Use Stack Overflow for Teams no trabalho para encontrar respostas num ambiente privado e seguro. Os primeiros 10 usuários são grátis. Registre-se

Respostas interessantes marcadas com a tag

17

ASCII American Standard Code for Information Interchange. Como o nome já diz é um padrão que atende bem os americanos. Ele vai do número 0 até 127, sendo que os 32 primeiros e o último são considerados de controle, os demais representam "caracateres imprimíveis", ou seja, reconhecidos por humanos. É bem universal. Pode ser representado com apenas 7 bits, ...


10

Conforme o @randrade linkou, fiz uma tradução rápida, removi algumas coisas sobre programação especifica e sobre coisas opinativas, também tentei não deixar ao pé da letra a tradução (meu inglês é +ou- vou revisar). "Unicode" não é uma codificação especifica, ele se refere a qualquer codificação que usa a união de códigos para formar um caractere. UTF-16: ...


9

Se só pode letras minúsculas pode fazer um array com 26 posições e ir guardando nelas de acordo com o que acha. Em *string - 'a' é um cálculo para achar qual é a posição do array. Quase sempre dá para usar a matemática para ajudar simplificar algoritmos. Então pego o conteúdo apontado pelo ponteiro string que é o caractere daquele passo, ele será avaliado ...


7

No php só é possível usar o operador de incremento (++) em letras (o de decremento -- não se aplica) pois ele incrementa o código ASCII do caracter os intervalos válidos são A-Z 65-90, a-z 97-122 Pode gerar o alfabeto dessa forma: $alfabeto = range('A', 'Z'); print_r($alfabeto); $letra = 'B'; echo ++$letra; //imprime C


7

Strings em Python, como em várias outras linguagens, não são mutáveis: isso é, para qualquer modificação, voce deve criar uma nova string (em geral é ok associar a nova string a mesma variável). Agora, a sintaxe de "fatias" (slices) do Python é extremamente conveniente para recortar, e colar strings - é só ter em mente que, como se fosse uma regua, o ...


5

Você pode converter o caractere para ASCII, incrementar +1 e voltar a convertê-lo para caractere: echo ord("B"); //retorna 66 echo chr(ord("B")+1); //retorna "C"


4

Alterações: palavraGerada[i] substituida por palavraLida.toCharArray()[i] for (int j = 0; j < palavraLida.length(); j++) substituido por for (int j = 0; j < alphabet.length; j++) Solução: public static void main(String args[]) { char[] alphabet = "abcdefghijklmnopqrstuvwxyz".toCharArray(); Scanner scanner = new Scanner(System.in);...


4

Você pode utilizar o SUBSTRING para fazer a consulta retornar apenas os 25 primeiros caracteres: SELECT SUBSTRING(col_texto, 1, 25) FROM textos;


4

Isso ocorre porque o ord() não suporta UTF-8, você tem duas soluções para igualar os valores. Uma melhor explicação do que ocorre pode seguir a ideia: $hex = unpack('H*', 'á')['1']; // = "\xC3\xA1" echo hexdec($hex['0'] . $hex['1']); // = 195 Logo, o primeiro byte (\xC3) é o 195 e ele é resultado do ord(). Isso porque o PHP usa o valor de á de UTF-8, que ...


4

Você poderá utilizar o comando iconv. Esta função irá converter os caracteres de uma codificação para outra. O comando é simples. Conteúdo de um arquivo: iconv -f UTF8 -t ASCII//TRANSLIT < input.txt > output.txt Conteúdo de uma variável: $psr_new_value = $(echo $psr_variable | iconv -f UTF8 -t ASCII//TRANSLIT) Explicação do Comando: iconv -f ...


4

Você pode usar o replace pra substituir os caracteres indesejados na sua string por uma string vazia: '#[Header]'.replace('#', '') # '[Header]' Pra fazer isso em todas as strings da lista, basta usar uma compreensão de lista pra aplicar o replace em todos os elementos: minha_lista = ['#[Header]', '#Application Name\tLCsolution', '#Version\t1.24'] ...


3

O seu problema é quase igual ao que foi delineado nesta outra pergunta. A única diferença é que o seu é em C, não em Java. A abordagem da solução é a mesma. Você está lendo linhas contendo números. Isso é diferente de simplesmente ler números. Embora sejam coisas parecidas, há alguma diferença exatamente por causa das quebras-de-linha. Logo, para ler uma ...


3

Você deve utilizar vários replaces: REPLACE(REPLACE(REPLACE(E.[CNPJ/CPF],'.', ''),'-', ''),'/', '')


3

Está mostrando o valor numérico e não o caractere porque é isso que mandou fazer. O %d manda pegar um valor e imprimir como um número decimal. Se usar %c está mandando imprimir o mesmo valor como um caractere. O printf() é uma forma de apresentação, você diz como quer que os valores sejam apresentados. Tem que escolher o formato adequado para sua necessidade....


3

O que você quer pode ser facilmente alcançado utilizando apenas a função cat. Por exemplo: cat(cod, file = "jean.txt", fill = 80) Vai criar o arquivo jean.txt com o seguinte conteúdo: 82024 82042 82067 82098 82106 82113 82141 82145 82178 82181 82184 82188 82191 82198 82212 82240 82246 82263 82280 82287 82294 82296 82298 82317 82326 82331 82336 82353 ...


2

O seu arquivo tem caracteres pelo seguinte motivo. Como sua struct é composta por 4 campos char e um campo int, o normal é que os dados possam ser lidos. O método fwrite escreve diretamente os valores de sua struct dentro de arquivo, sem fazer conversão de valores como o printf. Os valores usados são os da tabela ascii. Supondo que você tenha a seguinte ...


2

Uma string é nada mais que uma cadeia de caracteres, no C, isso significa um array de 'chars' basicamente e no final é acrescentado o caractere '\0'. Note que ele escaneia a entrada e coloca em um array de chars de 50 posições, onde as primeiras serão preenchidas com a palavras escrita + \0 para indicar o final da string e o resto das posições são ...


2

Por que dentro do printf(), o seu segundo %d está errado. %d é só para imprimir numeros. %c é para imprimir caracteres; e %s é para imprimir cadeia de caracteres(strings). Então o correto seria: (não compilei) printf("The letter %d is %c\n", i, str[i]); Você estava imprimindo a tabela ASCII relativa daqueles caracteres.


2

Duma maneira não ortodoxa e XGH: $letra = 'C'; $alfabeto = range('A', 'Z'); $proxima = $alfabeto[array_search($letra, $alfabeto) +1]; var_dump($proxima); // string(1) "D"


2

A seguinte consulta irá trazer toda a linha que contém qualquer caracter especial. Select * from tabela Where Coluna LIKE '%[^A-Za-z0-9, ]%' Você também pode tentar um where com todos os caracteres, é mais trabalhoso e claro, você precisa conhecer todos os caracteres: Coluna LIKE '[!@#$%]'


1

Achei a solução, depois de muito tempo! Adicionei o mysqli_set_charset utf8 junto à conexão com o banco! <?php $conn=mysqli_connect("host","user","pass","db"); mysqli_set_charset($conn,"utf8"); ?> Deixando aqui a solução para caso futuramente alguém tenha o mesmo problema!


1

int number; char nl = 0; while ( scanf("%d%c", &number, &nl) != EOF) { printf("%d \n", number);//debug if (nl == '\n') break; } É um exemplo que penso que vá resultar, coloquei um print para dar um "debug" e ver o que acontecia, testei aqui e funcionou, me dê algum feedback. Coloquei dessa maneira porque esse trecho de codigo ...


1

A sua solução ficou perto de funcionar. Apenas lhe falta considerar ocorrências com mais do que 1 e desconsiderar letras que já foram processadas. Existem muitas possibilidades para resolver as letras já processadas, e uma delas seria guardar numa String aparte quais a que já sairam e não considerar essas. Mantendo a sua lógica original e fazendo estes ...


1

É mais simples, nesse caso, transformar a String em um array de caracteres. E, também, remover os caracteres da String que já foram verificados para que eles não sejam contabilizados múltiplas vezes. String text = "Par programming is fun!"; text = text.toLowerCase(); for(char c1 : text.toCharArray()) { int count = 0; for(char c2 : text.toCharArray())...


1

Para isso é só procurar os caracteres unicode que voce dejesa "printar" e utilizar o comando: print(u'\u2551') ║ Exemplo: box = [u'\u2550',u'\u2551',u'\u2552',u'\u2553',u'\u2554',u'\u2555',u'\u2556', u'\u2557',u'\u2558',u'\u2559',u'\u225A'] print(box) ['═', '║', '╒', '╓', '╔', '╕', '╖', '╗', '╘', '╙', '≚'] Voce pode ver a tabela completa dos caracteres ...


1

Ve se é isso q vc queria. #include <stdio.h> int IsNumber( char input[] ) { register int i; int flagVirgula = 0; for(i = 0; input[i]; i++) { if( !i && !(input[i] - '-') )//Numero negativo continue; if( (!(input[i] - ',') || !(input[i] - '.')) && !flagVirgula )//só pode posuir uma virgula ...


1

Que tal assim? $a = '79811/out.php=www.youtube.com=?video1'; $b = 'www'; echo substr( $a, strpos($a, $b);


1

Seu site não tem a meta tag indicando o charset. Tente incluir isso: <meta charset="utf-8"> dentro da tag <head> e veja se resolve.


1

O conteúdo dos objectos de tipo struct registro é basicamente só texto. Não admira que o conteúdo do ficheiro sejam caracteres. Verifica a parte do ano_lancamento no ficheiro "Jogos.dat". Como gostarias que o registo seguinte fosse apresentado "em binário"? strcpy(reg[0].nome_jogo, "jogo um"); reg[0].ano_lancamento = 2014; strcpy(reg[0].genero, "sorte"); ...


1

Você observou se o arquivo está em utf-8? Criei um arquivo aqui com seu texto e sem precisar incluir a biblioteca locale.h funcionou perfeitamente. Segue abaixo o meu teste. #include<stdio.h> int main(){ FILE *fp; char string[300]; fp = fopen("file.txt","r"); while(1){ fgets(string,300,fp); if(feof(fp)) break; ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam