Respostas interessantes marcadas com a tag

46

Trunk É o principal tronco de desenvolvimento, seguindo desde o início do projeto até o presente. É nele que o projeto deve se basear sempre. Normalmente é gerido por um desenvolvedor e recebe merges após aprovação de alguém que é responsável pelo projeto. Não faz sentido existir mais do que um trunk. Branch É um galho da árvore de desenvolvimento. É uma ...


7

Por si só, branches não são ferramentas de versionamento. Voltarei a isso mais tarde. Dentro de um processo de desenvolvimento, você pode usar branches de modo a isolar desenvolvimento. Isso permite que você altere uma base de código sem afetar necessariamente toda a parte estável do código. Eu particularmente uso o fluxo de trabalho gitflow. Além do ...


6

Termine o que tiver para terminar e faça o commit normalmente. Depois, certifique-se de que está na master utilizando git checkout master e use git log para visualizar todos os commits que você fez. Verifique quais são os que deseja mudar, e os identifique pelo começo de seu hash, por exemplo: commit 53d51100b6bbcd7c27ae19d8ba5765f76afb9184 (HEAD -> ...


6

Trunk Pasta principal, como numa árvore o tronco, nele fica o projeto que está estável e que servirá de base para novas Branchs. Geralmente contém os arquivos mais atuais do projeto, bem como as correções de bugs e os últimos recursos adicionados ao projeto. Branch Um ramo digamos do projeto, uma divisão do projeto se baseando na principal porém que ...


5

O mais comum é: Crie outro branch a partir do MASTER atualizado; Faça o git merge com o teu branch que quer continuar; Assim, você vê se há algum conflito, verifica o código com as mudanças e tem um branch atualizado.


5

Caso queira deixar salvo as alterações efetuadas, você pode fazer um git stash e verá algo como: $ git stash Saved working directory and index state \ "WIP on master: 049d078 added the index file" HEAD is now at 049d078 added the index file (To restore them type "git stash apply") , dessa forma será feito adicionado no stack e você pode efetuar o git ...


4

O comando abaixo deleta todas branches deletadas ou que nunca existiram no remoto: git fetch -p && for branch in `git branch -vv | grep ': gone]' | awk '{print $1}'`; do git branch -D $branch; done


3

Existe sim. Utilize o comando Merge de produção para os branches. Esse artigo dá uma ajuda de como organizar seus branches. http://nvie.com/posts/a-successful-git-branching-model/


2

Você pode usar a extensão ConvertExtension para exportar apenas aquele arquivo a partir do primeiro repositório em um novo repositório temporário, em seguida, usar hg pull -f para importar o novo repositório para o repositório de destino. Crie um arquivo filemap para o ConvertExtension touch myfilemap Adicione a linha em seu conteúdo: include caminho/...


2

Esse é um dos motivos pela qual o SVN foi sendo abandonado em detrimento do uso do GIT. Como o SVN é um repositório CENTRAL e todos usam apenas referencias locais controlar alterações em equipe vai se tornando complexo. Na sua pergunta, até o ponto de gerar um branch 12 a partir da TAG 11 está tudo OK. As minhas experiências com o SVN para casos ...


2

Eu faria um repositório central aonde clonaria o esqueleto da aplicação e cada módulo seria criado separadamente da aplicação para ser instalado através de gerenciadores de pacote, assim iria facilitar o update de cada módulo e já instalar tudo quando eu clonar o repositório central (o esqueleto). Um repositório para cada projeto em vez de branches também ...


2

Dois repositórios, o Velho e o Novo. São totalmente diferentes. Precisamos adicionar o conteúdo do repositório velho para o repositório novo. Mas cada um tem o seu ramo default. O que podemos fazer para ajudar o Mercurial? A solução parece simples: Crie um ramo novo, no velho respositório (um que não existe no novo repositório), sincronize com o novo ...


2

Primeiro, salva sua branch (em caso de qualquer problema) durante o seguinte: git branch <branch_save> <branch> Tenta trocar de rais da branch: git rebase master <branch> # OU # Se você quiser trocar ordem dos commits ou apagar alguns: git rebase -i master <branch> O rais da branch sera master. Se tem conflitos, resolva-os e ...


2

Estando na branch b1: git checkout b1 Você pode usar o seguinte comando para pegar a versão mais nova do arquivo da branch b2: git checkout b2 arquivo_mais_evoluido_1.txt Se forem vários arquivos, você pode usar o mesmo comando acima para pegar todos os arquivos dentro de um diretório. Exemplo: git checkout b2 diretorio/arquivos/mais/novos/


2

Consegui! Basta efetuar um merge do master para o branch, e existe a opção de enviar somente as alterações. :D


2

Além da opção Doougui, você pode usar comando no terminal: git checkout -b MinhaNovaBrach Depois, quando quiser subir a branch, faça os commits: git commit -m 'Comentário do commit da minha nova branch' Depois, subindo de fato: git push --set-upstream origin MinhaNovaBrach Recomendo ler esse guia: https://rogerdudler.github.io/git-guide/index.pt_BR....


2

Abra o seu repositório no GitHub logado em sua conta e clique na opção "branch" como mostrado na imagem abaixo. Após isso é só digitar o nome da branch no campo e o mesmo vai ser criado automaticamente.


2

No Windows Power Shell, conforme resposta: git checkout master; git remote update origin --prune; git branch -vv | Select-String -Pattern ": gone]" | % { $_.toString().Trim().Split(" ")[0]} | % {git branch -d $_}


1

As BRANCH's do GIT te ajudam a organizar melhor o versionamento, veja bem: 1º: Quando uma pessoa der um COMMIT e um PUSH, ela pode enviar para a BRANCH que ela está utilizando, dessa forma, se caso ela o código que ela fez quebrar alguma coisa, não vai parar o código de todo mundo que está usando a MASTER e também não serão todos que vão precisar pegar a ...


1

Você pode criar um Branch principal(era para ser o Master, mas tudo bem), da um merge pedindo para especificar os conflitos. git merge --no-ff nome-branch E depois você pode fazer isso aqui: git branch -D 3.2 3.2.1 3.2.2 Basicamente, git branch irá deletar múltiplos branch para você com uma única invocação. Infelizmente não faz a conclusão do nome da ...


1

O erro indica que você tem ainda um conflito do último merge que precisa ser resolvido. Para visualizar qual é a situação do seu repositório atual, use o comando: git status Este comando provavelmente irá mostrar o arquivo em conflito course-git-blog-project. Abra o arquivo, encontre o ponto de conflito, faça a edição do arquivo para ficar da forma que ...


1

Quando você deu clone em um projeto e está trocando de branch, você pode só utilizar git checkout <branch> sem precisar do -t, porque o git vai automaticamente buscar as referências e gerenciar o tracking. Se isso continuar acontecendo, veja se seus remotes estão corretos com o git remote -v e tente utilizar o git fetch <seuRemote> e git remote ...


1

Não uso Tortoise, mas uso GIT e VSTS e já passei por algo parecido. Eu resolvi criando uma nova Branch do projeto em um caminho diferente, e essa nova Branch passou a ser a principal. Assim passamos a trabalhar com o novo caminho. Depois de todos os commit's feitos, excluímos a pasta original/antiga nas máquinas dos desenvolvedores, pois os versionamentos ...


1

Como você tem as 3 demandas que foram feitas apartir da TAG12, então temos que elas estão separada cada uma em 1 novo branch, como ja foram feitas o Merge para o Trunk provavel que o TortoiseSVN não deixe fazer por conta de ser um Merge, pelo menos o TortoiseHG não deixa. Você tem 2 opções: Com os commits da 2 demandas que não foram aprovadas, reverter ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam