Respostas interessantes marcadas com a tag

16

Já que ninguém se aventurou, vou tentar ajudar com o que aprendi sobre Fragments. Antes de entrar brevemente em detalhes, gostaria de esclarecer que a perda de performance (custo x benefício) é muito irrisória em relação a flexibilidade, reuso, evolução dos smartphones (processamento, armazenamento, RAM, etc...) e as facilidades que o Fragment traz. O que ...


8

Esta é a forma como eu costumo fazer. Na classe do DialogFragment declaro uma interface que define os métodos que a Activity, a que chama o Fragment, deve implementar para ser notificada daquilo que se passa no Fragment. public interface TimeSetListener { public void onTimeSet(int hora, int minuto); } Declaro um campo no DialogFragment para ...


8

Vou arriscar minha resposta :) Acredito que todos sabemos o que é Fragment. Vou partir deste princípio, caso alguém que venha a ler essa resposta não saiba recomendo a leitura desta pergunta. O problema central é o BackStack, que é um item fundamental na utilização de Transações envolvendo Fragments. É conhecido que toda transação que envolve adição e ...


8

A melhor forma de se implementar um layout baseado em abas é usando o TabLayout da design library. Infelizmente ela exige que você tenha o trio em seu grupo de dependências: compile 'com.android.support:appcompat-v7:23.0.0' compile 'com.android.support:support-v4:23.0.0' compile 'com.android.support:design:23.0.0' Mas hoje em dia, se você quer fazer um ...


7

Tanto a Activity como o Fragment são componentes que fornecem uma interface gráfica(UI), para permitir que o usuário interaja com a aplicação. A diferença fundamental é que um Fragment necessita de uma Activity para ser apresentado. O Fragment foi introduzido no Android 3.0 (API de nível 11) e o seu intuito principal é permitir maior flexibilidade na ...


7

Sugiro usar esse custom layout: Rotate Layout Seu uso de acordo com o criador é bastante simples, basta arrumar no seu gradle o repositório: repositories { jcenter() } e a dependência: dependencies { compile 'rongi.rotate-layout:rotate-layout:2.0.0' } feito isso, arrume no seu layout as linhas a seguir: <com.github.rongi.rotate_layout....


7

Consegui pessoal, achei bem pouco conteúdo sobre isso, mas é algo bem básico, apenas dividi a tela em dois RelativeLayouts e usei um simples atributo do xml, o android:rotation="180" Segue abaixo como ficou o código. (Acho que ficaria melhor se tivesse usado dois fragments, mas ainda estou aprendendo a usa-los) <?xml version="1.0" encoding="utf-8"?> ...


7

Você não deve estar chamando o super.onResume(); Tente fazer dessa forma: @Override public void onResume(){ super.onResume(); } Obrigatóriamente, chamando o @Override e o super.onResume


5

Funcionamento de cada método de uma Activity: onCreate() - É a primeira função a ser executada em uma Activity. Geralmente é a responsável por carregar os layouts XML e outras operações de inicialização. É executada apenas uma vez. onStart() - É chamada imediatamente após a onCreate() – e também quando uma Activity que estava em background volta a ter foco....


5

No próprio site de desenvolvimento do Google tem essas informações, apesar de estar em inglês tem um diagrama bem fácil de entender. Activity E em relação a como identificar em qual etapa uma Activity se encontra você deverá implementar um código que sobrescreve cada método do ciclo de vida da Activity para atualizar o status: import android.app....


4

Agnaldo, o post do AndroidHive me ajudou bastante na implementação do login do Google +! http://www.androidhive.info/2014/02/android-login-with-google-plus-account-1/


4

Aparentemente o problema se resolveu sozinho, mas depois fui entender como funcionava o FragmentManager, resolvendo o problema da seguinte maneira: Dentro do Fragment 1, chamo o Fragment 2, adicionando ele ao stack: FragmentTransaction transaction = getFragmentManager() .beginTransaction(); Fragment newUsr = new NewUserFragment(); //...


4

Um fragment deve ser implementado de forma a ser auto-suficiente, deve poder funcionar/conseguir o seu objectivo por si só. Seguindo este principio o fragment pode ser utilizado por qualquer activity. Este é um dos principais benefícios de se usar fragments. Para isso, a chamada de métodos da activity por parte do fragment, deve ser feita apenas no ...


4

A forma de se inicializar um novo fragmento com argumentos é guardá-los em um Bundle e passar esse Bundle para o fragmento via setArguments(Bundle). Dessa forma os argumentos passados por você serão preservados entre destruições e recriações do fragmento pelo próprio sistema Android. Em geral porém você irá querer simplificar a ação de guardar argumentos em ...


4

Você está com dificuldades porque está a atribuir responsabilidades ao Fragment Editar que não deviam ser dele. O controlo dos Fragments associados a uma Activity é da responsabilidade desta. Cada Fragment deve apenas se preocupar em gerir os seus dados/objectos. O que você quer é que, quando um botão do Fragment Editar seja pressionado, o Fragment ...


4

Exemplo da solução para o meu problema: Classe Fragment_1: @Override public View onCreateView(LayoutInflater inflater, ViewGroup container, Bundle savedInstanceState) { ... botao.setOnClickListener(new View.OnClickListener() { @Override public void onClick(View v) { Intent intent = new Intent(getActivity(), ...


4

Você não pode/deve fazer isso assim. É o fragment que deve receber os eventos das suas views. O método findViewById() só consegue encontrar as views que façam parte do layout passado ao método setContentView(). Como o botão não está no layout da Activity, findViewById(R.id.email_criar_button); retorna null. O habitual nestes casos é fazer com que o ...


4

Olá, eu faço dessa forma: @Override public boolean onNavigationItemSelected(MenuItem menuItem) { switch (menuItem.getItemId()) { case R.id.****: abraSeuFragment; break; case R.id.****: abraseuFragment; break; return true; } Para abrir seu Fragment utilize o seguinte: FragmentManager ...


4

Bem parecido como você recebe dados via putExtra na Activity. Antes de mais nada você precisa refatorar o método setupViewPager: private OneFragment oneFragment; private TwoFragment twoFragment; private void setupViewPager(ViewPager viewPager) { oneFragment = new OneFragment(); twoFragment = new TwoFragment(); ViewPagerAdapter adapter = new ...


4

Tem problema deixar assim como está? Sim tem. Isso irá/poderá fazer com que a memória usada pela aplicação cresça progressivamente. Isso acontece porque parte da memória alocada nesse processo não será libertada quando não mais for necessária(memory leak/vazamento de memória). O problema reside no facto do EditText, assim como qualquer outro tipo de ...


3

Até há algumas semanas, eu estava utilizando o Google Plus para autenticação em nosso aplicativo. Porém, a Google recentemente lançou um excelente toolkit para autenticação nos aplicativos. Chama-se Google Identity Toolkit. Recomendo você utilizar essa nova engine para autenticação, pois além de puder autenticar com o Google Plus, você também poderá ...


3

Infelizmente não é possível implementar um NavigationDrawer utilizando activities do jeito que você quer. Na realidade, o que você pode fazer, é disparar intents para iniciar suas Activities quando um item do NavigationDrawer for clicado. Mas acho que o comportamento não vai ser o que você quer. Tendo dito isso, sugiro então que você transforme suas ...


3

Se for parar iniciar uma nova Activity, basta uma simples Intent: Intent i = new Intent(Intent.ACTION_VIEW, uriAplicacao); // Ou algo do género getActivity().startActivity(i); Se for para substituir o ListFragment por um outro Fragment já é mais complicado. Eu costumo enviar o pedido para a Activity e lá fazer o seguinte: getFragmentManager()....


3

Se a função do seu ListFragment for apenas apresentar uma ListView não necessita de criá-la já que ele tem uma por defeito. Além disso, this não é um Context para isso use getActivity() Altere o método onActivityCreated() assim: @Override public void onActivityCreated(Bundle savedInstanceState){ super.onActivityCreated(savedInstanceState); ...


3

Uma forma simples é no AndroidManifest.xml declarar a activity desta forma: <activity android:name=".MainActivity" ..... android:windowSoftInputMode="stateHidden" >


3

Você precisa enviar uma mensagem para sua interface de usuário informando que está querendo atualizar um componente. Você pode usar um Handler da seguinte forma: handler.post(new Runnable() { @Override public void run() { // SETA O TEXTO NO SEU COMPONENTE AQUI... } }); O Handler deve ser iniciado no seu contexto, ou ...


3

Primeiramente, acho que você está confundindo um poucos os conceitos. Se a sua classe home estende um Fragment é porque se trata de um Fragment e não uma Activity. É muito fácil manipular um WebView dentro do seu Fragment. Perceba que o método onCreateView retorna uma View inflada pelo LayouInflater. Essa View nada mais é que todo o layout do seu Fragment. ...


3

@SuppressWarnings("StatementWithEmptyBody") @Override public boolean onNavigationItemSelected(MenuItem item) { // Handle navigation view item clicks here. id = item.getItemId(); if (id == R.id.nav_CadastrarCliente) { fragmentTransaction = getSupportFragmentManager().beginTransaction(); fragmentTransaction.replace(R.id....


3

Ia responder através de um comentário porque meu conhecimento nesse aspecto é limitado, mas ia ficar muito grande. A diferença, se houver, é entre Activities e Fragments. De performance acredito que não haja. Quanto a funcionalidade, Fragments, por serem reutilizáveis, permitem interfaces mais complexas que Activities com código mais simples. Até onde vai ...


3

No meu caso so consegui usar um fazer um ImageView redondo usando uma biblioteca externa, no caso meu caso a CircleImageView. Basta adicionar a dependencia no Gradle: compile 'de.hdodenhof:circleimageview:2.0.0' E usar CircleImageView no lugar de ImageView no xml: <de.hdodenhof.circleimageview.CircleImageView xmlns:app="http://schemas.android....


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam