Respostas interessantes marcadas com a tag

13

Primeiro, na framework .NET existe a classe ExpandoObject, que permite a expansão de um objeto em tempo de execução. http://msdn.microsoft.com/pt-br/library/system.dynamic.expandoobject(v=vs.110).aspx ExpandoObject tem vários usos, um deles é no acesso a Banco de Dados, armazenando os resultados de uma consulta. A habilidade de alterar o objeto mostra-se ...


10

1º Nessa linha de código "cn.Query" eu informei 3 classes, é necessário também incluir os campos das outras (Menu e Categoria) junto no select? Necessário não, mas, quanto mais completa uma query, melhor a qualidade das informações. 2º O SplitOn sempre é necessário informar chave primária? Não. splitOn é um parâmetro que serve apenas para o Dapper ...


8

Para instalar o Dapper ou qualquer pacote é só utilizar a parte destinada a NETCLI, como demostrada na imagem abaixo: e quando estiver com o Visual Studio Code aberto, vai em terminal e digite o que está descrito no NETCLI do NUGET, e pressione ENTER, exemplo: no final da instalação terá uma resposta em seu terminal assim: Dica: No final de ...


6

ExpandoObject são objetos dinâmicos, ou seja, objetos que voce pode adicionar ou remover propriedades em tempo de execução. dynamic meuCache; meuCache.QualquerCoisa = "Qualquer coisa mesmo"; meuCache.OutraCoisa = new { FaladoSerio = true }; meuCache.MaisUmaCoisa = Enum.Empty<string>(); Hoje, o objeto dinamico mais popular do .NET Framework é o ...


6

Precisa ter propriedades na classe,então mude sua classe para: public class Teste { public int Id { get; set; } public string Nome { get; set; } public int Idade { get; set; } } E mude: var newTeste = db.Execute("Insert Into Teste (nome, idade) Values(@Nome, @Idade)", t); Eu mudaria os nomes das colunas da tabela também.


6

Eu discordo um pouco do que disseram aí. Ambos são micro ORMs. O .NET trabalha com data providers. Existe uma API básica que toda aplicação .NET entenderá para acessar fontes de dados, especialmente banco de dados relacionais, já que o modelo foi pensado para este tipo e fonte. Qualquer banco de dados ou outra fonte pode criar um provedor de dados se ...


5

Minha dúvida existe alguma forma de utilizar os dois ORMs em meu projeto? pois gostei do EF na questão de mapeamento e das migrations pois utilizo como Code First. Sim, olha só: var query = db.Database.Connection.Query(...); // <- Isto é Dapper em cima da connection do Entity Framework. Lembrando que Dapper é um framework-extensão implementado em cima ...


5

Dapper é uma ferramenta extremamente performática por trabalhar em um nível bem próximo das interfaces do ADO. Entretanto, nenhuma interface é provida para expressar relacionamentos. Você precisará implementar a sua própria solução, ou utilizar uma biblioteca de terceiros, como AutoMapper. Assim sendo, minhas respostas seriam: Esta estrutura está em ...


5

Supondo que você queria obter o resultado numa variável do tipo Cliente. var cliente = connection.Query<Cliente>("spClientes", new {Id = 1}, commandType: CommandType.StoredProcedure).First(); O primeiro parâmetro é o nome da procedure, o segundo são os parâmetros passados para ela e o terceiro é o tipo de comando ...


4

Em primeiro lugar, é importante dizer que o Dapper funciona muito bem como um complemento ao Entity Framework. Usar apenas o Dapper na sua aplicação pode implicar em uma perda de produtividade, já que o Dapper não possui, por exemplo, carga preguiçosa, controle incremental de banco e geração dinâmica de SQL. Tudo fica a encargo do programador, que tem que ...


4

Tente usar o DynamicParameter public class Teste { public int id; public string nome; public int idade; } //Necessário referenciar o Dapper na sua classe que faz o insert... using Dapper; //No seu método para salvar no banco de dados... var parametros = new DynamicParameters(); parametros.Add("Nome", teste.nome, DbType.AnsiString); parametros....


4

Nesse caso, o dapper deve te retornar um objeto do tipo dynamic. Basta fazer assim: var teste = _connection.Query(sQuery.ToString(), par).FirstOrDefault().UF; Como o tipo dynamic é uma implementação de Late Binding, ele transfere a responsabilidade de conhecer o conteúdo do objeto para o programador em tempo de execução. Isso costuma ser uma 'faca de dois ...


4

Por que o Dapper foi criado assim, as tecnologias tem suas características próprias, seja para atender uma demanda que exige que seja assim, seja por vontade de quem a criou, seja por deficiência. O Dapper tem como objetivo acesso o banco de dados de gerar um objeto para consumo na sua aplicação e praticamente mais nada. Comparar com outra tecnologia não ...


4

É só tirar os parênteses. O Dapper já faz isso. select * from product where CasNo in @filtro


4

Não estou certo sobre o erro que você está recebendo. Não tem como identificar este problema com as informações que você passou na pergunta, provavelmente nem tem a ver com essa consulta. De qualquer forma, é fato que está passando errado o parâmetro para o Dapper. É necessário concatenar o caracter % na string de consulta, da forma como está fazendo o ...


3

O Dapper não tem esse recurso para fazer essa mudança, então, faça diretamente na propriedade da classe, todas as vezes que alterar a propriedade Campo1 pelo código também é alterado Campo2, exemplo: public class Exemplo { private string _campo1; public string Campo1 { get { return _campo1; } set ...


3

Tentou instalar o PM (Package Manager Console) > Install-Package Dapper.StrongName? Referência: Dapper dot net (strong named) 1.50.2 Post gingo muito bom sobre.


3

Obrigado pelas mensagens, já resolvi o problema. Crie na classe que herda de Enumeration o seguinte: public class Status : Enumeration { //YOUR CODE **public static Status FromInteger(int value){ switch(value){ case 0: return Active; case 1: return Inactive; case 2: return Removed; default: ...


3

Uma alternativa para obter apenas um campo em uma consulta SQL usando o Dapper é especificar o tipo dele, veja um exemplo: using (conexao = new SQLiteConnection(StringConexao)) { conexao.Open(); var sql = "select nome from pessoa where id = @id"; var nome = conexao.Query<string>(sql, new { id = meuId }).FirstOrDefault(); Writeline($"...


3

Você está tentando jogar o resultado de uma query que é uma coleção em uma string, isso não funciona e nem é o que deseja. Pegue o resultado, depois pegue o campo desejado: using (conexao = new SQLiteConnection(StringDeConexao)) { conexao.Open(); var resultado = conexao.Query("select s.Descricao from Servico s where s.Descricao = @Descricao", new { ...


3

Uma coisa que o Dapper não esclarece é que o retorno dele não é exatamente estruturado do jeito que um data source de um componente .NET espera, então escrevi um método de extensão que converte o resultado pra algo mais inteligível, como uma lista, por exemplo: public static class DapperExtensions { public static IEnumerable<T> ToTypedList<T>...


3

Com o dapper você tem várias maneiras de fazer isto, segue abaixo exemplos: //Aqui você está tipando o retorno em string e já pegando o primeiro resultado var uf = _connection.QueryFirstOrDefault<string>(sQuery.ToString(), parm); //Aqui você converte o retorno no seu model, e posteriormente poderá pegar seuModel.UF (onde uf é a propriedade) var teste ...


3

No dapper não é preciso colocar () no IN(como é feito tradicionalmente numa query), isso é feita de maneira direta. O Dapper permite que você passe em IEnumerable e parametrize automaticamente sua consulta. Eu alterei seu código para ficar um pouco mais legível, perceba que minha consulta é simples e direta, ela retornar a quantidade de pessoas que tem ...


3

ADO.NET Não é um ORM (Object-Relational Mapping ou Mapeamento objeto-relacional em português). Segundo a documentação: O ADO.NET é um conjunto de classes que expõem serviços de acesso a dados para desenvolvedores do .NET Framework. O ADO.NET fornece um conjunto rico de componentes para criar aplicativos distribuídos e de compartilhamento de dados....


3

Complementando a resposta do Maniero, o seu código é perigoso porque você está concatenando os valores na string e fica sujeito a um SQL Injection. Segue um exemplo simples de insert com o Dapper // Insert using (var db = new SqlConnection(connstring)) { const string sql = @"INSERT INTO [Region] (Name) VALUES (@Name)"; db.Execute(sql, new { Name = ...


2

O problema é que o nome do Campo no banco de dados (seu select) é diferente do nome de sua Entidade. Basta alterar para ser iguais que tudo será resolvido. Uma opção simples é utilizar Alias em sua consulta, por exemplo: SELECT ofi.id_oficina as IdOficina, Outra opção seria mapemar manualmente o objeto dinâmico da consulta com os dados específicos, ...


2

Acabei de publicar um artigo sobre multi-mapping com o Dapper Multi-Mapping com Dapper No meu exemplo tem fonte do Github e tudo mais, mas vou explicar aqui também. No código abaixo estou buscando uma conta bancária com várias propriedades, tipo de conta, banco, cliente, gerente etc... e é dessa forma que eu faço o relacionamento. Espero ter ajudado. ...


2

Se você só quer consultar os dados sem fazer algum tratamento das informações antes de retornar, acho que o melhor a fazer é usar o inner join, pois assim as informações das tabelas não ficam todas na memória até encerrar a consulta, e comparado a outros tipos de consulta, é a mais eficiente. select tab_1.field, tab_2.field, tab_3.field from tab_1 inner ...


2

Sua primeira abordagem me parece correta. O problema é que ids não é uma lista de inteiros e sim um array de lista de inteiros. Além disso, você cria um objeto adesoesids para colocar estes dados. Basicamente, seu objeto parametros está assim parametros: { adesoes: { ids: [ [1, 2, 3, 4] ] } } O Dapper espera que o ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam