Novas respostas marcadas com a tag

0

Você quer fazer essa verificação apenas na API certo? Não tem magica, você vai precisar criar um método ou apenas um condicional para verificar para você. if (date == null) date = DateTime.Now; Ou você poderia criar uma classe de validação utilizando bibliotecas como a FluentValidation /AbstractValidator para realizar essa ação para você. https://...


0

Pelo o que eu entendi, você alterou apenas o Mapeamento da tabela certo? Se sim você precisa executar os comandos de terminal para fazer com que as suas alterações de codigo sejam refletidas no DB. Os comandos seriam "dotnet ef migrations add NomeMigration" para criar a migration e posteriormente executa-la com o "dotnet ef database update&...


0

class Colegio { static void Main(){ double nota1,nota2,nota3,nota4,nota5; int totalAluno = 5; int tAcima = 0; //double[] notas = new double[5]; int[ ] notas = new int[]{ 50, 50, 70, 80, 100 }; for (int i = 0; i < 5; i++) { if(notas[i] > 70){ tAcima++; } } double perAcima = (double) (tAcima/...


0

class Colegio { static void Main(string[] args) { //voce nao sabe a quantia de notas que serao dadas então deve informar antes para criar um vetor para elas Console.WriteLine("Quantidade de notas a serem inseridas: "); int quantidade = int.Parse(Console.ReadLine()); int i = 0; double ...


1

Uma solução seria passar um id de categoria junto com as palavras na rota /api/produto/v1/Aplicacao/filter e, caso esse id seja null, fazer a busca somente pelas palavras. Para isso, basta criar uma DTO com esses dois campos: uma lista de palavras e uma id de categoria. Essa DTO seria passada como parâmetro no request dentro da controller. DTO public class ...


0

Acabei resolvendo usando SQL Bruto mesmo, segue Código para quem tiver o mesmo problema: public IEnumerable<ProdutoStatus> List() { return _context.ProdutoStatus.FromSqlRaw(@" SELECT IDPRODUTO,VERSAO,PRECO FROM ( SELECT IDPRODUTO,VERSAO,PRECO, ROW_NUMBER() OVER(PARTITION BY IDPRODUTO ORDER BY VERSAO DESC) AS rn ...


0

Como não tenho as classes aqui não dá pra validar 100%, mas pelo nome das properties, seria algo assim, agrupando ProductStatus, e secionando com Max: var data = _context.Produto .GroupBy(g => new { g.ProdutoStatus.IdProduto, g.ProdutoStatus.Versao, g.ProdutoStatus.Preco }) ...


0

Você pode criar uma ViewModels e dentro dela você pode adicionar: public class FinanceiroTipo { public int Id { get; set; } public string Name { get; set; } public bool Todos { get; set; } } no controller private void PreencherCombos() { ViewBag.FinanceiroTipo = new List<FinanceiroTipo> { new FinanceiroTipo {Id = 1, Name=...


0

Se estiver usando o asp.net core 3.1 O Startup: services.AddIdentity<IdentityUser, IdentityRole>().AddEntityFrameworkStores<MeuDbContext>(); Veja se você tem instalado <PackageReference Include="Microsoft.AspNetCore.Identity" Version="2.2.0" /> <PackageReference Include="Microsoft.Extensions.Identity.Stores"...


0

Acredito que está invertido, no "ConfigureServices" você adiciona o " services.AddCors();" e no "Configure" app.UseCors(opcoes => opcoes.AllowAnyOrigin().AllowAnyMethod().AllowAnyHeader()); Exemplo completo: public class Startup { public Startup(IConfiguration configuration) { Configuration = ...


0

Olá, acredito que o ideal e você fazer um post, por segurança da aplicação, se você tem um formulário na tela, basta fazer assim: serialize: se os campos do formulário for o mesmo da viewModel, ele vai ser reconhecido. function financeiroParcelaMovimento(idRecebido, controller) { console.log(idRecebido); e.preventDefault(); var urlCompleto = &...


0

Inicialmente você deve ser sua conexão: "ConnectionStrings": { "DefaultConnection": "Server=DESKTOP-N8415MR\\SQLEXPRESS;Database=BdCoreCrud;User Id=sa;Password=Simb@d123;" }, services.AddDbContext<CrudContext>(options => options.UseSqlServer( Configuration.GetConnectionString("DefaultConnection&...


-1

Olá. a pergunta ficou confusa mais acredito que entendi o que precisa. O ideal seria você usar interfaces, ficaria assim: public interface IBaseTransRepository<TEntity> : IDisposable where TEntity : class { Task Adicionar(TEntity entity); Task<TEntity> ObterPorId(Guid id); Task<TEntity> ObterPorId(int id); ...


-1

Olá, veja se isso funciona para você: [HttpGet] [ProducesResponseType(typeof(IEnumerable<TestsDto>), (int)HttpStatusCode.OK)] public async Task<ActionResult<IEnumerable<TestsDto>>> GetAsync(Guid textId, Guid phraseId, Guid heightId, Guid? weightId, Guid? productId, decimal? value, DateTime? date) { if (date == null) date =...


0

Se os dados forem exatamente estes que você postou, o que está errado é o host, que tem que ser o endereço do domínio. Em vez de billingapi, deve ser algum endereço do tipo amazon.com.br, enfim, o endpoint da tal API. P.S.: Não sei se estou usando os termos certos.


0

Se entendi corretamente, o problema está no fato de ter uma Pessoa mas não ter um Aluno, já que a chave de Pedidos está ligada ao Aluno. As únicas formas que vejo de fazer essa ligação seria acessando a propriedade Cod que está presente nas duas entidades, caso tenham o mesmo valor para os registros nas tabelas Aluno e Pessoa: var requests = ...


0

Para criar um parâmetro opcional no template de uma rota, basta colocar um ponto de interrogação no final do parâmetro, exemplo: [HttpGet("{aplicativoId?}")] Porém, ao criarmos rotas mais complexas, os parâmetros opcionais devem sempre serem os últimos parâmetros da rota, para que o ASP .NET possa corretamente identificar sua rota. No seu exemplo, ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas