Novas respostas marcadas com a tag

3

O typedef é uma das coisas do C que não se usa muito em C++, mas depende da situação. A definição de uma struct já é typedefed (toda definição de estrutura composta já é um tipo definido no código) pelo C++ automaticamente, então não tem porque usar nessa situação, ainda que seja aceito por compatibilidade. O mesmo vale para construções novas da linguagem ...


0

Você tem um estouro de indices nas estremidades da sua matriz. Na linha [8,0], a condicao matriz[i][j-1] procura por uma posicao que nao existe no caso j-1, onde j = -1, isso ocorre em todas as linhas da coluna 0. Tambem ocorre esse estouro na extremidade da direita na coluna 9, onde o calculo j + 1, resulta em j = 10 e esse indice nao existe na matriz. ...


0

Você poderia usar vetor(array): Produto produtos[100]; Assim vc acessaria por produtos[0], produtos[1], etc... Ou, já que vc está usando ponteiros, você poderia criar uma lista encadeada: struct produto { char nome; int quantidade; double preco; struct produto *prox; }; typedef struct produto Produto; E acessaria o próximo produto da lista ...


0

posicao++ é um pós-incremento logo, em posicao=posicao++, posicao está recebendo ele mesmo e só depois sendo incrementado. Se fosse um pré-incremento (posicao=++posicao), posicao seria incrementada. Se a intenção for apenas incrementar em 1, basta usar posicao++ ou ++posicao, dispensando a atribuição.


2

A primeira dúvida é que gera comportamento indefinido, o compilador pode fazer o que quiser com aquela atribuição em cima de algo que já é uma atribuição (no caso ela está atribuindo antes de fazer o incremento). Oi faz a atribuição "manual" ou deixa a "automática" do incremento acontecer, não faça as duas. Só é estranho fazer certo em um ...


1

Além do código desorganizado precisa dizer que quer uma letra e não um número porque segundo a documentação é isso que a função tolower() resulta por padrão. #include <iostream> #include <string> using namespace std; int main() { string nome = "Pedro"; int tam = nome.size(); for (int i = 0 ; i < tam ; i++) cout << ...


4

C e C++ são linguagens que optaram por serem de um passo, ou seja, elas vão analisando o que encontram na ordem e vão avaliando o que fazer com aquilo na ordem que que veio. Linguagens modernas tendem a evitar essa limitação, ainda que a performance de compilação sofra um pouco. No passado esse ganho era muito importante hoje não é mais. Mas é possível que ...


3

Na verdade isso é mais uma característica da linguagem. Em C++ (assim como em C), você deve ter a função declarada antes de utilizá-la. Note, no seu primeiro exemplo, que a função add_number foi declarada (e implementada) antes de ser chamada. Portanto, não há erros. Já no segundo exemplo, a função add_number, ao ser invocada em main, ainda não havia sido ...


2

Em C só é possível usar um membro que já foi declarado, seria um erro similar a fazer isso: x = 10; int x; Por isso, o compilador ao encontrar um membro (variável, function, structure, etc) valida se já foi declarado, então se for usado no main, deve ser declarado antes. De qualquer forma, assim como as variáveis, é possível declarar as funções, e ...


1

Suas funções estão sim sendo lidas e estão funcionando, apenas a chamada da sua função definelivro, na function main, que não está correta para o que você definiu no seu programa Você definiu no inicio da sua struct? char titulo; char autor; se você chamar sua função enviar um char onde você declarou seu programa funciona perfeitamente: livro1 = ...


-1

Oi. Então, quando nós falamos em thread é geral. Eu tinha um problema de thread diferente desse, mas em todo thread exceção do main(), a principal, deve ter um fim. Quando eu usava thread meu programa parava de funcionar então eu usei: thread tr(nomedafuncao); //inicio ... tr.detach(); //faz uma parada. E meu programa funcionou normalmente Tente usar esse ...


0

void comeco(void); void entrar(void); void cad_admin(void); void menu(void); static char inicio, l[15], login[15], senha[7], s[7]; static int i, cont = 0; static string linha; fstream usu, usu_geral; int main() { comeco(); return 0; } Recomendo muito evitar esse tipo de construção. uma ...


0

#include #include #include #include #include #include <conio.h> #include using namespace std; void comeco(void); void entrar(void); void cad_admin(void); void menu(void); static char inicio, l[15], login[15], senha[7], s[7]; static int i, cont=0; static string linha; fstream usu, usu_geral; int main() { comeco(); return 0; } void comeco(void) { ...


1

struct Inimigo { std::string nome; int vida; }; struct Bloco { int bloqueado_ou_nao; }; struct Mapa { int A; int L; Bloco matriz; }; struct Fase { std::string nome; Mapa mapa_fase; int N; Inimigo vetor; }; Essas estruturas que está usando são apenas tipos primitivos: um Inimigo tem um valor de vida. um singelo int. ...


4

Eu começaria lendo a documentação que é considerada quase como oficial por todos. Sem dominar a documentação não considere que entende o mecanismo, especialmente em C++ isso é fundamental, esta é uma linguagem que funcionar e estar certo costuma ter uma distância muito grande. Dando uma lida lá acho que dá para perceber que uma resposta aqui ficaria longa e ...


3

Primeiramente malloc é uma função introduzida na linguagem C, ela serve para a alocação dinâmica de memória na região conhecida como memory heap, uma região continua de espaços na memória principal que o sistema operacional disponibiliza para o seu programa utilizar. Diferente da alocação estática e da alocação automática, em que o gerenciamento da memória ...


0

Podemos criar a struct e chamar a função criptografa(). Para inverter uma string temos o método _strrev(). #include<stdio.h> #include<stdlib.h> #include<conio.h> #include<string.h> #define MAX_LINHAS 32 #define MAX_CARACTERES 128 typedef struct dados { char frase[MAX_LINHAS][MAX_CARACTERES]; } dados; void criptografa(dados* ...


0

Você tem de definir se quer a) chamar código C++ a partir do Python e/ou b) chamar código Python a partir de C++. No caso (a) você deve pesquisar sobre como estender o Python e desenvolver módulos Python em C/C++. O começo é a documentação da linguagem, até para entender os desafios envolvidos: https://docs.python.org/3/extending/extending.html Há outras ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas