o objetivo deste vídeo é ensinar conceitos e a teoria que o ajudarão adiante em seu trabalho com o Power BI.

O que é DAX

A Linguagem DAX que é a sigla para Data Analysis eXpression, numa tradução livre: Expressão de Análise de Dados. Foi criada em 2010

É uma coleção de funções, operadores e constantes que podem ser usados em uma fórmula ou expressão, para calcular e retornar um ou mais valores. Resumindo, o DAX ajuda você a criar novas informações a partir de dados já presentes em seu modelo.

O DAX é uma linguagem funcional, o que significa que o código executado completo está contido em uma função.

No DAX, as funções podem conter outras funções aninhadas, instruções condicionais e referências de valor. A execução no DAX começa na função ou parâmetro mais interno e trabalha para fora. No Power BI, as fórmulas DAX são escritas em uma única linha e, portanto, a formatação correta das funções é importante para facilitar a leitura.

O DAX foi projetado para funcionar com tabelas e, dessa forma, tem apenas dois tipos de dados primários: Numéricos e Outros. Numéricos podem incluir inteiros, decimais e moeda. Outros podem incluir cadeias de caracteres e objetos binários. Isso significa que, se você criar a função DAX para funcionar em um tipo de número, você poderá ter certeza de que ela funcionará em todos os outros dados Numéricos.

Comparando as funções DAX com as funções do Excel

As fórmulas DAX são bem parecidas com as do Excel. O processo de criação é quase o mesmo, você digita um sinal de igual, seguido de um nome de função ou uma expressão, e todos os valores ou argumentos necessários. Assim como o Excel, a DAX fornece diversas funções que você pode usar para trabalhar com caracteres, executar cálculos usando datas e horas, ou criar valores condicionais.

Porém, as fórmulas DAX são diferentes no que diz respeito aos seguintes itens mais importantes:

• Uma função DAX sempre faz referência à uma coluna completa ou uma tabela. Para usar apenas valores específicos de uma tabela ou coluna, você adiciona filtros na fórmula.

• Para personalizar os cálculos linha por linha, existem funções que permitem usar o valor da linha atual ou um valor relacionado para executar cálculos que variam de acordo com o contexto.

• Algumas funções da Linguagem DAX fornecem inteligência de tempo, que permitem criar cálculos usando intervalos de datas e comparar os resultados em períodos semelhantes.

Links interessantes para aprofundamento:

LINGUAGEM DAX: O QUE É E PORQUE É TÃO IMPORTANTE NO POWER BI

Início rápido: Aprenda os fundamentos de DAX em 30 minutos

Noções básicas do DAX no Power BI Desktop