Respostas interessantes marcadas com a tag

55

Muito do que está aqui já faz menos ou nenhum sentido sentido, o .NET Core evoluiu e agora faz algumas coisas que digo que ele não faz, por exemplo rodar WinForms, WPF, EF6, ASP.NET MVC normal e outras coisas, e ele substitui outras implementações, inclusive o .NET Framework agora morreu. É uma variação do conhecido .NET Framework (e agora já começa o ...


27

De fato o .NET Framework é uma plataforma interessante que tem seu mérito, mas não serve para tudo. Acredito eu que o advento dos containers, microsserviços, IoT, internet always on e a ascensão do mobile fizeram a Microsoft rever a estratégia e perceberam que o .NET não atendia os novos requisitos. Na verdade dois produtos foram criados para atender as ...


23

Obviamente que o comentário foi um pouco informal e meio click bait :). Mas sim, ele está morto em certo sentido. Não em todos. O .NET Framework é uma das implementações do CLR e de outras coisas necessárias pra tudo funcionar, como por exemplo a BCL. Como foi a primeira e meio que oficial por ser mantida pela Microsoft, e vir com o Windows e ser a única ...


16

O .NET Core passa ser a única opção em 2020 e se chamará .NET 5. Então a pergunta já não faz muito sentido e está aqui por questões históricas. Sim, dá para dizer que sim. Mas com algum cuidado. Primeiro precisaríamos definir o que é ser "estável para produção". Quando a Microsoft lançou a versão 1.0 dele o classificou estável para produção. Então ...


13

Esta pergunta passa fazer pouco sentido agora porque o .NET Framework morreu, só sobrou o .NET Core, que passa ser chamado de .NET 5. Principalmente a conclusão desta resposta já não importa mais. Há uma página indicando o que é a nova proposta de .NET Platform Standard. Isso talvez seja o mais importante. Se quer algo portável entre as variadas ...


10

Para projetos novos só deve usar .NET Core que será o único que framework que irá sobreviver (ver mais). Veja mais em O .NET Framework está morto?. Não sei se tem relevância ainda, mas... O .NET Standard não é uma biblioteca, então você não pode usar. Como o próprio nome diz é um padrão, é uma especificação. Pode ver mais em Qual a diferença ao ...


9

Usando o comando dotnet add do CLI do .NET Core É possível fazer isto usando o CLI do .NET Core com o comando dotnet add, a opção package e o nome do pacote logo em seguida. Por exemplo, para adicionar a última versão do Entity Framework. MeuProjeto> dotnet add package EntityFramework Para especificar uma versão, é possível usar o argumento --version. ...


9

Qualquer material que ensine uma linguagem em cima de um IDE não é um bom material pra se aprender linguagem. Inclusive não gosto do material que está usando, mas é só minha opinião. O C# é a mesma linguagem não importa em qual runtime ou sistema operacional que está rodando. Então se aprender a linguagem com um bom material pode usar esse conhecimento de ...


9

Além do MonoDevelop que já usa, pode usar diversos outros editores (Vim, Emacs, Sublime, etc.), alguns possuem algumas facilidades para C#. Poucas. Outros possuem algo mais. O Visual Studio Code parece promissor e quem sabe um dia chegue perto do Visual Studio completo só para Windows pelo menos para desenvolvimento web e console (duvido que faça muito mais ...


8

Isto não é mais válido com a implantação do CLI - Command Line Interface Aos poucos toda tecnologia que surgiu à partir da abertura do código do .Net e da arquitetura mais modular vai se consolidando e chegando no ponto de ter tudo o que é necessário para usar em produção. Você já deve saber que o CoreCLR substitui o .NET que é uma plataforma cheia de ...


6

Eu gosto de utilizar uma plataforma similar ao Sublime text , chamada Atom e tem muitas linguagens que se pode usar e alguns plugins que podem ser usados para testes mas nada muito visual (tudo na base do editor de texto mesmo), mas vale apena dar uma olhada no youtube pra ver seu funcionamento.


6

Executável monolítico mesmo só com o .NET Native. Com o .NET Core é fácil gerar um executável único, mas ainda precisará do runtime separado, pelo menos reduz para uma única DLL. E não precisa ter o .NET Framework instalado. Se for uma aplicação normal .NET Framework pode usar o ilmerge que é feito pra juntar tudo em um arquivo só. Mas se tiver DLL não ...


6

Mas e quanto ao Linux? Eu sei que sem o .NET Core instalado ele não irá conseguir executar um aplicativo nativamente do .NET, mas isso exige a sua instalação na máquina. Isto não é verdade. O .NET Core não é igual ao .NET Framework justamente por isto. Ele não precisa estar instalado. Na verdade nem pode ser instalado. Ele é um SDK que você usa no seu ...


6

Não, o .NET 5 não é instalável, assim como qualquer .NET Core que no fundo é o .NET 5. Ele gera uma aplicação auto contida com tudo o que precisa e por isso basta copiar na máquina e executar direto. Chama e executa, simples assim. Ele não vai fazer nada de especial como instalar algo antes. O .NET Core 3, ou .NET 5 quando sair, tem tudo o que ele precisa ...


5

Acho que o melhor caminho para você é desenvolver para .NET Standard (acho que preciso dar uma resposta atualizada lá) 2.0. Ele é uma especificação que não deixa você usar recursos exclusivos para uma implementação da CLI (o .NET em termos gerais). Assim tudo o que pode usar estará disponível não importa onde use. Claro que isto pode ser um pouco limitante ...


5

Para ter a resposta e entendimento desta pergunta, antes é preciso olhar a imagem abaixo que exemplifica bem o status atual da plataforma .NET: Existem dois Frameworks. Sendo o .NET Framework 4.6 o mais maduro, por ter anos de desenvolvimento e produção. Este, apelidado por "Full Framework", está disponível apenas para aplicações Windows. Ou seja, ...


4

Você vai ter que usar a nova classe HttpClient em System.Net.Http, que está disponível no Nuget. Um exemplo bem simples de como usar: using(var client = new HttpClient()) { var response = await client.GetStringAsync(URL); //Existem outras opções aliém do GetStringAsync, aí você precisa explorar a classe }


4

Em princípio nenhum problema. Claro que no momento que elas se inter-relacionem o síncrono sempre prevalecerá e a pare síncrona causará espera naquele ponto, mas se estiver dentro de algo sendo chamado assincronamente essa parte ainda manterá concorrência. Se você chamar sincronamente um código em um método assíncrono esta chamada será síncrona, e só uma ...


4

Basicamente você precisa criar uma Middleware, que ao verificar o seu código se existe ou não um condominio faz o redirecionamento. Exemplo: Crie uma classe: public class RedirectNoApartment { private readonly RequestDelegate _next; private readonly bool status = true; private readonly string path = "/home/about"; public ...


4

O cálculo está sendo feito de forma conceitualmente errada. Não é só problema de arredondamento. Embora raro, só não arredondar pode dar diferença do mesmo jeito porque em um ponto lá no fim da precisão pode dar uma diferença mínima em alguns casos (não vai acontecer quando os percentuais são inteiros). Na verdade eu acho que este método ainda está ...


3

O método BuscarTodos() obviamente, a não ser que seja modificado, nunca executará assincronamente.. O seu Get() executará assim quando for chamado com um await. Como ele é muito simples e só chama outro método síncrono, não haverá ganho. O ganho se daria só neste método, entre o seu próprio código que é quase indivisível. A assincronicidade que deseja tem ...


3

Não muda quase nada. Normalmente você deve setar usando como alvo uma versão do próprio .NET Core. O que muda é especificar onde vai rodar. Para o Windows basta dar este comando: dotnet publish -c Release -r win10-x64 Para o Linux basta mudar o alvo, mas nunca fiz, provavelmente ubuntu.16.04-x64 (veja o catálogo). Antes precisa configurar o csproj para ...


3

Deixando de lado Xamarin que não é .NET Core e atende o mobile para Android e iOS (roda UWP no finado Windows Phone), mas que eu acho que esses produtos vão se aproximar, é possível desenvolver GUI no .NET Core com qualquer biblioteca que acessa a API de GUI do sistema operacional que estiver usando. Oficial não tem nada mesmo, além dos citados. Mas tem ...


3

Para poder imprimir as acentuações é necessário definir o encoding do output do console, para isso adicione Console.OutputEncoding = System.Text.Encoding.UTF8 no início do seu código. Ficando assim: using System; namespace MediaDoisNumeros { class Program { static void Main(string[] args) { Console.OutputEncoding = ...


3

Não faz. Os dois frameworks são coisas diferentes e incompatíveis. Pra isto existe o .NET Standard, você pode fazer com que a class library tenha como target o .NET Standard e isso vai fazer com que ela possa ser usada tanto em projetos .NET Core como em projetos .NET Framework. Você pode ver mais na documentação do .NET Standard. Esta pergunta também ...


3

É possível sim. Eu mesmo inclui um referencia para a última versao alpha bilblioteca num projecto .NET core 2.0 e nem deu warning nenhum. Normalmente quando há problema de incompatibilidade o compilador emite um warning. Caso isso nao resulte para si, voce deve incluir a fonte indicada por eles na sua lista de fontes de pacotes. Ele é compatível porque ele ...


3

É possível se usar o .NET Core. Também é possível como Mono, mas este está cada vez menos necessário. O .NET Core tem algumas limitações ainda. Até 2019 deixará de ter a maioria delas e poderá portar sua aplicação completa para ele. Mas hoje boa parte já consegue ser portada. Algumas coisas nunca poderão ser portadas, mas de qualquer forma são coisas que ...


3

Hoje venho trazer, uma forma de utilizar o X.PagedList.Mvc com Coree Bootstrap 4.0: Primeiramente temos que baixar o X.PagedList.Mvc.Core via NuGet. Na VIEW Utilizaremos: @using X.PagedList.Mvc.Core @model X.PagedList.StaticPagedList<"Seu Model"> E aqui está o truque: <div> <div style="float: right"> Página @(Model....


3

Em princípio, sim. O formato das DLLs do CLR, ou mais comumente chamado .NET (apesar de ser tecnicamente um erro), é universal e funciona em qualquer ambiente preparado para seu uso. isto inclui pegar algo do .NET Framework e usar no .NET Core. Só haveria alguma diferença para o .NET Native que tem um formato nativo. Isto não quer dizer que tudo funcionará. ...


3

Não, pelo menos na forma normal. Os arquivos que parecem executáveis não são completamente executáveis assim, eles possuem um bytecode e não um código pronto para ser executado. Ele é encapsulado no mesmo tipo de arquivo que um executável normal, mas ele só tem código que o .NET entende, que é multi plataforma e não para uma específica. Isso não quer dizer ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam