Respostas interessantes marcadas com a tag

4

A única forma que deve fazer isto é usando a criptografia original do banco de dados. Mesmo assim espera-se que toda a infra esteja bem protegida porque se acontecer uma invasão em camadas mais baixas vai abrindo portas para a segurança ser burlada até nesta condição. Se isto já é difícil ser feito direito imagina tentar alguma coisa manual por conta própria,...


3

Problema de sintaxe mesmo e está aqui: "INSERT INTO newsletter_emails SET email = '$letteremail'" INSERT é: "INSERT INTO tabela (campo1,campo2,...) VALUES (valor1,valor2,...)" SET é para UPDATE


3

Em essência o banco de dados objeto relacional é um banco de dados relacional, portanto trabalha com dados tabulares relacionados no modelo físico para formar objetos. A diferença se dá no modelo lógico que tenta dar uma aparência de objetos completos e interagir melhor com linguagens de programação que incentivam o uso da orientação a objeto. Então todo ...


3

Depende do que você está se referindo. Se você quer manter uma data de criação para registro então creio que seria conveniente nomear para create_at (para manter o padrão adotado). Agora se "Operação" for uma data de execução, então é conveniente manter como date.


2

Na verdade não tem um contexto claro, mas pelo fato que está pensando em CreateAt imagino que este seja o contexto e então ele é que deve ser usado, afinal os nomes devem dizer exatamente o que são. Quando usa date no fundo está dando o nome da coluna igual ao seu tipo e isto não dá semântica alguma do que ele seja, é o pior uso de notação húngara, porque o ...


2

Amigo, bem simples resolver. carteiras.id tem sinal carteira_cliente.carteira_id não tem sinal (unsigned) Ambas devem ser iguais. Respondendo ao comentário do amigo Thalles Rangel, de forma mais detalhada. Segundo a documentação oficial do MySQL, as colunas correspondentes devem ser do mesmo tipo. Para inteiros, o sinal e comprimento devem ser iguais. ...


2

Se só tiver um único : no campo, uma alternativa é: select regexp_replace(hostname,':[^:]+$', '') from hosts; A regex tem o caractere :, e depois uma classe de caracteres negados [^:] (qualquer caractere que não seja :), seguida do quantificador + (uma ou mais ocorrências). Em seguida temos o marcador $, que indica o final da string. Ou seja, ele procura ...


2

A solução convém que também substitua o nome do mês pelo número, de forma a ser uma data válida. Abaixo está uma das possíveis soluções (criada uma tabela de exemplo, Datas): ;WITH CTE(NumMes, Mes) AS ( SELECT 1 , FORMAT(CAST('2000-01-01' AS DATE), 'MMM') UNION ALL SELECT NumMes + 1 , FORMAT(CAST('2000-' + CAST(NumMes + 1 ...


1

O DATEDIFF não funcionará para o seu caso porque, segundo a documentação, o valor de resultado é expresso em dias, portanto não será possível verificar a diferença em minutos. Uma alternativa é subtrair a data atual da coluna datareg usando a função TIMESTAMPDIFF que possui um parâmetro para que você defina a unidade de tempo (no caso MINUTE) e assim o ...


1

Tenta com essa query SELECT * FROM tabelax WHERE datareg > NOW() - INTERVAL 02 MINUTE espero resposta :) edit: SELECT * FROM tabelax WHERE datareg >= NOW() - INTERVAL 02 MINUTE AND datareg <= NOW()


1

A pergunta provavelmente vai ser fechada por que não está diretamente ligada a programação, e toda pergunta relacionad a "qual o melhor..." envolve critérios subjetivos. No entanto, tem uma resposta que vale a pena deixar aqui: Em Python e outras linguagens de muito alto nível, é pouco usual se ter, em código que vai realmente para produção, ainda que em ...


1

Considerando-se os estilos definidos na função CONVERT(), os dados estão no estilo 6. Se o objetivo é converter de dd-mês-aa para dd-mm-aa, então é um processo bem simples: -- código #3 SELECT DNB, convert (char(8), convert (date, DNB, 6), 5) as DNB2 from tabela; No código acima DNB é a coluna DataNascimentoBeneficiario. Mas se é necessário ...


1

Faço da seguinte forma via select com a condição que preciso. update ESTOQUE set QTDE=100 where CODMARCA in (select CODIGO from marca where nome = CONDIÇÃO)


1

Não precisa, o recomendado é deixar ela em uma classe separada e fazer uma instancia dela ou fazer um método estático para recuperar a conexão, segue um exemplo de classe com um método para conexão no banco de dados. public class SqlConnection { public static Connection connect() { Class.forName("com.mysql.jdbc.Driver"); Connection con ...


1

Se você só precisa dos dados de rad_votoitem tente: SELECT count(DISTINCT id_voto) FROM rad_votoitem WHERE id_alternativa IN (1068, 1061) GROUP BY id_voto HAVING count(id_voto) > 1;


1

Uma possibilidade: SELECT regexp_matches(regexp_split_to_table('12555, {memory_percent: 3.6073870265949464, name: code},10581, {memory_percent: 5.82421985505014, name: VirtualBoxVM},11518, {memory_percent: 13.986433224706513, name: java}', '},*'), '([[:digit:]]{5}).*name: ([[:alpha:]]+$)', 'g'); Talvez possa simplificar com a função regexp_matches.


1

Se entendi corretamente seu problema tente: SELECT LEFT(NULLIF(REGEXP_REPLACE(temperature, '\D','','g'), ''), 2)::numeric AS "Temperature" FROM tbl_temperature_hosts WHERE temperature LIKE '%Core 0%' LIMIT 1


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam