Respostas interessantes marcadas com a tag

198

Essa questão é complexa e envolve, ao meu ver, dois aspectos principais: O contexto cultural no qual a interação humano-computador está inserida. O contexto de utilização (erro, alerta informativo, etc) que fez necessária a exibição da mensagem ao usuário. Sobre o contexto cultural... Primeiramente, há de se considerar que existem diferenças culturais ...


68

Cuidado ao pedir desculpas em uma exceção Se desculpar por um erro não levaria um usuário a maioria dos usuários a pensar "nossa que legal, ele sabe que o erro foi dele"; uma mensagem de erro onde o sistema admite um erro passa a imagem de que erros são tão constantes que ele admite através da mensagem. Um cliente demasiadamente rigoroso poderia encarar ...


55

O bom humor é uma tendência que vem ganhando força nesses casos, principalmente na web. Lojas de e-commerce, por exemplo, utilizam mensagens como: Ops! Pelo jeito nossas promoções fizeram sucesso, estamos trabalhando para aumentar nossa nuvem de servidores, dentro de alguns instantes pressione F5 Agora, se o sistema necessita de algo mais formal, o ...


30

Ao meu ver a pergunta já foi respondida com muitos pontos positivos e importantes na interação com o usuário. Acho importante a classificação do sistema e definição do público-alvo para poder medir as características do feedback ao usuário. Trata-se de uma questão de usabilidade Primeiro, considerando falha como um erro irrecuperável, diante desses ...


26

Existem dois casos muito distintos ao meu ver: Exceções para o desenvolvedor Mensagens de erro para o usuário final Texto de Exceções Acho que uma exceção deve sempre ser o mais explicativa quanto for possível, de forma a indicar o que causou, e possivelmente como corrigir o problema em que o código tropeçou... dessa forma, o desenvolvimento e a ...


21

Depende do propósito, se quer ler um caractere, uma sequência ou quer um formato específico. Algumas hoje depende mais de gosto. getchar Lê apenas um caractere, nada mais que isto. Não importa o que. Normalmente usado quando você quer controlar a entrada de dados da maneira que bem entender. Pode ser usada para compor funções de leitura de dados de forma ...


19

O cout não é uma palavra-chave da linguagem, é um objeto da biblioteca padrão e só pode ser usada através do namespace std e inclusão do header iostream. O significado seria console output. Assim como cin seria console input. Ambos são streams de entrada e saída de dados pelo console. Há quem considere que o "c" seria character. Pelo menos é o que diz o ...


15

Para fazer gráficos aparecerem na tela, existem várias camadas: Os criadores das placas gráficas, placas-mãe, monitores definem uma maneira de essas partes se comunicarem. Por exemplo, setar o pino X com um bit Y, esperar tantos nanossegundos, ler os bytes no endereço Z, etc. Essas convenções podem seguir padrões como os barramentos PCI ou PCI Express, ...


13

Não é possível. A página é submissa ao navegador e o console de javascript não é algo que você possa realmente controlar, é um extra. Seria como impedir que vissem o seu html ou criar um arquivo .txt que não pudesse ser editado, não faz sentido. O usuário é completamente livre para editar qualquer coisa da sua página. Qualquer código pode ser alterado e ...


11

O comando delete navigator; não "desinstalar" o navegador, o delete serve para deletar variáveis e níveis de objetos literais por exemplo. No seu caso você está tentando deletar a global nativa navigator, e não está funcionando pois o navegador não permite que você remova essa variável.


11

Isso é uma representação exponencial. Não é possível diferenciar os dois pois esses números extrapolam a precisão máxima do tipo numérico usado pelo javascript, que é por baixo dos panos um tipo double da norma IEEE 754. A representação exponencial funciona assim: Me+E => M × 10E Me-E => M × 10-E Para o número indicado, temos M = 1, e E = 24 positivo. ...


10

A princípio um sistema operacional trabalha com 3 filas System.err (saida de fluxo para erro padrão stderr), System.out (saida de fluxo padrao stdout) e System.in (entrada de dados stdin) Ao utilizar o PrintStackTrace, ele escreve por padrão em System.err e também informa um rastreamento de pilha, ou seja, a cadeia de métodos que levou a excepção. Em um ...


9

Quando o Chrome interpreta um número começando com o caractere 0 ele o faz como sendo um octal. A representação octal do número 8 (decimal) é 010, e a representação octal do número 64 (decimal) é 0100. O que é representação octal É um sistema de numeração, tal como existe o decimal, o hexadecimal, só que na base 8. Os outros sistemas de numeração também ...


9

Tente o seguinte: echo chr(27).chr(91).'H'.chr(27).chr(91).'J'; // ^[H^[J Fonte: PHP clear terminal screen


8

O primeiro lê um caractere do buffer e o segundo lê uma linha, ou seja, todos os caracteres até que encontre um indicador de fim de linha. Por ler apenas um caractere o Read() retorna um inteiro indicando qual seria o caractere lido. Ele sequer é um char. É necessário uma conversão se precisar da informação como caractere mesmo. E obviamente se precisar ...


8

O código faz o que você manda, não o que você quer. No caso está usando o método errado. o Read() é para ler uma único caractere. Para ler vários é o ReadLine(). Aí você pode pensar, mas ele retorna um texto e eu quero um número. Sim, tem que fazer a conversão, provavelmente com Tryparse(). using static System.Console; public static class Program { ...


8

Use WriteLine Console.WriteLine("Segunda :{0}, {1}, {2}, {3},", A1, A8, A4, A5); Console.WriteLine("Terça :{0}, {1}, {2}, {3},", A2, A7, A3, A6);


8

Você tem basicamente três técnicas. Uma é usar o próprio método para pular a linha. Na maior parte das vezes é a melhor solução. Basta usar o WriteLine(), nas suas diversas variações. WriteLine($"Segunda: {A1}, {A8}, {A4}, {3},"); WriteLine($"Terça: {A2}, {A7}, {A3}, {A6},"); Pode inclusive só pular a linha: WriteLine(); A outra técnica que pode evitar ...


7

Use a classe Random. Ela faz uma randomização simples, mas efetiva. Exemplo: List <string> ListaFrases = new List<string>(); var rnd = new Random(); // Randomizador // Cria uma nova lista com as frases embaralhadas. var ListaFrasesRandom = ListaFrases.OrderBy(x => rnd.Next()).ToList(); Ou se quiser apenas exibir a lista embaralhada ao ...


7

Funcionar é diferente de estar certo e isto é uma das coisas mais importantes que precisa aprender em desenvolvimento de software. Neste caso se alguém digitar algo errado quebrará o programa, assim funciona e está certo: using static System.Console; public static class Program { public static void Main(string[] args) { WriteLine("Qual é a sua ...


7

Sempre teve, só que era tão natural que ninguém falava muito disso. Um dos motivos é o aumento na complexidade de gerencialmente dessas ferramentas. E as pessoas tendem ser mais produtivas usando uma entrada de dados simples. Uma GUI, ou WUI pode ser útil para melhorar a descoberta de recursos, mas não é mais produtivo. Por isso que eu sempre digo que é ...


6

Conforme as respostas que encontrei no SOen você pode tentar: FreeConsole: [DllImport("kernel32.dll")] public static extern bool FreeConsole(); Usar ProcessStartUpInfo.CreateNoWindow = true; public static void main(string[] args) { Process p = new Process("MyApp"); ProcessStartUpInfo pinfo = new ProcessStartUpInfo(); p.StartupInfo = pinfo; ...


6

Há a possibilidade de fazer também com Reactive Extensions, assíncrono com base em eventos. Adicione o pacote via nuget Install-Package System.Reactive var observable = Observable .Interval(TimeSpan.FromSeconds(10)) //.Do((x) => { }) // log events ; //primeiro subscriber observable.Subscribe((x) => { Console.WriteLine($"...


6

Você deve estudar stream de io e seus manipuladores. Exemplo: #include <iostream> using namespace std; int main() { auto x = 65; cout << "i make " << x << " program\n"; cout << "i make " << hex << x << " program " << endl; cout << "i make " << (char)x << " program " <...


5

Estou um pouco enferrujado com isto mas acho que ainda é assim: #include <graphics.h> int main() { initgraph(); //faz alguma coisa aqui closegraph(); return 0; } Veja as funções disponíveis para fazer os desenhos. Eu só não me lembro se isto é padrão ou precisa de alguma biblioteca específica. lembrando que isto é para uma aplicação ...


5

Assumo que seu código é específico para windows (windows.h). Em ambientes Windows você pode utilizar a função GetCursorPos para obter a posição do cursor em relação à tela. Para traduzir as coordenadas de maneira a obter posições relativas à janela você pode usar a função ScreenToClient. POINT pt; GetCursorPos(&pt); ScreenToClient(HWND, &pt); // ...


5

A solução é criar uma função que manipule o console para limpar usando a API do Windows. Isto é demonstrado na documentação. #include <windows.h> void cls() { HANDLE hConsole = GetStdHandle(STD_OUTPUT_HANDLE); COORD coordScreen = { 0, 0 }; DWORD cCharsWritten; CONSOLE_SCREEN_BUFFER_INFO csbi; DWORD dwConSize; if (!...


5

Usando timers Gera um evento após um intervalo definido, ao intuito de gerar eventos recorrentes. Use o Timer da seguinte maneira: public class Servidor { public static System.Timers.Timer _timer; public static void Main() { _timer = new System.Timers.Timer(); _timer.AutoReset = false; _timer.Interval = 1000; // Intervalo em milésimos ...


5

Se for um programa totalmente sem interface pode criar um projeto Windows Forms, remover o Form criado (Form1.cs) e alterar Program.cs, para ficar assim: static class Program { static void Main() { } } E finalmente remover todas as referências, e adicionar novamente a medida do necessário. Assim o programa fica bem minimalista e sem UI. Acho ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam