Respostas interessantes marcadas com a tag

31

Esta resposta é o básico do básico para se ter uma aplicação ASP.NET MVC5 usando ASP.NET Identity com Individual User Accounts, conforme solicitado pela pergunta. Portanto, não pretendo adensar a resposta falando sobre tudo o que o ASP.NET Identity faz. Poderei falar mais sobre o assunto em uma outra pergunta mais específica. A mais básica das aplicações ...


20

Respondendo ao cerne da questão, sim. É possível. Usando Roles O projeto padrão ASP.NET MVC5 configurado com ASP.NET Identity não traz uma implementação de provedor de Role já configurada, mas isso é bastante simples de configurar: Passo 1: Crie um ApplicationRoleManager O ApplicationRoleManager é um Singleton que configura o RoleManager na sua aplicação....


9

Do que se trata? Claims são parcelas de dados que formam uma identidade. Uma identidade é toda e qualquer informação utilizada para identificar unicamente um usuário. Uma implementação básica, para fins didáticos Aqui tem um exemplo bem completo, em inglês. Como o exemplo é muito grande, não acho que valha a pena colar ele aqui. Entretanto, se o exemplo ...


8

Irei responder com a premissa que você já possui o APP do facebook configurada corretamente, inclusive com o URIs de retorno válidas. Primeiro, vamos analisar a API do Facebook (as demais como a Google segue a mesma premissa): Como funciona? 1: O cliente solicita o acesso e permissões via SDK e Diálogo de Login; 2: Usuário realiza a autenticação e aprova ...


7

Usa uma Função de Derivação de Chaves, conforme especificação do RFC 2898. O processo é bastante intrincado e garante uma senha segura. Codificação: public static string HashPassword(string password) { byte[] salt; byte[] buffer2; if (password == null) { throw new ArgumentNullException("password"); } using (...


7

Tem alguma forma elegante de fazer que um componente da minha view mude de regra de acordo com a Role do usuário? Sim: @if (User.IsInRole("Administradores")) { ... } Pode ser necessário escrever um RoleProvider ou habilitar o suporte a Roles do ASP.NET Identity, que não é habilitado por padrão. Pensei em algo como, passar o nível de acesso do usuário ...


6

Existe alguma contra indicação em realizar o mapeamento da classe IdentityUser manualmente? O recomendado é que você mantenha o código no Assembly em separado o mais próximo possível do código original do template web. O ASP.NET Identity é bastante receptivo a customizações e é bastante acoplado ao Entity Framework, então em teoria usar Fluent API não é ...


6

Existe uma propriedade do controller chamada User, assim que o login for realizado com sucesso essa propriedade passará a ter um valor (informações sobre a identidade do usuário logado). Isso não é bem verdade, vide atualização logo abaixo; Esta propriedade vai ser "alimentada" pelo Identity e precisa implementar a interface IPrincipal. Nesta interface, ...


6

Não. As senhas do Identity passam por um processo de hash, que é uma forma de "embaralhar" a informação em apenas uma via, ou seja, uma vez que a informação passou por este processo, não há como obter a informação original. Essa é a principal ideia de se usar um algoritmo de hash. Veja algumas publicações sobre o assunto: Qual a diferença entre ...


5

Bom Acho que para um bom entendedor, não basta apenas traduzir alguma coisa do MSDN ou Wikipedia, Material Explicativo aqui. Windows Identity Foundation (WIF) é uma estrutura de software da Microsoft para criação de aplicativos de "Identity-aware". Ele fornece APIs para a construção de ASP.NET ou WCF baseado em serviços de token de segurança, bem como ...


5

Antes de mais nada, gostaria de dizer que precisei estudar essa solução durante as semanas de intervalo em que a pergunta foi feita e agora e um bom tempo após, porque eu realmente não tinha conhecimento de como fazer, e mesmo depois que escrevi a primeira versão da resposta muitas coisas estavam incorretas e imprecisas. Insisto tanto nela para exemplificar ...


5

Não precisa definir esse model na View (não para isso). Para acessar o UserName do usuário, basta colocar o código direto na View, desta forma: <h2>@User.Identity.Name</h2> O fato de poder utilizar direto é que o Identity, é que isso é uma propriedade da interface IIdentity. A questão de não ter que utilizar o @Html.LabelFor é que ele não é ...


5

As claims precisam ser adicionadas antes de efetuar o SignIn do usuário, e deve ser adicionada ao objeto ClaimsIdentity que é criado para efetuar aquele SignIn. Você deve ter uma classe que herda de IdentityUser e é usada com as classes do identity, provavelmente algo como ApplicationUser, contendo o seguinte método: public async Task<ClaimsIdentity> ...


4

Você pode utilizar suas próprias classes customizadas com o Identity. Basta implementar as interfaces: IUser IRole IUserStore IUserLoginStore IUserRoleStore IUserClaimStore IUserPasswordStore IUserSecurityStampStore Dá uma trabalheira danada, mas basicamente você pode guardar as informações de autenticação do jeito que bem entender. Aqui nós estamos ...


4

Escrevi um Helper (uma classe estática com métodos estáticos) com um método que localiza os usuários de um domínio com as respectivas informações e outro que detalha um usuário em específico: using MeuProjeto.ViewModels; using System; using System.Collections.Generic; using System.DirectoryServices; using System.DirectoryServices.AccountManagement; using ...


4

Isto é uma variável acessível em qualquer Action: Request.UserHostAddress; Ou então: Request.ServerVariables["REMOTE_ADDR"]


4

Eu pego assim: public static string GetPublicIP() { string url = "http://checkip.dyndns.org"; System.Net.WebRequest req = System.Net.WebRequest.Create(url); System.Net.WebResponse resp = req.GetResponse(); System.IO.StreamReader sr = new System.IO.StreamReader(resp.GetResponseStream()); ...


4

É possível alterar o nome das colunas da tabela AspNetUsers que o Identity cria na base de dados? Não. O nome das colunas é essencial para uma verificação de segurança feita por IdentityDbContext na inicialização do contexto (veja aqui das linhas 127 a 132). Você pode mudar o nome das tabelas, se quiser. Explico isso aqui. Outra duvida é, como ...


4

Tente trocar Id = new Guid() porId = Guid.NewGuid(). O new Guid vai criar uma chave nova com zeros, e como você já deve ter um usuário cadastrado acontece a exception de chave primária duplicada. Veja funcionando no dotnet fiddle.


3

Dentro do seu arquivo App_Start\IdentityConfig.cs, modifique: public class ApplicationUserManager : UserManager<ApplicationUser> { public ApplicationUserManager(IUserStore<ApplicationUser> store) : base(store) { } ... Para: public class ApplicationUserManager : UserManager<Usuario> { public ...


3

Só explicitar que a Action não usa Area: var callbackUrl = Url.Action("ConfirmEmail", "Account", new { userId = user.Id, code = code, area = "" }, protocol: Request.Url.Scheme);


3

O WIF é um modelo de autorização baseado em claims (afirmações) e não apenas em roles (papéis) como é feito geralmente. Com claims um usuário passa a ter mais informações sobre ele, por exemplo, idade igual a 18 anos e comida favorita é pizza, então no teu aplicativo você pode criar regras criativas sobre as claims. Por exemplo, uma determinada ...


3

As conexões http não se mantém abertas. Desta forma, você não tem como saber se um usuário está logado ou não. A solução mais comum para este tipo de problema seria o padrão heartbeat. Você faz um javascript que, de tempos em tempos (com setInterval), manda uma requisição ajax para o servidor para informar que o usuário ainda está navegando na tua aplicação....


3

Como resposta mais simples e que dá menos trabalho, o melhor seria gerar uma outra solução com Individual User Accounts e transferir os fontes da solução antiga para a solução nova, mas vale a pena adensar a explicação para o caso de uma solução totalmente customizada de autenticação. A segurança é um aspecto que pode sim ser obtido através da implementação ...


3

Consigo fazer isso com Claims, ou estou com meu conceito sobre o que posso fazer com Claims errado? Em resumo, sim. Vamos supor o seguinte atributo de autorização: [AttributeUsage(AttributeTargets.Method | AttributeTargets.Class, Inherited = true, AllowMultiple = true)] public class ClaimsAuthorizeAttribute : AuthorizeAttribute { private string ...


3

Apenas sob ponto de vista da orientação ao objeto, evite usar herança nesse caso, use agregação. O que você está chamando de Usuario no seu modelo de negócios não é um usuário, é uma Pessoa (ou outro nome que preferir utilizar), a qual possui um usuário que lhe permite acessar o sistema com algum papel. Pois essa pessoa tem CPF e dados que em princípio não ...


2

Duas maneiras de resolver: 1. Faça Cliente herdar direto de IdentityUser public class Cliente : IdentityUser { [CNPJ] public string CNPJ { get; set; } } 2. Coloque CNPJ direto em ApplicationUser public class ApplicationUser : IdentityUser { [CNPJ] public string CNPJ { get; set; } } Aproveitando, vou te passar meu CNPJAttribute para ...


2

Como posso criar novas propriedades utilizando o UserIdentity que vem por padrão quando se cria uma aplicação MVC 5? Estendendo a classe IdentityUser. Por exemplo: public class ApplicationUser : IdentityUser { [Required] public string FirstName { get; set; } [Required] public string LastName { get; set; } [Required] public string ...


2

O que é a propriedade User do Controller do Asp.Net Mvc e, é a mesma coisa que a de um WebForm? Qual a finalidade dela? User é um objeto da interface IPrincipal. Um objeto Principal tem como finalidade identificar um usuário autenticado em uma aplicação ASP.NET. A Microsoft escreveu um texto muito mais detalhado que pode ser lido aqui. A propriedade User ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam