Novas respostas marcadas com a tag

6

Widening É pegar um valor e tratá-lo como algo mais amplo, ou seja, você pega um valor que tem uma magnitude menor e coloca em um tipo que permite uma magnitude maior, portanto nunca haverá perda de dados. Algumas pessoas acham que há sempre uma conversão nesses casos, mas isto não é verdade, existe em alguns casos, mas não em todos. O mais importante é que ...


5

Acessar window.a e a quando ambos não estão definidos geram resultados distintos porque são avaliados a partir de algoritmos distintos. window.a é avaliado buscando o valor da referência a na referência window; a é avaliado buscando o valor da referência de a; Referência Primeiro, precisamos entender como o JavaScript referencia cada objeto, que se dá ...


4

JavaScript é uma linguagem cheia de esquisitices porque foi definida de forma muito rápida. A principal decisão ruim foi ter tipagem fraca, e pior, adotaram critérios bem ruins para transformar um tipo em outro implicitamente. Pode-se argumentar que isso facilita para o programador novato, mas é um tiro no pé de marketing porque depois as pessoas terão que ...


8

Sabemos que quando tentamos ler uma variável que não está disponível no escopo atual o erro (ReferenceError) é lançado. Para saber mais, leia este documento. Também sabemos que quando uma variável é declarada no "escopo global" utilizando var, ela se torna também disponível no objeto window (ou global, se estiver utilizando Node.js). Desse modo, uma ...


5

O que acontecerá nesse caso? É PHP, né? Então já viu, tudo pode acontecer :D Mas se tudo correr bem e eles tomaram decisões corretas (ok, devem ter tomado porque colocaram este caso como exemplo), se o conteúdo de $this->request->data['comments']['user_id'] for nulo ou indefinido então essa variável (ela completa) passará ter como valor o texto value. ...


2

Ambos comandos são utilizados para criar módulos, e permitir que ao importar em outro arquivo, possa ser utilizado tudo que há naquele módulo. A principal diferença é, como o próprio nome sugere (default), o export default é o mebro (class, variável, const, etc) se expõe por padrão naquele módulo e, portanto, só pode haver um membro padrão sendo exportado ...


6

Bons nomes tornam alguns comentários desnecessários Quando o autor diz para não comentar o código, ele se refere a priorizar um código legível que não precisa de explicações redundantes através da adição de comentários. Nenhuma regra deve ser seguida cegamente, pois tudo depende de um contexto. Os comentários têm o seu uso, o problema é quando eles são ...


8

Não tem motivo definitivo para não usar comentários. Existem recomendações. Você tem que se perguntar se realmente é útil coloca-los ou se apenas está adicionando ruído no código que irão gerar mais distração do que orientação. Comentários estão disponíveis em todas as linguagens e são úteis sim, mas como tudo, eles também devem ser usados com parcimônia. ...


6

Uma forma que eu aprendi onde eu trabalho é deixar bem claro o nome das variáveis pro que eu quero fazer. Isso já evita muitos comentários desnecessários. Vou dar um exemplo: foreach (var perfilDoUsuario in listaDePerfisDoUsuario) { if (perfilDoUsuario.Value.ToUpper().Contains((ListaDePerfisDoRelatorio.Gerente)....


4

Não fazemos discussões aqui, damos respostas objetivas ou subjetivas fundamentadas pelo menos na experiência da pessoa. Sou um "estudioso" de linguagens de programação e por muito tempo fui adorador de sintaxes. O tempo me fez ver que só importa de verdade a semântica. A sintaxe tem a função de deixar o trabalho do programador agradável, uma boa sintaxe é ...


22

O Uncle Bob tem um jeito de fazer e pode não ser o mais adequado para todos, ele tem contexto dele, você tem o seu e eu tenho o meu. Você deve achar o que é mais adequado para você e para seu time. Os livros dele e de muita gente são bons para te fazer pensar, não para dar receitas de bolo de como se codifica ou desenvolve software. O livro dele é cheio de ...


3

Não é só o CTE, é todo o SQL. SQL é uma linguagem (não de programação como alguns acham) declarativa, ou seja, você diz o que quer e é problema do engine que está por trás dela resolver isso da melhor forma que ele puder. Então meio que ele interpreta o que seu código deseja e manda o computador executar, ao contrário da maioria das linguagens de programação ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas