Respostas interessantes marcadas com a tag

8

Você precisa adicionar o seu CervejaService na lista de providers do seu módulo. Exemplo: import { CervejaService } from './cerveja.service'; @NgModule({ imports: [ // ... ], declarations: [ // ... ], providers: [ CervejaService, // seu provider aqui ] })


5

Tente com ng-src : <img ng-src="{{getImage(estabelecimento)}}"> https://docs.angularjs.org/api/ng/directive/ngSrc


5

Se eu entendi corretamente, você quer isolar escopos de instâncias de ServiceY: controller_A e controller_B compartilham uma instância (vamos chamá-la ISY1 para fins de referência); controller_C e controller_D compartilham uma outra instância (ISY2). Eu sugeriria então a utilização de um factory ao invés de um service. A característica que define um ...


5

Use o $interval para repetir a consulta num intervalo de tempo. Uma coisa importante: não use as funções success e error, elas estão obsoletas. No lugar delas deve-se usar a função then. Veja na documentação do AngularJS. Vou deixar um exemplo usando then no final da resposta. Só para você ter ciência, é possível fazer com a conexão seja real time de ...


4

Essa é uma limitação imposta pelo CORS. Duas possibilidades: Solicite aos mantenedores do serviço blinktrade.com que incluam o seu domínio de origem na lista de domínios autorizados, ou Implemente um serviço de proxy local, eliminando a avaliação do CORS. Um exemplo de proxy em C#/WebApi 2 vem a seguir: [RoutePrefix("stack/proxy")] public class ...


3

Como conversado nos comentários, apesar de já haver uma resposta aceita, ela mostra apenas um modo de atualizar um dado na factory. Outro método, e talvez uma das melhores features do AngularJs, é atualizar os dados por referência, ou seja, ao invés de chamar uma função que atualize os dados, você cria um escopo com referência a um objeto na factory. Assim, ...


3

Uma boa dica é sempre acessar os links que o angular gera quando ele aponta que ocorreu um erro. Por exemplo http://errors.angularjs.org/1.4.5/$injector/unpr?p0=%24scopeProvider%20%3C-%20%24scope%20%3C-%20LogUserService O próprio angular já está te dizendo o problema e ainda dando a resposta quando você acessa o link. Unknown provider: $scopeProvider &...


2

Você está tentando usar $scope, porém a função qaue define seu controller ou similar não está referenciando $scope para injeção. Algo similar a isso: angular.module('myApp', []) .controller('MyController', [function () { $scope.varContent = true; // Erro: $scope está faltando }]); Passe a referência, assim: angular.module('myApp', []) .controller('...


2

Você pode simplesmente passa-los como parâmetro para a função que você criou. Paramêtros servem pra isso mesmo e você pode confirmar aqui Angular Styleguide - Factories. angular.module("myapp").factory("AtividadesAPI", function ($http, config) { var _getAtividades = function () { return $http.get(config.baseUrl + "/atividades"); }; var ...


2

Você está preservando um valor, não o objeto. messages e identity são propriedades do serviço messageService. A sequência no seu código é a seguinte: messageService é inicializado. Propriedade identity recebe o valor literal 0. variável local do controller recebe o valor literal presente na propriedade messageService.identity (0), na prática copiando o ...


2

Mude seu objeto AppModule adicionando o modificador static: export class AppModule { private static url: string = "http://199.169.0.9/ws/ListarEstados.ashx"; static getUrl(){ return this.url; } } E para receber estes dados basta: private url: string = AppModule.getUrl(); Lembrando de instanciar a classe, assim: import { AppModule } from '....


1

Ao contrário do Ionic 3, o Ionic 4 usa service e não provider Segue um exemplo de como criar um service usando o Angular CLI ionic generate service user


1

Isso acontece porque você está referenciando um valor literal. Um literal é sua própria instância: Quando você atualiza o valor de url_grafico você está associando um novo valor literal. Seu segundo controller não receberá o valor atualizado. No exemplo abaixo o valor de url_grafico é armazenado como uma propriedade de um objeto. Este objeto é então ...


1

Ou então se não quiseres meter em todos os modelos que precises de serviços podes sempre fazer: import { Cerveja } from './../core/model'; import { Injectable } from '@angular/core'; import { Http } from '@angular/http'; @Injectable({ providedIn: 'root', // <---- Adiciona isto ao serviço }) export class CervejaService { cervejasUrl = 'http://...


1

Com Angular, primeiramente, recomendo que NÃO utilize a ordenação (ou qualquer outro tipo de filtro) através do filter, especialmente dentro de um ngRepeat, o impacto em performance é realmente grande quando se trabalha com listas extensas. Quanto ao problema propriamente dito, não sei como você está utilizando mais de um campo, mas o correto é efetuar a ...


1

Você pode garantir a execução usando Promise porém não vai ficar mais Assíncrono. const promiseChampion = new Promise(resolve => { resolve(this.championService.getChampions().toPromise()) }); promiseChampion.then(value => { //código que deverá ser executado caso de certo // value trás o valor que sua api deve retornar }); promiseChampion.catch(...


1

No caso, já tive um problema parecido com o método get, eu usei um return ai a função deve retornar o que meio faz com que espere a resposta antes de terminar o método ngOnInit() { // Iterates through the list of champions adding them to the current object return this.championService.getChampions() .subscribe(champions => { // Iterates ...


1

Obrigado pessoal, Embora não deu certo das formas que vocês sugeriram. resolvi no meu server mesmo (MVC WebApi) com seguinte código no WebApiConfig var cors = new EnableCorsAttribute(origins:"*", headers:"*", methods:"*"); config.EnableCors(cors); Também no envio o meu data ficou assim: var data = "Usuario=fulanu&Senha=senha";


1

Recentemente passei pelo mesmo problema enquanto tentava obter dados de uma API externa que bloqueava minhas requisições com o mesmo erro que o seu. O que eu fiz para resolver o problema foi criar uma configuração para todos os serviços $http através de um interceptor (que é um serviço que "intercepta" toda requisição e aplica a configuração antes de ser ...


1

Você está tentando acessar um serviço de um arquivo local. Isso não é possível pela política de mesma origem, a menos que você habilite o acesso do lado do servidor enviando Access-Control-Allow-Origin: * nos headers. Em computação, a política de mesma origem é um conceito importante no modelo de segurança de aplicações web. Esta política permite que ...


1

Da forma que você declarou os services, o segundo está sobrescrevendo o primeiro, pois quando se usa o injetor de dependências "[]" dentro do module, o angular cria um modulo novo. Sugiro você tentar dessa forma. angular.module('app.services',[]); var appServices = angular.module('app.services'); appServices.factory('usuarioService', ['$rootScope', '...


1

Você está definindo o módulo app.services duas vezes. Quando você passa o array de dependências, o angular cria um módulo novo. Sem o array, ele pega um módulo já existente. Tente remover o [] na segunda definição. angular.module('app.services') .factory('renderService', ['$http', function($http){ // logica do factory } ]);


1

Acho que melhor maneira de resolver seu problema sem começar a misturar os scopes é colocar no seu AlertService quem é o callback que ele deve notificar quando o AlertService receber notificações. Um jeito de fazer isso seria manter uma lista de callbacks no AlertService e deletar elas no destroy, outra seria manter um id por callback e tentar acessar eles ...


1

Para agregar valor, segue um guia de respeito: https://github.com/johnpapa/angular-styleguide/


1

Descobri o erro;; Eu estava declarando um factory como um service, o mesmo deve ter a seguinte estrutura module.factory('MyService', function() { var factory = {}; factory.method1 = function() { //.. } factory.method2 = function() { //.. } return factory; });


1

Se você usar um sistema de rota, como o ui-router, você consegue fazer essa verificação de diversos modos. Mas antes de prosseguir, devo informar que o você estará fazendo, caso opte por essa alternativa, é verificar o estado (.state) que o usuário está tentando acessar e não a URL propriamente dita - apesar de também ser possível. Modos que você pode ...


1

O seu problema me parece ser mesmo o uso do ngResource, este módulo foi feito para se consumir serviços RESTfull, e por isso ele me parece estar esperando que a resposta vinda do WebService seja um objeto, quando ele recebe um boolean ele não consegue tratar corretamente este valor e ele não chega a ser passado para a sua função. Eu diria que suas ...


1

O erro aponta para a falta de referência ao módulo $scope. Verifique se a referência está sendo corretamente injetada.


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam