Novas respostas marcadas com a tag

0

Eu não entendi bem porém era algo relacionado ao corpo da response. Basicamente: var streamTask = client .GetStreamAsync("https://api.github.com/orgs/dotnet/repos?sort=created&per_page=5&direction=desc"); var repositories = await JsonSerializer.DeserializeAsync<List<Repository>>(await streamTask); ...


1

curl_setopt($process, CURLOPT_ENCODING, ''); Adcionar no código;


0

Saiu uma atualização resolvendo o problema: npm i --save https://github.com/orkestral/venom/releases/download/nightly/venom-bot-nightly.tgz


0

voce pode fazer uma função assíncrona que retorna uma promisse private async ngOnInit(){ await this.getPermission(); } private getPermission(){ return new Promise(async (resolve, reject) => { // LOGICA resolve(true); // QUANDO CAI AQUI RETORNA }) }


2

Use as variáveis $_SERVER['HTTP_*'] para obter as headers, no caso: $input_data = file_get_contents("php://input"); $authorization = $_SERVER['HTTP_AUTHORIZATION']; Você também pode usar a função getallheaders() (é um apelido para função apache_request_headers()) Deve ficar algo como: $headers = getallheaders(); var_dump($headers['Authorization']...


0

Você pode remover o elemento da lista dog após fazer a chamada da API, usando simples métodos de array. Dentro do método deleteDog: deleteDog(id) { api.delete("dog/" + id).then(() => { // localiza o indice do elemento no array const index = this.dog.findIndex(dog => dog.id === id) if (index >= 0) { // remove ...


0

Por que você não importa o modelo do seu cliente e produto nessa view? Aliás, estou supondo que existe um modelo deles, você não especificou na verdade... from clientes import Cliente from produto import Produto Dessa forma, ao invés de você usar um IntegerField, você usa uma Foreign Key: Eu não sei bem se entendi a lógica dessa sua @property e a relação ...


1

Endpoints GET originalmente não deveriam conter body na requisição, é justamente por isso que o método http.get() não tem um parâmetro body. Pois ele é simplesmente ignorado. Future<Response> get(Uri url,{Map<String, String>? headers}) Se ele é necessário, isso pode indicar um bad design na criação da API. No seu caso, seria mais indicado a ...


0

Os identificadores no banco de dados não podem conter caracteres inválidos, como neste caso o '-', ou seja, o nome de sua tabela "TB-PRODUTO" é inválido. O nome correto deveria ser "TB_PRODUTO".


0

Boa tarde Alexsander, tudo depende da ordem que o seu projeto gira, se é em torno do usuário ou do curso, pelo que eu vi você precisa ter o curso já inserido no banco para depois poder inserir o aluno, outro ponto a se considerar, na sua classe aluno você possui a classe curso como atributo? se não pode ser isso, já que o SpringBoot resolve as relações desta ...


-1

Se sua classe ApirestApplication estiver na raiz do projeto não precisa ter essa configuração @EntityScan("com.produtos.apirest.models") Pois o Spring irá ler tudo desde que esteja na raiz. Com relação ao erro que você está tomando pode ser que seja a propriedade abaixo: spring.jpa.hibernate.ddl-auto=update Mude para: spring.jpa.hibernate.ddl-auto=...


0

Já que você tá usando coroutine, não precisa que o retorno do seu método @GET seja um Response<...>, basta ser o seu objeto PokemonsResponse direto. Ou seja, modifique a sua classe API para que o método fique assim: @GET("v2/cards?q=name:") suspend fun getPokemonsPesquisa(@Query("q") name: String): PokemonsResponse Pra chamar esse ...


As 50 principais respostas recentes são incluídas