Respostas interessantes marcadas com a tag

13

Ele é um espaço de nomes para os identificadores. Você pode criar os seus, qualquer biblioteca pode ter um ou mais espaços de nomes, que não deixa de ser um identificador que dá um sobrenome para outros nomes. Pode ver mais em O que é o using namespace?. No caso do std ele é o espaço de nomes padrão da linguagem, então tudo o que é padrão do C++ é ...


8

É como se o mesmo endereço de memória tivesse 2 valores... Como isso é possível? A resposta curta é: Isso não é possível. Acontece que quando você mandou imprimir o valor da variável a seu programa não leu novamente na memória qual valor guardado lá, ele retornou o valor direto. Esse resultado é devido a uma otimização que o compilador fez. Quando você usa ...


7

Porque os criadores da linguagem acharam que esse operador seria interessante para indicar "um pedaço de um stream". Era o que visualmente dava alguma indicação de ser um stream, estava disponível para esse tipo de objeto e pareceu uma boa ideia. Note que só o cout e cin (na verdade esses tipos são uma capa em cima dos tipos reais que manipulam o ...


6

std::endl; força um flush na saída. cout não é a única saída possível para streams e em muitos casos pode ser importante garantir o flush() na mesma hora para ter certeza de que os dados foram gravados ou transmitidos antes de continuar. Pode ser um painel de LED por exemplo e um endl; vai provavelmente instruir o driver para mostrar a mensagem na mesma ...


6

O #if é um condicional que ocorre em uma fase anterior à da compilação, é como se fosse outra linguagem, o pré-processdor entender esses comandos e gera um texto diferente de acordo com o fonte fazendo alguns processamentos e tomando algumas decisões. Ou seja, a decisão é tomada pelo compilador, aquele #if está instruindo o compilador o que ele deve fazer. A ...


6

O parâmetro argv é um array de arrays de chars. Quando você usa argv[1], o que você está acessando na verdade é um ponteiro para o inicio do array de chars que representa o segundo argumento passado para o programa. Na linha argv[1] == 'b', como argv[1] e 'b' são de tipos diferentes o compilador faz um cast implícito das variáveis. Nesse caso o que é ...


6

Isto chama-se Uniform Initialization Syntax ou Sintaxe de Inicialização Uniforme que é a forma preferida para inicializar variáveis em C++ desde a versão 11. É verdade que a inicialização de tipos simples primitivos assim não muda muito e todo mundo está acostumado usar o operador de atribuição, o que faz mais sentido, então fica até estranho mesmo a forma ...


5

Depende do que está fazendo, não é tão simples responder isso, apenas olhando cada caso poderia tomar uma decisão, e tudo depois de medir, porque nem sempre é intuitivo. Ao contrário do que muita gente pensa, o processamento básico é barato, o acesso à memória é caro, muito caro, chega ser ordens de magnitude. Quanto mais evitar o acesso à memória mais ...


5

Sim, realloc é exclusivo de C. Não existem uma função igual pq o estilo de programação é diferente em C++. É possível utilizar realloc/malloc/free em C++, mas não é nem um pouco recomendável. Para programas simples pode até funcionar, mas com técnicas mais complicadas (polimorfismo, templates, metaprogramming, etc.) é quase garantido que vai dar algum tipo ...


3

Há algo que eu possa fazer para que ao invocar o método "imprimir", seja invocado o método declarado na classe filha? Pai obj = Filha{}; Sim, mas é complicado. Quando vc cria um objeto Filho e guarda ele em uma variável Pai, toda informação inerente de Filho é perdida. Às vezes, quando isso é desejável, pode-se usar classes abstratas ou funções ...


3

Como indiquei em comentário o problema indicado: double free or corruption (out) Significa que ou fez um free em duplicado, que está errado, ou houve corrupção no heap. Em ambos os casos pode correr uma ferramenta como o valgrind que analisa a memória e regra geral lhe descobre o erro facilmente. Observe o resultado do valgrind no seu programa: ==16144=...


3

Por vezes escrevemos códigos polimórficos. Um dos polimorfismos mais usados é a virtualização onde o ponteiro decidirá em tempo de execução o que fazer de forma especializada, mas o código escrito é genérico, você diz que precisa fazer uma operação que um objeto base é capaz, mas objetos derivados dele também sabem fazer e podem fazer de um jeito mais ...


3

O label é só um nome para identificar uma linha onde começa um trecho de código. A ideia dele vem do uso do goto, o comando que faz um desvio do fluxo de execução de forma direta. Esse comando sempre vem seguido de um nome de label existente naquela função. Então você coloca um nome em algum lugar só para marcar que ali é o local do código onde começa um ...


3

Trata-se de um operador de pré-processamento conhecido formalmente como "Stringification Operator" ou "Operador de Stringficação". É usado no corpo de uma macro com o propósito de informar ao pré-processador que o parametro da macro deve ser convertido em uma string. Basicamente, o pré-processador colocará o parâmetro da macro entre aspas duplas após ser ...


3

Como você mesmo reparou, esse problema pode ser reduzido de cobertura de área para cobertura de segmentos. A título de nivelar quem chegar nesta questão, vou explicar essa transformação. E a área, por incrível que pareça, não é relevante para a questão por um detalhe simples: o enunciado garantiu que todos os borrifadores estarão exatamente no centro. Assim, ...


3

O cálculo que está fazendo só serve para um array com tamanho definido em tempo de compilação. Apesar de estar usando um constante na alocação dinâmica ela é potencialmente desconhecida e não funciona. O operador sizeof só consegue obter uma informação que o compilador pode provar que seja constante, e é complicado para ele provar isso, até porque nesse caso ...


3

Primeiro leia Qual a diferença entre parâmetro e argumento?. É um pouco complicado explicar isso sem escrever um livro falando de sistema operacional e como uma um executável funciona e gerenciamento de memória. E não precisa ser passado exatamente por um terminal. Os argumentos são passados pelo sistema operacional, é problema dele pegar aqueles ...


3

Como imprimir uma classe em c++ é algo bem genérico. Vou te mostrar um exemplo comum, e também mostrar porque não funciona o que tentou escrever, muito embora já esteja bem claro na resposta de @Maniero Sua implementação de imprimir() void Equipe::imprimir() { cout << nome << endl; cout << numeroDeMembros << endl; } imprimir(...


3

Você pode usar vetores. Para declara-los, é simples, basta digitar a variável e logo em seguida entre chaves [] a quantidade de posições que vai receber a variável float n[4], aqui eu declarei uma array do tipo float de 4 posições (lembrando que C++ os valores de um vetor iniciam com 0). Um exemplo prático de como ficaria o seu código: int i = 0; float n[4]; ...


3

As funções constexpr permitem retornar apenas uma constante e correm to tempo da compilação. Quando declaramos uma variável const a função é avaliada diretamente para o mesmo tipo e melhora a legibilidade.


3

Na string da expressão regular, o caractér \d é reconhecido pelo compilador de forma incorreta como um escape sequence (sequência de escape). Em várias linguagens, a barra invertida \ seguida de um símbolo, é utilizada para representar caractéres que não podem ser impressos ou que possuem significados especiais. Exemplo: \n representa a ação "Nova Linha&...


3

Para entender melhor como resolver o problema, recomendo ler mais sobre recursividade. A definição de recursividade pode ser entendida como uma sub-rotina (método ou função) que pode chamar a ela mesma. Para o problema apresentado, uma possível solução utilizando recursividade seria: int somanm(int n, int m) { // Inicialmente, inserimos n + 1 int ...


3

Você não está conseguindo receber um post externo porque não está fazendo o bind com o ip da máquina, http://0.0.0.0:5000. A configuração deve ser feita na instância local do flask para setar um valor inicial para o parâmetro host da função run, por default quando este valor não é configurado é utilizado o valor '127.0.0.1'. app.py # python version 3.8.2 ...


3

Como faço para retornar o valor de x.value usando o "apontador" pptrx? Acho que já tem uma boa explicação acima. Mas vou repetir a seguir. Enquanto fazia alguns testes com ponteiros deparei-me com a seguinte questão: como funciona um ponteiro para ponteiro tratando-se de classes Sobre o título em si é importante entender que o fato de serem ...


2

Você está realizando operações com valores que deveriam vir do teclado, mas ainda não foram lidos. Quando você declara uma variável e a usa sem inicializá-la, o valor que tem nela é desconhecido (conhecido como "lixo de memória"), por essa razão, estava sendo exibidos números grandes. Portanto, para resolver o problema, você deve primeiro ler os valores e, ...


2

Existe algo mais simples do que isso: #include <bits/stdc++.h> using namespace std; vector <string> split(string text, char separator = ' '){ string str; stringstream ss(text); vector <string> result; while(getline(str, ss, separator)){ result.pushback(str); } return result; } Eu sei que não quer ver isso, ...


2

O método find procura a posição do caractere sep começando a partir do índice start, se ele achar ele retorna a posição do caractere para end, senão retorna npos para end. Por isso que a condição do while é que ele continue iterando enquanto end seja diferente de npos. O método substr copia uma determinada quantidade de caracteres de uma string começando por ...


2

Ele é uma espécie de toString() da macro. Ele pega aquele conteúdo e o transforma em uma string, portanto ele coloca aspas ali naquela expressão. Então vamos dizer que você chama a função (macro) da pergunta assim: assert(x == 0); Depois de pré processador o código ficará mais ou menos assim: (void)((!!(x == 0)) || (_assert("x == 0", __FILE__, __LINE__), ...


2

Não é exclusivo do C, existe em C++ também, mas quase nunca deve ser usado. Pode existir alguns casos quando está criando uma estrutura e precisa lidar com gerenciamento de memória em nível mais baixo. Em C++ só se usar new e delete, e mesmo assim se algo já existente na biblioteca não resolve bem para você. Então se não deve usar malloc() e free() em C++, ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam