Respostas interessantes marcadas com a tag

4

você pode utilizar a função glob do python desta forma: import glob import os.path folder_path = r'C:\Users\MasterRoot\Desktop\Test' file_type = '\*csv' # se nao quiser filtrar por extenção deixe apenas * files = glob.glob(folder_path + file_type) max_file = max(files, key=os.path.getctime) print (max_file) ele vai te retornar o ultimo arquivo adicionado ...


4

Tendo em vista a boa resposta do colega Woss, sugiro algumas modificações: Ao invés de criar uma função (lambda) para o tempo (criação ou modificação): data_criacao = lambda f: f.stat().st_ctime data_modificacao = lambda f: f.stat().st_mtime Faça o uso dos métodos nativos de os.path: os.path.getctime: usado para obter o tempo de criação do arquivo os.path....


3

fstream serve para ler e escrever em arquivos (pode até criar se não existir), não serve para deletar arquivos. Em condições normais não há problema algum nisso, pode usar. Algumas pessoas preferem deixar mais claro o que está fazendo em cada caso quando só faz uma das operações. É possível inclusive configurar o fstream em cada momento para só aceitar ...


3

O problema é que você está a fazer várias leituras e em apenas uma delas, no while, é que verifica se atingiu o fim do arquivo. Consegue resolver o problema trocando os vários loops por um só. Assumindo que precisa de construir strings com tudo o que vem entre < e \n então pode alterar a lógica do seu programa para a seguinte: #include <stdio.h> ...


3

Depois que você faz o primeiro for: txtfile = [item.split()[0] for item in fhand] O arquivo será lido até o fim. Então na próxima iteração não haverá mais nada a ser lido, e por isso a segunda lista fica vazia (imagine que fhand possui um "ponteiro interno" que indica a posição do arquivo em que ele está: ao fazer um for, todo o arquivo é lido e ...


2

Pode usar uma variável que regista se o padrão foi encontrado. Por exemplo: my $found=0; for($i=0; $i<=$#report; $i++){ if($report[$i] =~ /target/){ chomp $report[$i]; print "$report[$i]"; $found=1; } } print "not found\t" if (!$found);


2

O problema é que fseek(file, 0, SEEK_END) seta a posição para o final do arquivo. Então o fread começa a ler daí, mas como ele já está no final do arquivo, não há mais o que ler. Por isso você precisa voltar ao início do arquivo antes de ler. E também tem que lembrar de adicionar o terminador no final da string: fseek(file, 0, SEEK_SET); // volta para o ...


2

Vamos pegar um exemplo: "imagem.jpg" Formato do arquivo: é a forma como os dados são armazenados no arquivo. Nesse caso é uma imagem, que foi "compactada" com o compressão JPG/JPEG. Em muitos tipos de arquivo além do conteúdo em si isso implica em ter um cabeçalho (header) no começo do arquivo contendo informações sobre esse conteúdo (...


1

Veja esse conjunto por exemplo: typedef struct { int id; int idade; int telefone; char nome[50]; } Motorista; typedef struct { int id; char marca[50]; char modelo[50]; } Carro; typedef struct { int id; Carro* carro; Motorista* motorista; } Em_servico; // associa carro ...


1

Primeiramente, você precisa definir bem o problema: é para ler somente as 10 primeiras linhas do arquivo? ou é para ler o arquivo até encontrar 10 números, independente da quantidade de linhas? ou alguma outra opção? Por ora, vamos manter simples e assumir que ou o arquivo tem 10 linhas (um número por linha), ou tem 5 linhas (com dois números por linha). ...


1

O método String.split recebe um separador como parâmetro. Então você poderia fazer algo como: String[] campos = linha.split(" "); for(String campo: campos) { // processa cada campo na linha } Uma outra opção melhor é usar a classe java.util.Scanner assim: Scanner sc = new Scanner(linha); while(sc.hasNext()) { String campo = sc.next(); } ...


1

Em geral não é preciso nem eficiente usar os dados direto do disco. O que se faz é ler do disco o conjunto de ações do cliente e manter na memória. Ao final do programa regrava no disco os dados atualizados. Se for importante pode manter um journal do que está acontecendo, um registro analítico das operações, e ir gravando em disco a cada operação. Assim se ...


1

Você pode usar open('nome_do_arquivo.txt','w'), f.writelines() e f.close(). Isso para cada arquivo que quiser escrever. print ('Olá.\nPor favor, digite um primeiro valor para verificar os números primos e um segundo valor para verificar os números perfeitos') def primo(n): if n< 2: return False for i in range(2,n): if n%i == ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam