Respostas interessantes marcadas com a tag

34

No seu exemplo, não faz mesmo diferença, por dois motivos: Não existem duas condições que possam ser atendidas ao mesmo tempo. Você sempre retorna quando entra em um dos if, e os seguintes não executam Agora considere o seguinte exemplo: var numero = 100; if(numero <= 100) { console.log("menor ou igual a 100"); } else if(numero < 1000) { ...


25

Semântica As linguagens de programação costumam ter construções diferentes para dar efeitos semânticos diferentes. Raramente você precisa de uma construção diferente se não quer este resultado. Simplicidade Você deve tentar sempre usar o mais simples possível. Eu considero que o mais simples é o if com bloco simples (só um comando), sem condicionais ...


25

O else não tem condição a verificar e é usado no final/depois de uma série de if / elseif, como "caso geral". O elseif, à semelhança do if, usa-se em casos onde é necessário verificar a autenticidade de uma condição. Assim em vez de multiplos if, usa-se n elseif, e no final o caso geral dentro do else. Exemplo, se tiveres muitas condições: if ($a == '...


23

Existe sim, no Python é conhecido como Expressão Condicional. <expressao1> if <condicao> else <expressao2> Primeiro, a condição é avaliada (ao invés de expressao1), se a condição for verdadeira, expressao1 é avaliada e seu valor é retornado; caso contrário, expressao2 é avaliada e seu valor retornado. Com base no teu exemplo, o código ...


20

A solução mais simples, direta e objetiva é return ($a === $b && $a === $c); caso você queira apenas comparar valores, e não os tipos, pode usar assim: return ($a == $b && $a == $c); neste ultimo caso, usando == em vez de === Um comentário: Na pergunta você usou este if: if($a == $b == $c) { return true; } else { return false; } ...


20

Como nenhuma das respostas falou disso, achei melhor incluir outra. Já foi dito, e é verdade, que para fins práticos elseif e else if são equivalentes (exceto na sintaxe com if():/ endif;, que não permite else if separado). Mas por quê? Provavelmente você já sabe que é possível omitir as chaves após um if ou else se depois dele só vier uma linha: if($...


17

Podemos ler na documentação que: elseif, como seu nome sugere, é uma combinação de if e else. Como o else, ele estende um comando if para executar uma instrução diferente no caso da condição do if original vir a ser avaliada como FALSE. No entanto, ao contrário de else, ele executará aquela expressão alternativa somente se a expressão condicional do ...


15

O operador condicional é o ? :, não são dois operadores. Como ele é ternário, ele tem duas partes para separar, como você bem observou: a condição, o valor para verdadeiro e o valor para falso. Ele também é chamado de operador ternário, mas não gosto do termo. Se um dia tiver outro ternário, gera confusão, e este nome não diz o que ele faz, é terminologia ...


13

A sua cadeia de if proposta não é a única maneira de se representar o mesmo código: var idElemento = $(this).attr("id"); var isDataInicial = idElemento.contains("Inicial"); var idEscolhido, opcaoDP, data; if ( isDataInicial ) { idEscolhido = idElemento.replace("Inicial", "Final"); opcaoDP = "minDate"; } else { idEscolhido = idElemento.replace("...


13

As demais respostas já explicam muito bem, mas gostaria de complementar com o seguinte: com frequência existem várias maneiras de se fazer a mesma coisa, sem que exista claramente um "melhor" ou "pior", de modo que cabe a você - pela sua experiência ou pelo seu feeling - decidir qual delas usar caso a caso. Aqui não se pode ter nenhuma instrução após aquela ...


13

O que acontece aí é uma pequena confusão, talvez pelo costume com outras linguagens e pela forma pouco "evidente" desta expressão. Um pouco sobre comparações Em Python, diferentemente da maioria das linguagens que eu conheço, é possível ter expressões no formato a < b < c. Isso é muito comum na matemática e a interpretação desta expressão em Python ...


11

Há um efeito funcional: em uma estrutura condicional, quando um bloco é executado, os demais são ignorados. Ou seja, no primeiro exemplo, há três estruturas condicionais, enquanto no segundo, há uma estrutura condicional divida em três blocos. No primeiro exemplo, as três estruturas são executadas; enquanto no segundo, caso uma seja executada, as demais ...


11

Falta colocar parênteses na condicional aninhada: $html = ($ni > 1) ? ' ('.$ni.' itens)' : (($ni==1) ? ' (1 item)' : ' (nenhum)'); // ^ ^ Sem isso, o PHP prioriza a primeira sequência de ?: que encontra, e o código é entendido assim: $html = (($ni > 1) ? ' ('.$ni.' itens)' : ($...


11

Recomendo usá-lo somente quando a instrução resultante é extremamente curto e representa um aumento significativo na concisão sobre o if/else equivalente sem sacrificar a legibilidade. Bom exemplo: int result = Check() ? 1 : 0; Mau exemplo: int result = FirstCheck() ? 1 : SecondCheck() ? 1 : ThirdCheck() ? 1 : 0; Antes de usar o operador ternário, você ...


11

Robert Cecil Martin, autor do livro Código Limpo, sugere logo no primeiro capítulo a seguinte métrica para a qualidade de um código fonte: a quantidade de vezes que você escuta seus colegas dizerem "WTF" enquanto revisam o seu código (é sério!). Já para o computador, tanto faz. Como você mesmo expôs de certa forma na pergunta, em geral a forma: a ? b : c; ...


11

A segunda não será chamada. Isso chama-se short circuit evaluation (em português). Quando a expressão já obtém um valor final garantindo, não tem porque continuar verificando o resto e a execução encerra. No caso como o operador relacional é um "AND" e os dois operando precisam ser verdadeiros para resultar em true, se o primeiro já for false já se sabe que ...


10

Sim, este comportamento é o esperado do Python justamente pela forma como ele analisará a expressão, mas tal comportamento não tem relação alguma com a ordem de precedência dos operadores. O que ocorre é que no Python existe um açúcar sintático para expressões booleanas quando utilizados dois operadores como no problema citado. A expressão real analisada ...


10

Mude para if ($centraliz == "S") { O operador = é de atribuição, o de == é de comparação. Então está afirmando que centralizada é S e é claro que uma afirmação é sempre verdadeira. Em algumas situações (não nesta) é até necessário usar o === para garantir que os dois operandos sejam do mesmo tipo.


10

Há controvérsias quanto ao assunto foco da pergunta. Algumas pessoas consideram que isto fica menos legível. Alguns estabeleceram uma regra que tudo o que gera efeito colateral (alteração de estado) deve ficar em uma linha separada de forma mais clara, afinal mudança de estado equivocado costuma ser o maior motivo de geração de bugs e onde mais tem que ...


9

Uma maneira é aplicar o operador CASE à selecção da coluna pretendida indicando cada uma das "conversões" a terem lugar: Exemplo de consulta: SELECT CASE gender WHEN 'i' THEN 'undifferentiated' WHEN 'm' THEN 'male' WHEN 'f' THEN 'female' END AS gender FROM `entities` WHERE 1 O que está a ser feito é selecionar a coluna gender de todas as linhas da ...


9

Todo mundo já explicou bem o que é. Vou tentar mostrar de outra forma. if ($valor < 10) { $total += $valor } elseif ($total < 20) { $total += $valor * 1.1; } elseif ($total < 30) { $total += $valor * 1.2; } else { $total += $valor * 1.3; } Veja agora: if ($valor < 10) { $total += $valor } if ($total < 20) { $total +=...


9

Existe uma coisa chamada short-circuit. Os operadores relacionais operam desta forma. Eles vão avaliando até já terem certeza do resultado. Quando os demais operandos não pode mais alterar o resultado não importa os seus valores ele não tenta mais avaliar nada e toma a decisão. Isso é útil porque dá melhor performance e evita possíveis efeitos colaterais ...


9

Em Pyhton o if pode ser usado tanto como um statement, como um operador em contextos diferentes. Como operador dá para fazer assim: print(1 if True else 2) No seu exemplo: x = randint(0,9) print ("par" if x % 2 == 0 else "impar") Veja funcionando no ideone. Ele pega o primeiro valor se a condição for verdadeira, se a condição for falsa ele pega o que ...


9

É possível usar operadores condicionais aninhados, mas é desencorajado por diminuir a legibilidade, ainda que dê para ajudar um pouco: resultado = total > 5 ? 5 : total < 5 ? 1 : total > 0 ? 0;


8

Eu não conferi toda a query mas se é o que você está dizendo acho que isto resolve: SELECT b.idBanca AS idB, b.DataHora AS dataHora, b.Sala AS sala, t.idTrabalho AS idT, p.Nome AS orientador, a.Nome AS aluno, t.Nome AS trabalho FROM Bancas b INNER JOIN Trabalhos t ON t.idTrabalho = b.idTrabalho INNER JOIN Professores p ON t.idProfessor = ...


8

Essencialmente é a mesma coisa. As duas sintaxes são aceitas na maioria dos casos. A documentação mostra uma situação em que não pode mas é algo que raramente um programador PHP usa. Na sintaxe que usa o : e endif como delimitadores do bloco do if não aceita o uso do else if. Isto pode ser visto aqui: if (true) echo "true"; elseif (false) echo "...


8

Segundo o manual online do PHP, só são considerados iguais se usados com chaves após a condição. Se forem usadas com : (sem chaves), então separar else if vai gerar um erro. No site do manual é possível encontrar: No PHP, você pode escrever 'else if' (em duas palavras) que o comportamento será idêntico a 'elseif' (em uma única palavra). Exemplo ...


8

Podes utilizar um operador ternário para fazer a validação da nud_qtPedida. Podes começar por fazer assim: decimal per=nud_qtPedida.Value !=0 ? nud_qtFornecida.Value * 100 / nud_qtPedida.Value:0; txt_percentagem.Text = per.ToString(); Depois podes fazer tudo numa só linha se perceberes: txt_percentagem.Text = (nud_qtPedida.Value !=0 ? nud_qtFornecida....


8

Faltou pegar o valor de cada input e especificar o operador que junta as expressões. Ao fazer document.getElementById('email'); isso pega o elemento inteiro, no seu caso você deve pegar apenas o valor então especifique a propriedade value para cada elemento. Mude; var email = document.getElementById('email'); Para: var email = document.getElementById('...


8

O .preventDefault() deve aplicar-se a um evento e não a um elemento. Passa o evento à função e já podes cancelar o evento: onclick="valida(event)"> // no HTML E no JavaScript function valida() { if (email.value != confirmaEmail.value || senha.value != confirmaSenha.value) { // <-- faltava um "||" aqui cadastrar.preventDefault(); } } /...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam