Respostas interessantes marcadas com a tag

11

Para isso você pode utilizar o método startActivity ( Documentação ) Este método solicita como parâmetro um Intent Neste deve se informar um Context (no caso sua Activity) e a class da Activity que deseja abrir: Intent intent = new Intent(this, SegundaActivity.class); startActivity(intent); ADICIONAR O CLICK EM UM BOTÃO ATRAVÉS DO XML: No Seu xml no ...


10

A diferença reside em que a AppCompactActivity permite, recorrendo à support library, usar o ActionBar(introduzido na API level 11) em aplicações a partir da API level 7. Após a revisão 22.1 a support library inclui também suporte ao material color palette, widget tinting e Toolbar. A partir da revisão 24.2 a classe ActionBarActivity, que até aí servia ...


9

Segundo a documentacao: Uma Activity é uma ação especifica, singular, que um usuario pode fazer. Quase todas as Activities interagem com o usuario, entao a classe Activity cuida de criar a janela pra voce na qual voce pode integrar a interface do usuario (UI) com setContentView(View). Em outras palavras, a Activity é como se fosse a unidade base de uma ...


8

Esta é a forma como eu costumo fazer. Na classe do DialogFragment declaro uma interface que define os métodos que a Activity, a que chama o Fragment, deve implementar para ser notificada daquilo que se passa no Fragment. public interface TimeSetListener { public void onTimeSet(int hora, int minuto); } Declaro um campo no DialogFragment para ...


8

Tente alterar a linha: Intent itAjuda = new Intent("com.emanuel.teste.ajuda"); para Intent itAjuda = new Intent("com.emanuel.teste.AJUDA"); OU entao chame assim: Intent openStartingPoint = new Intent(MainActivity.this, AJUDA.class);


7

Defina um WebViewClient na sua WebView para que ele faça o tratamento das URLs: wv.setWebViewClient(new WebViewClient() { @Override public boolean shouldOverrideUrlLoading(WebView view, String url) { view.loadUrl(url); return false; } });


6

O mecanismo usado para receber valores de uma Activity após ela ser abandonada é, ao evocá-la, utilizar startActivityForResult() em vez de startActivity(). Na primeira Activity: static final int ACTIVITY_2_REQUEST = 1; Intent i = new Intent(this, SegundaActivity.class); startActivityForResult(i, ACTIVITY_2_REQUEST); Na segunda Activity: //Quando ...


6

De acordo com esta questão no SO em inglês é preciso serializar objetos porque eles são passados a uma classe chamada ActivityManagerNative que fica em um processo separado dos demais aplicativos. Quando dois processos distintos querem se comunicar a memória não é compartilhada e portanto não é possível passar de um para o outro o mesmo objeto. Porém a ...


6

Use Intents. Na sua Activity 1, use um código mais ou menos assim: Intent i = new Intent(getApplicationContext(), NewActivity.class); i.putExtra("id_pessoa", "1234"); i.putExtra("nome_pessoa", "John Doe"); startActivity(i); Pra recuperar os dados na sua Activity 2: Bundle extras = getIntent().getExtras(); if (extras != null) { Integer idPessoa = ...


6

Isso é um bug: LinearLayout Rendering issues in Android Studio 3.3. O problema foi resolvido, e estará disponível no próximo release: For the shadow in LinearLayout, actually we use it to indicate the direction of LinearLayout. But we agree it is quite annoying for seeing a clear preview. So we remove that shadow when LinearLayout is not ...


5

Para que você passe um objeto como parametro é necessário que o mesmo seja Serializado, ou seja, implemente Serializable. Segue um simples exemplo: Classe: public class Params implements Serializable{ public String param1=""; public String param2=""; public String param3=""; } Setando o parametro: Params obj = new Params(); obj....


5

A hierarquia das Activity é configurada no manifest, onde podemos definir qual a navegação esperada entre as mesmas: Exemplo: <activity android:name=".MainActivity" android:label="@string/app_name" > <intent-filter> <action android:name="android.intent.action.MAIN" /> <category android:name="android.intent....


5

Funcionamento de cada método de uma Activity: onCreate() - É a primeira função a ser executada em uma Activity. Geralmente é a responsável por carregar os layouts XML e outras operações de inicialização. É executada apenas uma vez. onStart() - É chamada imediatamente após a onCreate() – e também quando uma Activity que estava em background volta a ter foco....


5

No próprio site de desenvolvimento do Google tem essas informações, apesar de estar em inglês tem um diagrama bem fácil de entender. Activity E em relação a como identificar em qual etapa uma Activity se encontra você deverá implementar um código que sobrescreve cada método do ciclo de vida da Activity para atualizar o status: import android.app....


5

Como o @IgorMello disse,você deverá usar uma Async Task. Basicamente, o que um Async Task faz é executar um código em uma thread diferente da UIThread, que é thread principal e é responsável pela construção das activities. Dessa maneira, é possível executar um código em segundo plano enquanto a activity carrega normalmente, evitando o "congelamento" da mesma....


5

Olá, vê se algum dos métodos abaixo te ajuda. edittext.setFocusableInTouchMode(boolean) edittext.setFocusable(boolean) Depois que terminar o carregamento você habilita novamente (pode usar o setEnabled(boolean) também).


5

Faça dessa forma, quando for passar pra próxima Activity: Intent intent = new Intent(Activity2.this, Activity3.class); intent.setFlags(Intent.FLAG_ACTIVITY_NEW_TASK | Intent.FLAG_ACTIVITY_CLEAR_TASK); startActivity(intent); Colocando essa Flag, você limpa a pilha de Acitivitys que estão acumulando.


5

onCreate() Fazendo parte do Clico de Vida da Activity, o onCreate() é o método responsável por carregar os layouts e outras operações de inicialização. O ciclo de vida completo da Activity ocorre entre a primeira chamada no onCreate(Bundle) até a chamada do onDestroy(). Sendo assim, uma Activity irá executar tudo o que for "global" no onCreate() e liberar ...


5

A aceleração por hardware está disponível com o Android 3.0 (API level 11). A partir do Android 4.0(API level 14) ela é habilitada por padrão. A aceleração por hardware pode ser controlada aos seguintes níveis: Application No AndroidManifest.xml, indicando true ou false ao atributo android:hardwareAccelerated, na secção <application/>: <...


5

Isso não são 3 formas de "mudar de Activity". São sim formas de implementar o onClick @Ramaral Considerando o que o Ramaral disse, vou explicar abaixo formas de implementar o onClick, de acordo com sua dúvida: Forma 2 View.OnClickListener { public static interface View.OnClickListener } Quando se usa implements, no rigor do termo, uma interface em Java ...


5

você está tetando fazer uma chamada de método em um objeto vazio null, você precisa instanciar em algum momento, depende da sua implementação. private CadastroPresenter cadastroPresenter = new CadastroPresenter(); ou btnEnviar.setOnClickListener(new View.OnClickListener() { @Override public void onClick(View view) { ...


4

Na verdade, não há nenhum problema em herdar da classe ActionBarActivity. A ActionBarActivity é uma superclasse incluída na biblioteca de suporte v7 (android-support-v7-appcompat). Usando essa biblioteca, seu app terá acesso a muitas funcionalidades (O ActionBar por exemplo, surgiu no Android 11) que não estão inclusas no SDK padrão em certos níveis. Se ...


4

O código Java é case-sensitive, isso quer dizer que Double é diferente de double, String é diferente string e assim por diante. Logo, você tem um erro no seu código já que o método OnCreate não existe na classe ListActivity (e por sua vez, na Activity) que foi herdada e acontece que ela nunca é executada em sua classe. Portanto, você só precisa alterar o ...


4

Só pode haver um método onActivityResult() em cada Activity. Esse método é chamado na sequência de cada chamada a startActivityForResult. Ao chamar o método startActivityForResult é passado, no segundo parâmetro, um requestCode. Esse requestCode é recebido no método onActivityResult(). Basta verificar qual é esse requestCode e atuar em conformidade. ...


4

Você não pode/deve fazer isso assim. É o fragment que deve receber os eventos das suas views. O método findViewById() só consegue encontrar as views que façam parte do layout passado ao método setContentView(). Como o botão não está no layout da Activity, findViewById(R.id.email_criar_button); retorna null. O habitual nestes casos é fazer com que o ...


4

Se você for usar uma vez só o Bundle / Intent servirá, agora se quiser mante-los e recuperar depois em qualquer activity use SharedPreferences SharedPreferences pref = getApplicationContext().getSharedPreferences("MYPREF", 0); Editor editor = pref.edit(); Para inserir os dados use editor.putInt("key_name", "value"); editor.putString("key_name", "...


4

Sim, é "prejudicial" e não deve usar. Desde logo porque vai contra o primeiro principio do SOLID: uma classe deve ter uma só responsabilidade. O próprio nome Activity(Actividade) sugere isso mesmo. A cada Activity deve corresponder um layout, com a respectiva lógica para o manipular. Com isso se consegue: Reduzir a complexidade do código. Maior ...


4

Essa não é a melhor abordagem. Se tem uma operação(função) que é executada periodicamente e cujo resultado quer obter em mais de um local da sua aplicação, não a faça numa Activity. Uma Activity não deve depender de outra para executar a sua função. O Android disponibiliza a classe Service para casos desse tipo. Num Serviço as operações são executadas ...


4

Neste caso você tem 4 opções ao meu ver: 1 - Vai ter que trafegar as informações de uma view para outra através das intents e nisso você ler o valor com getExtras() da intent na outra activity, como no exemplo abaixo: Intent intent = new Intent(this, Activity2.class) intent.putExtra("var1", 10); startActivity(intent); //Aqui você vai ler na Activity2 ...


4

Qualquer que seja a situação não é "aconselhável" que o estado inicial de um objecto seja determinado recorrendo ao uso de "setters". As "boas práticas" preconizam que o estado inicial de um objecto deve ser determinado na sua construção. O objecto deve ser construído recorrendo a um construtor que receba os valores necessários para o criar num estado ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam