Respostas interessantes marcadas com a tag

11

Utilize a função asort(): Essa função ordena um array de forma que a correlação entre índices e valores é mantida. É usada principalmente para ordenar arrays associativos onde a ordem dos elementos é um fator importante. Exemplo: $array = array( array(22, 25, 28), array(22), array(22, 23) ); asort($array); Resultado: var_dump($array); ...


7

Para esses e outros casos, usort() é quem você procura. Porém, ligeiramente diferente dos exemplos do manual, você deve informar as propriedades que serão usadas como base para comparação. Não é lá muito diferente do primeiro exemplo, veja: usort( $data, function( $a, $b ) { if( $a -> distancia == $b -> distancia ) return 0; ...


6

Se entendi bem sua questão, você pode usar uma função recursiva que incrementa um contador a cada vez que encontra um vetor dentro de outro. Veja um exemplo: public class ProfundidadeArray { public static void main(String[] args) { //a1=[a2[a3[a4[]],a5]] Object[] a5 = null; Object[] a4 = { }; Object[] a3 = {a4}; ...


6

Você pode altera a tipagem usando (array). $pessoas = new stdClass; $pessoas->nome = 'Papa Charlie'; $pessoas = (array) $pessoas; //output: Array( [nome] => Papa Charlie ) print_r( $pessoas ); // output: Papa Charlie echo $pessoas['nome']; O processo inverso, mudando a tipagem usando (object). $pessoas = array( 'nome' => 'Papa Charlie' ); $...


6

Isto não é um array dentro de outro: books => "book1", "book2" Para ele ser um array teria que ser assim (ps: coloque aspas nas chaves também): $array = array( "user" => "user1", "name" => "name1", "books" => array( "book1", "book2" ) ); Ou em php5.4+: $array = [ "user" => "user1", "name" => "name1", "books" =&...


5

Acho que você quer fazer isto: foreach($array_banco as $item){ $fields[$item['field']] = $item['description']; } Veja funcionando no ideone. E no repl.it. Também coloquei no GitHub para referência futura. Esse while antes do foreach não parece fazer sentido algum. Até funciona, mas por coincidência.


5

Bem, acho que eu faria da seguinte forma. Basta usar a função usort. usort($dados['dataTable']['lista'], function ($a, $b){ return strcmp($a['fields'][0]['name'], $b['fields'][0]['name']); }); A função usort tem a finalidade de ordenar um array de acordo com um callback passado pelo usuário (o programador, nesse caso, hehehe). O Callback deve conter ...


5

Isso aqui não vai praticamente gerar o mesmo hash que foi gravado no DB: $seg_senha = password_hash($senha, PASSWORD_DEFAULT); e, entre outras coisas, é por isso que a função é mais segura do que hashes simples. Além de usar hashes melhores, a função gera um salt aleatório a cada vez que é usada. Sistemas primitivos e inseguros de senha eram feitos com ...


5

É muito difícil existir problemas reais com mais que 3 ou 4 dimensões. Se tiver um problema assim ou ele está definido errado ou é melhor achar um solução diferente. Mesmo que tenha um problema assim ele cresce exponencialmente e vai precisa de muita eficiência. Esta generalização criará um overhead na execução para controlar o laço que conta as dimensões, ...


5

Por padrão o retorno de consultas do PDO é o PDO::FETCH_BOTH que devolve os dados duplicados sendo um índice com o nome do campo e outro índice númerico. Pode definir o formato dos dados de três formas: No construtor que afeta todas as consultas feita por essa conexão. $options = array(PDO::ATTR_DEFAULT_FETCH_MODE => PDO::FETCH_ASSOC); $pdo = new PDO('...


5

Supondo que $frutas seja o array alvo da consulta seguida de exclusão: $frutas = [ ['maça', 1256], ['abacaxi', 1234], ['pera', 235], ['banana', 1235], ['laranja', 2135], ['limão', 2315], ['morango', 2351] ]; Uma possibilidade é filtrar o array com array_filter() e verificar cada elemento com in_array() para saber se um de seus valores é a ...


4

Sua dificuldade, como de muitos, é entender a sintaxe cabeluda de create_function(). Felizmente a criação de funções anônimas foi drasticamente melhorada com Closures, mas isso é outra história. Para reindexar um array, basta passá-lo por array_values(), como demonstrado pelo Antony mas, se você comparar a implementação que você encontrou com a dele verá ...


4

Fiz duas funcoes, array_enkeyize para transformar o valor de um item em key das arrays e array_dekeyize para traformar a key em um valor de um item declarado nos parametros function array_enkeyize($array, $iten) { foreach ($array as $key => $value) { foreach ($value as $v_key => $v_value) { if ($v_key === $iten){ $keized[$...


4

Diego, como eu vi que você busca do banco de dados por uma view, o que me leva a acreditar que a relação total por usuário é algo muito especial para você. Acredito que esse seria o caso de criar uma classe para representar a sua view na aplicação. Algo como: class TotalPorUsuario{ private Integer total; private Usuario usuario; //o resto que ...


4

Você pode usar funções da classe RecursiveIteratorIterator, exemplo: $a = array(array(array("Brasil","Franca","Italia","China"))); $it = new RecursiveIteratorIterator(new RecursiveArrayIterator($a)); $novo = array(); foreach($it as $v) { $novo[] = $v; } print_r($novo); Ideone


4

Em princípio, o HEREDOC só termina quando encontrar a sequência de caracteres definida, no começo da linha e no máximo com ; no final quando necessário. Correção do seu caso: $name_code = array ( array("Nome", <<<CODE rand@#¨4key"'?></ CODE ), ); Veja funcionando no IDEONE. Nota: Sua string está com espaços em branco no começo  ...


4

Como é um algoritmo um pouco mais complexo que exige algumas linhas acho mais interessante fazer um método que trate isso. Um método de extensão torna o uso mais natural. Mas se não deseja basta extrair a lógica interna. Mas criar abstrações faz parte do aprendizado. Para pegar o tamanho da dimensão o correto é pegar o início da faixa e o fim dela através ...


4

Isso acontece porque no caso da pergunta não existe nenhum livro cuja categoria é SÓ "Romance", senão retornariam dados. Temos de verificar se na string $livros[x]['categoria'] existe a palavra "Romance", faça o seguinte: $livros = array( 'livro 1' => array( 'titulo' => 'Bleach', 'resumo' => 'xxx', 'categoria' => '...


4

No exemplo, a matriz de 4x3 pode ser declarada da seguinte forma: int[][] a1 = new int[][]{ new int[]{1,2,3}, new int[]{4,5,6}, new int[]{7,8,9}, new int[]{10,11,12}}; Ou seja é um array de arrays de int. Abaixo estão descritos os códigos para rotacionar arrays de ...


4

Se "contido" que quer dizer for "idêntico" você pode usar o array_search: $index = array_search('Procurado', array_column($array, 'data'), true); Teste isto. Isso somente irá funcionar se o valor de data for o mesmo que o pesquisado. Considerado que uma das data seja Alguma Coisa: pesquisar por Alguma Coisa irá funcionar, caso seja pesquisado por Alguma ...


4

Na minha experiência, isso occore quando as matrizes em x possuem diferentes tamanhos, e assim a conversão para vetor do numpy agrupa apenas a primeira dimensão. Entre as razões que podem ter causado este problema, estão: Carregamento de arquivos inválidos - pode haver algum arquivo que não é imagem no seu diretório, de modo que tenta-se usar o cv2.imread ...


4

O foreach vai percorrer todos os elementos da coleção. Para fazer o que você precisa, é só usar um for normal. Note que a propriedade Length vai retornar a quantidade total de elementos na coleção, ou seja, vai considerar todas as dimensões. No seu caso, é necessário percorrer a dimensão zero e sempre mostrar o primeiro elemento dela. void Main() { ...


4

Você tem que pegar manualmente a primeira coluna e por isso não pode usar o foreach, para isso existe o forbruto e o o método GetLength() que dá o tamanho de uma dimensão, como você quer andar em cada linha, e é a dimensão 0. using static System.Console; public class Program { public static void Main() { string[,] operacoes = { { &...


3

O $pessoas->nome indica que pessoas é um objeto. Já $pessoas['nome'] indica um array. Você pode transformar os nomes presentes em objetos em arrays (desde que eles não sejam estáticos) usando a função get_object_vars( object $object ). Leia mais sobre objetos em http://php.net/manual/pt_BR/language.oop5.php


3

Uma parte importante é usares uma função que tenha um interface claro. Ou seja essa função deve ter como função/ordem comparar o que lhe é dado e mais nada. Assim sugiro algo assim: function completarObjetos(original, aCompletar) { function dup(o) { return JSON.parse(JSON.stringify(o)); }; for (var key in original) { var obj = ...


3

Sugiro iterares essa array e fazer uma array nova durante a iteração. Em cada iteração precisas de verificar se já existe um valor igual na nova array. Sugestão: $nova = []; foreach ($original as $arr) { // itera a array original $prg_cod_barra = $arr['prg_cod_barra']; $existe = false; foreach ($nova as &$subArr) { // iterar a array nova à ...


3

Você pode percorre-la assim: foreach($myArray as $key => $subarray) { $myArray[$key]['interesse'] = '1'; // ... } DEMO


3

É possível sim. Uma da forma de fazer isto é usar a função array_unique, que tem como propósito retornar um novo array sem valores duplicados. Veja um exemplo: $dupArr = array("A" => "foo", "B" => "baz", "C" => "bar", "D" => "foo"); // Valor repetido $unique = array_unique($dupArr); print_r($...


3

O EEPROM tem apenas duas funções para ler ou escrever bytes. Então você obrigatóriamente tem que fazer a leitura/escrita dos seus dados byte a byte. Pode usar algo assim: void EEPROM_writeMany(unsigned addressOffset, char* array, unsigned size) { for (int i = 0; i < size; ++i) EEPROM.write(addressOffset+i, array[i]); } int data[] = {54, 87, ...


3

Acho que o que dá pra fazer é algo do tipo: function getParentArrays($parentPath, $arrayToSearch = array()) { $parentArrays = array(); foreach ($arrayToSearch as $key => $value) { if ($value['parent_path'] === $parentPath) { $parentArrays[] = $key; } } return $parentArrays; }


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam