Respostas interessantes marcadas com a tag

18

Existe uma solução muito segura e nativa do PHP que é a API de senha (password API). Ela está disposta desde a versão 5.5 nativamente, mas pode ser utilizada a partir da versão 5.3 com uma lib disponível no Github, chamada Password Compat. As vantagens de se utilizar tal API é que ela é simples e extremamente segura. Veja o exemplo da saída para teste com ...


17

Base64 é um método para codificação de dados para transferência na Internet (codificação MIME para transferência de conteúdo) . É utilizado frequentemente para transmitir dados binários por meios de transmissão que lidam apenas com texto, como por exemplo para enviar arquivos anexos por email. É constituído por 64 caracteres ([A-Za-z0-9], "/" e "+") que ...


11

O conjunto de caracteres US-ASCII possui 95 caracteres "imprimíveis", além de outros 33 caracteres de controle (0 a 31 e 127, ou 00-1F e 7F em hexadecimal), originalmente usados para controlar dispositivos tal como impressoras, etc. Sendo a codificação mais "universal" existente (praticamente todas as outras, incluindo Unicode ou os "code pages" do Windows, ...


11

A resposta moderna é sim, com a função nativa btoa(), disponível nos browsers modernos. btoa quer dizer base para asci, e existe o oposto que é atob. Nesse caso seria: btoa('stack overlow'); // "c3RhY2sgb3Zlcmxvdw==" Em browsers mais antigos isso não é tão simples e nesse caso sugiro uma função mais complexa, tipo esta. Mesmo em browsers modernos, ...


11

A melhor maneira de fazer isso no PHP é utilizando o pack. Essa função vai permitir ter uma implementação big-endian de ordem de bytes. <?php $byte_array = pack('J*', 5460109885665973483); var_export( base64_encode($byte_array) ); // Output: S8Y1Axm4FOs= Para reverter esse processo, você pode utilizar a função oposta unpack <?php $encoded = "...


10

Essa construção é chamada de data URI, é uma maneira de embutir dados em uma página web como se fossem recursos externos. Segue o formato: data:<MIME-type>;charset=<encoding>;base64,<dados> Exemplo: data:image/png;base64,iVBORw0KGgoAAAANSUhEUgAAAAUAAAAFCAYAAACNbyblAAAAHElEQVQI12P4//8/w38GIAXDIBKE0DHxgljNBAAO9TXL0Y4OHwAAAABJRU5ErkJggg== ...


9

O MD5 é seguro, porém é exagerado dizer que é o melhor. Portanto, respondendo de forma direta, não é o melhor. Mas não significa que não pode usar e que deve mudar tudo onde estiver usando MD5. Provavelmente encontrará recomendações para evitar o uso como se fosse algo extremamente inseguro e fácil de burlar. Mas o que acontece é um alarde desnecessário. ...


9

A resposta é simplesmente não, MD5 não é o mais seguro e nem ficou perto dos primeiros colocados. :) Hash != segurança A primeira coisa que precisa ser desmistificada é que algoritmos de criptografia ou de geração de hashes não são sinônimos segurança, que é algo muito mais abrangente. Por exemplo, não adianta nada toda a segurança no servidor se o a ...


6

O método btoa() pode fazer o encode pra você, assim como o atob() faz o decode. O retorno de window.btoa('minha string') é bWluaGEgc3RyaW5n e o retorno de window.atob('bWluaGEgc3RyaW5n') é, como de se esperar minha string EDIT Como apontado pelo Omni, ambos os métodos não tem suporte pra versões anteriores ao IE 10 (sempre ele).


6

Existem sites para fazer este tipo de encoding. Um exemplo: http://www.base64-image.de/ Acho que vale a pena referir um post no Stackoverflow (em Inglês) sobre se é ou não uma boa ideia inserir uma imagem codificada em base64.


5

Andiie, primeiro você terá que converter sua String Base64 para um Bitmap, e a partir deste criar um BitmapDrawable. byte[] decodedString = Base64.decode(encodedImage, Base64.DEFAULT); Bitmap decodedByte = BitmapFactory.decodeByteArray(decodedString, 0, decodedString.length); Drawable d = new BitmapDrawable(getResources(), decodedByte); Depois de ...


5

Tem que usar base64_decode, se for do banco pegue a variavel e faça isto: $imageBin = base64_decode($row['imagem']); //Exemplo de variavel Aqui um exemplo com arquivo: <?php //Caminho da imagem em base64 $path = '/home/amanda/imagem.jpg.bin'; /*Nota: em windows algo como c:/Users/amanda/imagem.jpg.bin*/ //Decodifica base64 $imageBin = base64_decode(...


5

Avelino, não julgue um código pelas suas matrizes! O exemplo que você encontrou é baseado no arquivo ap_base64.c do projeto APR - Apache Portable Runtime (veja aqui o código original), que por sua vez, é bastante difundido e usado em diversos outros projetos. Ele foi implementado em C puro e não depende de nenhuma outra biblioteca externa. Essa matriz ...


4

Segue a implementação. Implementado em duas linguagens diferentes: PHP e em Java. Permite você especificar o alfabeto no construtor. O tamanho do alfabeto é obtido a partir do próprio alfabeto. Deve funcionar para qualquer tamanho de alfabeto >= 2 e < 256. O funcionamento do encode consiste em interpretar a String de entrada como um número base-256 a ser ...


4

Base64 é uma forma de escrever um vetor de bytes qualquer usando só letras e números (e mais uns dois ou três símbolos). Vale notar que base64 não é um padrão universal mas sim uma família de codificações semelhantes: a maioria concorda em usar A-Z, a-z e 0-9 como 62 dos 64 símbolos da codificação mas há uma certa variação sobre os dois últimos caracteres ...


4

O mega.co.nz utiliza a fileSystem API (Apartir do google chrome 23, mas não restrita somente ao chrome) que basicamente escreve em uma seção restrita no seu sistema de arquivos local AppData\Local\Google\Chrome\User Data\Default\File System\ O que é FileSystem API: é uma solução de sistema de arquivos para a web. Os desenvolvedores podem armazenar ...


4

O teu problema é que esse método é assíncrono e não podes fazer somente var foo = i.files[0].toData(); Tens de usar uma callback para te dar a string quando ela estiver pronta. Assim pode exemplo: File.prototype.toData = function(cb) { // Leitor de Arquivos var leitor = new FileReader(); // Quando o leitor ler o arquivo leitor.onload = ...


4

Neste caso você usa um plugin do ngCordova chamado câmera porém com alguns atributos diferentes no qual esta abaixo. $scope.abrirGaleria = function () { var options = { quality: 50, destinationType: Camera.DestinationType.DATA_URL, sourceType: Camera.PictureSourceType.PHOTOLIBRARY, allowEdit: true, encodingType: Camera....


4

De acordo com a documentação, existe a função FROM_BASE64() Exemplo(na documentação): mysql> SELECT TO_BASE64('abc'), FROM_BASE64(TO_BASE64('abc')); -> 'JWJj', 'abc' Eu não sabia da existência dessa função, mas bastou uma única pesquisa no google para encontrar a resposta. Recomendo que faça isso antes de perguntar, pois poderá lhe poupar ...


4

Podes usar expressão regular para verificar se uma string está codificada em base64 ou não: ^([A-Za-z0-9+/]{4})*([A-Za-z0-9+/]{4}|[A-Za-z0-9+/]{3}=|[A-Za-z0-9+/]{2}==)$ Exemplo: var base64 = /^([A-Za-z0-9+/]{4})*([A-Za-z0-9+/]{4}|[A-Za-z0-9+/]{3}=|[A-Za-z0-9+/]{2}==)$/; base64.test("Ola1234345345"); // retorna false base64.test("...


4

Pesquisando encontrei esta pergunta do SOen. O texto abaixo é uma adaptação de várias respostas que tem lá (e mais alguns adendos meus). Uma das respostas menciona um tweet de Brendan Eich (considerado o criador do JavaScript), que disse que esses nomes vêm de sistemas Unix antigos. Inclusive, o tweet dele menciona o manual de btoa, no qual temos o seguinte:...


3

Tal como mencionado, atob e btoa não funcionam em versões anteriores ao IE10. Pode para isso fazer a sua própria função de conversão (retirada daqui): var Base64 = { _keyStr: "ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZabcdefghijklmnopqrstuvwxyz0123456789+/=", encode: function(input) { var output = ""; var chr1, chr2, chr3, enc1, enc2, enc3, enc4; ...


3

Muito bem colocada a resposta do @daniel-omine. Concordo que o md5 não é tão inseguro assim, não adianta ter um sistema de login super-seguro, que bloqueia múltiplas tentativas de login, etc se temos o senhor usuário. Já li em algum lugar (e concordo) que a parte mais insegura de um sistema são os usuários. Dificilmente em um sistema não terá um user sequer ...


3

MD5 não é uma boa opção para encriptar senhas, por diversos motivos. É certamente melhor do que nada, mas não é uma proteção "séria". Alguns motivos são do MD5, outros do tipo de algoritmo que ele é. 1) O MD5 é um algoritmo de hash com diversas fraquezas, ou pelo menos já teve diversas fraquezas descobertas. Não se recomenda usar MD5 para verificar a ...


3

Jamais use hash MD5 puro para encriptar senhas e salvá-las em banco de dados. Por se tratar de um algoritmo de cálculo muito rápido, torna fácil um ataque por força bruta. http://blog.thiagobelem.net/encriptando-senhas-de-forma-segura


3

Fazer leitura de CLOB não é da mesma maneira que de outras colunas, pois essa não possui um tipo "primitivo" - char, int, datetime, etc. Primeiramente entenda o seguinte: CLOB não é uma coluna da tabela. No design da tabela, uma coluna CLOB, até é criada da mesma forma que as demais, mas fisicamente ela é uma outra tabela, oculta, onde seus registros" ...


3

Pega a instância de new Vue pela variável vm, para ter acesso a imageSrc, depois no método uploadImage, utilize FileReader para carregar e mostrar a imagem direto na tag img, exemplo: Vue.config.debug = false; Vue.config.devtools = false; Vue.config.silent = true; var vm = new Vue({ el: '#editor', data: { imageSrc: null }, methods: ...


3

A resposta do @Valdeir Psr responde a pergunta e resolve o problema. Porém, eu tinha uma ideia completamente diferente de resolver a situação, usando bitwise. Eu pensei em simplesmente dividir o valor a cada 6 bits, então codifica-lo para base64. Isto não seria aprova de ataques side-channel (da mesma forma que o original do PHP), mas seria suficiente para ...


3

Se o código se trata da manipulação de imagens então em C# não vai usar string, vai usar byte[] provavelmente, então o uso de: System.Text.ASCIIEncoding.ASCII.GetBytes E System.Text.Encoding.UTF8.GetString Não fazem muito sentido, supondo que vá ler a imagem assim: byte[] imagem = System.IO.File.ReadAllBytes(@"<caminho da imagem>"); Então basta ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam