Respostas interessantes marcadas com a tag

32

Boas práticas Vou te dizer o que é mais importante sobre este assunto: inventaram uma praga na cabeça dos desenvolvedores chamada "boa prática". O mundo do desenvolvimento ficará muito melhor quando as pessoas pararem de falar nisso. Essa é uma forma de dizer "faz aí do jeito que eu estou falando e não discuta". O mesmo vale pra "má ...


30

Atenção! Isto começou considerando apenas o contexto do C#, mas agora depois de pesquisa concluo que o que está escrito nesta resposta vale para qualquer linguagem de programação, talvez exceto Smalltalk. Me desculpe, mas a outra resposta está cheia de coisas mal pensadas, repetidas sem análise e criticidade, produzindo falácias. Eu posso estar errado, mas ...


23

Assunto bastante controverso, mas não deveria. Todo mundo pode ter sua opinião, pode seguir uma escola específica, mas tem evidências que a maior parte do uso é o que coloco aqui. Não renego que seja usado de outras formas, as cito. Atributo É uma característica em específico que um objeto terá, mas não se define bem como esta característica será disponível ...


15

Em geral, pouca. Em primeiro lugar o ENUM é usado como uma forma de normalização. Então usar um mecanismo semelhante pode ser útil. Se você tem uma lista de itens dados que podem ser escolhidos exclusivamente, pode ser altamente interessante ter na sua tabela apenas um código, um ID que identifique um deles. A descrição dele pode ser mudada em algum momento, ...


14

Você pode utilizar operações bitwise para combinar diferentes valores em apenas um. Para acrescentar um valor utilize o operador OR: var rgb = Cores.Vermelho | Cores.Verde | Cores.Azul; Para verificar se um valor está presente utilize o operador AND (ver método HasFlag abaixo): if ((rgb & Cores.Azul) == Cores.Azul) Para remover um valor utilize o ...


13

Definição Linguagens de programação modernas e de alto nível não servem para nada senão para expressar um modelo, expressar regras do domínio, então um diálogo conceitual é importante para quem quer se aprimorar como desenvolvedor. Em Orientação a Objetos, "atributo" e "propriedade" são termos que podem ser intercambiáveis. Isso porque "atributo", ...


10

Informalmente os termos são quase intercambiáveis mesmo. Até certo ponto. O termo atributo é amplamente difundido em linguagens de modelagem como UML. E é comum os programadores Java se referir às variáveis como atributos do objeto, mas formalmente não são. O termo sequer consta da documentação. Onde está lendo atributo, comece ler campo, porque é isto que ...


10

Sua observação está correta. Mas este atributo anula todo o binding já definido e determina que só as propriedades listadas no atributo serão usadas. Assim a ação (neste caso) não poderá popular propriedades indevidamente. Então se vier algo pelo POST que não sejam Id e Nome não serão considerados. Você já viu algum [Bind(Exclude = "AlgumaPropriedade")]? ...


10

Em relação a "É uma má prática ter atributos int(públicos),...." não vejo o porquê, quanto muito poder-se-á questionar se ter campos públicos, em geral, é bom. O caso que apresenta nada tem a ver com "boa prática" mas sim com "bom senso"/funcionalidade. Nesse exemplo, sendo final, não vejo problema em ser public, ele não pode ser modificado. No entanto, ...


9

TL;DR As outras respostas são interessantes em como elas destrincham os diferentes usos dos termos atributo, campo e propriedade. São úteis para reflexão. Em contextos, paradigmas ou tecnologias específicos realmente há diferenças entre eles. Entretanto, se, após ler respostas, artigos, e definições enciclopédicas, você ainda fica confuso, tome isto como ...


9

Ele são usados como comentário porque a linguagem não suporta isso oficialmente, então você coloca como um texto que seria descartado no código, mas alguma ferramenta lê esse código e sabe que aquilo precisa de um tratamento. Essa ferramenta é praticamente um compilador. Eles servem para informar algo sobre o código que essa ferramenta precisa para tomar ...


8

Você já viu nas outras respostas o que é um atributo. Eles podem ser usados em: Assembly, Module, Class, Struct, Enum, Constructor, Method, Property, Field, Event, Interface, Parameter, Delegate, Um exemplo de uso em parâmetros. void metodo([nonnull] string texto) Usando em assembly: [assembly: Help("this a do-nothing assembly")] Como nota-se é ...


8

Não há falha de segurança alguma permitir o acesso aos campos (não gosto do termo atributo para isto, ainda mais neste contexto). No máximo é uma quebra de encapsulamento, ou vazamento de abstração, mesmo assim depende do caso. Se só tem o campo privado, tudo normal, nenhum problema, pode fazer à vontade. O problema começa ficar mais complicado quando tem ...


7

Este é o nome correto. Atributos, ou então no inglês, Attributes. Atributos tem várias funções: Definir informações sobre a classe, propriedade ou método, que serão usadas em tempo de execução; Adicionar comportamentos funcionais à classe, propriedade ou método; Definir agrupamentos ou segregações. Aqui há uma introdução a Attributes (em inglês).


7

Apesar de sua pergunta não estar clara o suficiente, acredito que seja isso que você quer: SELECT nome AS 'Nome do Cliente', endereço AS 'Endereco do Cliente' FROM clientes O AS faz com que mude o nome da coluna exibido no SELECT, mas não confunda, ele só muda o nome na exibição do select, ele não altera a tabela. Veja funcionando n SQLFiddle.


7

Sim, é possível. Primeiro faça a propriedade ser virtual: public class ClienteViewModel { [Required(ErrorMessage = "Preencha o {0} do Cliente")] public virtual string Celular { get; set; } } Depois sobrescreva-a: public class ClientePersonalizadoViewModel : ClienteViewModel { [DisplayFormat(ConvertEmptyStringToNull = false)] public ...


6

TL;DR Os elementos HTML têm atributos. Quando representamos esses em JavaScript obtemos objetos com propriedades. .setAttribute muda no HTML, é mais lento e cego .prop muda diretamente no objeto do DOM, mais rápido Partindo deste HTML: <input type="text" value="Escreve o teu nome" /> Se eu escrever o meu nome nesse input, e fôr buscar o seu valor ...


6

Já vi esse problema ser resolvido usando um Type (não me lembro agora onde, mas tenho a certeza já ter visto mais que uma vez). public class MicroEntityAttribute : Attribute { public Type Adapter { get; set; } } [MicroEntity(Adapter = typeof(InternalAdapters.MySql.Adapter))] public class SomeClass {} A expressão new Class() não é uma constante, mas ...


6

Se a classe não fosse parametrizada ficaria assim mesmo. O ideal é que o tipo do parâmetro do método construtor seja do mesmo tipo do membro que ele inicializará, ou seja, ele deveria ser parametrizado também. Normalmente deixa-se de inicializar no membro quando a inicialização deverá acontecer no construtor, que é justamente o que foi feito, não tem ...


6

Resumidamente eu definiria da seguinte forma: projeto de classes mal feito :), o argumento do construtor de Menu deveria ser também tipado, já que BdApp é um raw type, além de que poderia ser uma referência para IDAO, não BdApp. Por que ele não instanciou logo fazendo dessa forma: private BdApp<Contato> bd = new BdApp<Contato>();? Da forma ...


6

Estas construções são atributos, não são parâmetros. Faz parte da sintaxe o C#. O atributo é apenas uma informação, chamada de metadados. Ele sozinho não faz nada. precisa existir um mecanismo no código que o leia e faça alguma coisa. Os que está vendo não deixam de ser personalizados. Foi o ASP.NET MVC que os criou, neste caso eles são chamados de action ...


6

Tens de adicionar um auscultador de eventos para saberes quando é clicado ou não. E depois podes usar a propriedade .required do elemento ou setar diretamente no HTML com setAttribute. Exemplo: var activeBtn = document.getElementById('btn-ativa'); var ordenadorBanners = document.getElementById('ordem-banner'); activeBtn.addEventListener('change', ...


6

Em coisas simples, internas (ninguém fora da sua equipe ou você mesmo vai usar seu código) não precisa usar mesmo. Você tem controle total sobre o uso e se aquilo foi usado, você consegue rapidamente com ajuda do IDE, e quem sabe algum plugin, mudar tudo que usa o que foi deprecado. Em códigos que são usados extensivamente e/ou é disponibilizado para ...


6

Não existe, na verdade não é só HTML, é em qualquer coisa, sempre que você depender de um cliente você estará vulnerável, por isso nunca deve confiar em nada que vem do cliente, tudo pode vir de forma inesperada. Nunca confie no cliente! Imagine que na maioria dos softwares existentes, principalmente web só funcionam por coincidência, porque em geral ...


6

Atualização 2 Caso não queira fazer o uso de biblioteca, você pode usar a classe Compiler ( Obs.: Não confundir com $compile do AngularJS ) Arquivo app.component.ts import { Compiler, Component, Injector, NgModule, NgModuleRef, ViewChild, ViewContainerRef } from "@angular/core"; @Component({ selector: 'my-app', templateUrl: './app.component.html', ...


5

O problema é que atributos não aceitam inicialização dinâmica de objetos. Há duas alternativas: 1. Marcar o atributo com o tipo do adaptador [MicroEntity( TableName = "mdl_course", IdentifierColumnName = "ID", IsReadOnly = true, Adapter = typeof(InternalAdapters.MySql.Adapter), UseDistributedCaching = true)] 2. Marcar o atributo com ...


5

Um enum com este atributo permite que você coloque vários valores em uma unica variável. Por exemplo: var atributosDoArquivo = FileAttributes.ReadOnly | FileAttributes.Hidden; O enum marcado com o atributo [Flags] funciona fazendo operações bitwise, ou seja, em um exemplo mais simples: [Flags] public enum MeuEnum { Um = 1 << 0, // 1 ...


5

No início quando você perguntou, eu de imediato, me lembrei das minhas próprias experiências criando anotações, e de como fui frustrado ao tentar criar uma anotação que tivesse uma validação contra seus possíveis valores, por isso minha primeira resposta, que está em destaque abaixo, contempla apenas as alternativas que eu mesmo adotei na época, que seriam ...


5

Primeiro há um engano em achar que os atributos do C# são equivalentes aos decorators do Python, o funcionamento de ambos são bem diferentes. O atributo é apenas uma informação estática, é um metadado. Se eles não são chamados por algum mecanismo eles fazem nada. Essa chamada é feita através de reflexão (exemplo), por isso difere do Python. Claro que é ...


5

Você pode implementar um ModelBinder para isso. public class DecimalModelBinder : DefaultModelBinder { public override object BindModel(ControllerContext controllerContext, ModelBindingContext bindingContext) { object result = null; // Don't do this here! // It might do bindingContext....


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam