Estamos recompensando usuários que escrevem perguntas & reputações serão recalculadas! Saiba mais.

Respostas interessantes marcadas com a tag

14

De forma geral, fácil e garantida não tem como saber. Pode olhar o binário em um editor que permita isto (provavelmente um editor hexadecimal) e procurar por assinaturas do binário que entregue a informação. É comum o compilador colocar algo que indique o que foi usado para gerar aquele binário. Se não der, pode procurar por funções comuns usadas na ...


8

O seu vírus não foi reconhecido como vírus. Ele foi marcado como um programa de uma fonte não reconhecida pela Microsoft, o que é muito diferente. Todo "menino do computador" sabe que parente leigo com acesso de administrador + Windows = ninho de malwares a procriar e evoluir. Tem sido assim desde o Windows 95, talvez até mais cedo. Em uma tentativa de ...


7

Se é algo simples, é fácil e a melhor coisa é fazer de novo. Se é algo complexo não vai obter um bom resultado descompilando o código. Em qualquer caso o resultado melhor é fazer de novo, aproveitar para aprender mais um pouco e tomar mais cuidado na próxima vez. A descompilação não gera um bom resultado para que possa ser trabalhado adequadamente. Mas se ...


7

É uma assinatura de executável. É uma forma simples e ingênua de verificar se o executável está em determinado formato. Se tudo estiver certo funciona, mas pode ser algo forjado ou coincidente, é improvável, mas pode acontecer, e claro que tem outras validações, mas esta é a primeira que é feita, se não encontrar isso já sabe que esse formato não é. Segundo ...


5

Execute o seguinte código bat: taskkill /F /IM ACCA.exe ping 127.0.0.1 -n 10 start c:\exe\ACCA.exe O ping serve como um sleep( ̶n̶ã̶o̶ encontrei a função de sleep no bat) para alguns casos de aplicações que são pesadas e precisam de um certo tempo para finalizar todos os seus serviços, o parâmetro -n 10 indica que o sistema deve aplicar o ping no ip(você ...


4

Você já colocou o comando necessário para finalizar o programa, que é o taskkill, agora só falta por um start antes do caminho do arquivo para inicializa-lo novamente. Seu batch ficaria assim: taskkill /f /im ACCA.exe start c:\exe\ACCA.exe Se quiser que ele espere alguns segundos antes de iniciar o programa você pode colocar o comando timeout /t 10 (para ...


3

Pesquisei um pouco sobre o assunto, percebi que tempos atras e até os dias atuais se usa engenharia reversa para descobrir em qual linguagem o programa/aplicativo foi criado, mas dependendo da segurança e criptografia do programa fica bem difícil. Portando hoje em dia está um pouco mais "pratico" saber isso, com alguns programas específicos, encontrei em um ...


3

Não muda quase nada. Normalmente você deve setar usando como alvo uma versão do próprio .NET Core. O que muda é especificar onde vai rodar. Para o Windows basta dar este comando: dotnet publish -c Release -r win10-x64 Para o Linux basta mudar o alvo, mas nunca fiz, provavelmente ubuntu.16.04-x64 (veja o catálogo). Antes precisa configurar o csproj para ...


3

Depende da plataforma. Um executável é um conjunto de instruções que determinam o que a máquina deve fazer, então se ele usa instruções que uma plataforma não entende não vai funcionar. É como dizer que você pode chegar no Japão e será compreendido. Não vai. Cada um com seu jeito. Até existem técnicas para fazer isto acontecer, mas é uma camada de abstração ...


3

Ajuste o ambiente com o comando set __COMPAT_LAYER=WIN98 E rode o programa. As opções são as seguintes:


3

É possível se usar o .NET Core. Também é possível como Mono, mas este está cada vez menos necessário. O .NET Core tem algumas limitações ainda. Até 2019 deixará de ter a maioria delas e poderá portar sua aplicação completa para ele. Mas hoje boa parte já consegue ser portada. Algumas coisas nunca poderão ser portadas, mas de qualquer forma são coisas que ...


3

Clique em build -> publish Uma tela aparecerá para você configurar como será feita a instalação no PC do cliente, configure da forma que te atenda e publique. Será criado um Setup, um Manifest e uma pasta com o nome Application files onde você configurou a saída. No PC do cliente é só você executar a forma de instalação que você configurou e seu programa ...


3

Voce pode usar o cx_Freeze. pip install cx_Freeze Criar um arquivo chamado setup.py no mesmo diretorio do seu arquivo (exemplo teste.py) Dentro do arquivo setup.py você joga o código que vou deixar no final da resposta Execute o comando python setup.py build Dentro da pasta build vai ter seu executável. setup.py from cx_Freeze import setup, Executable ...


2

Se tu tens a DLL ou o EXE, dá pra o usar o gratuito Jet Brains DotPeek https://www.jetbrains.com/decompiler/ Um colega precisou usar e conseguiu recriar o código. Só não vem os comentários. E pode dar mais trabalho se você fez Obfuscation no seu código.


2

Esta resposta é simplista, mas tenta dar uma ideia. Imagine que os programas são uma lista de solicitações para fazer algo. Assim como num restaurante onde voce faz o pedido informando que quer bem passado, com ou sem cebolas, ..., isto é só o pedido (seu programa). Quem vai realmente preparar o prato (o kernel do sistema operacional) está na cozinha tenta ...


2

Você pode usar o Electron, um framework de código aberto desenvolvido pelo GitHub. Com o Electron, você usa JavaScript, HTML e CSS para criar aplicações desktop multiplataforma (MacOS, Linux e Windows). Alguns exemplos de aplicações criadas com o Electron são o VSCode, Atom e muito mais.


2

Corroborando a resposta do Maniero, em ambiente Windows não existe maneira garantida de saber qual a linguagem em que o executável foi escrito. O que é um executável. Um programa executável ou arquivo executável, também conhecido com imagem binária, em informática é um arquivo em que seu conteúdo deve ser interpretado como um programa por um sistema ...


1

Você pode instalar o scapy utilizando o pip no prompt do Windows. Basta escrever pip install scapy Se houver alguma dependência necessária para o funcionamento do pacote, o pip se encarregará de instalá-lo para você.


1

Para executar um comando no terminal usando o TypeScript, você pode utilizar a função exec da biblioteca nativa do NodeJS child_process. Com ela, você pode fazer: import { exec } from 'child_process' exec("mkdir test", (err, stdout, stderr) => { if (err) { // Caso o Node não consiga efetuar o comando return console.error(err) } ...


1

Bom dia amigo, É simples, crie uma aplicação que execute primeiramente o configurador do MongoDb, usando o WaitForExit(). Logo após você pode executar o instalador do Software de gerenciamento. Segue a lógica do WaitForExit(). var process = Process.Start(...); process.WaitForExit(); Documentação: https://docs.microsoft.com/en-us/dotnet/api/...


1

Eu tive um problema muito parecido e consegui resolver com o comando: pyinstaller --noconsole exec_main.py Verifique se ajuda. Referência: Windows and Mac OS X specific options


1

Você pode usar o cython também. Existe algum ganho de perfomace. cython main_script.py --embed Porém acho que a solução mais simples é utilizar o PyInstaller, funciona no Windows, Linux e MacOS. Ele cria um pacote com tudo incluso(python, libs, e o executavel). pyinstaller main_script.py


1

Usando o próprio Visual Studio, clique com o botão direito no projeto que deve ter o executável gerado e depois em Publicar. Não basta apenas fazer o build. Depois clique em editar e defina o destino do executável. Então clique em publicar.


1

Se o seu banco for PostgreSQL você pode colocar uma função em PL/Python direto dentro do banco - a documentação está aqui: https://www.postgresql.org/docs/9.0/static/plpython.html Eu não sei se o Python dentro do postgresql vai ter limitações (como acesso ao filesystem, importar módulos terceiros que não tenham a ver com o postgres, etc...) mas ...


1

Compile seu projeto no visual studio: BUILD > BUILD SOLUTION ou Tecla de atalho, F6 o Executável será gerado na pasta: [Pasta do seu projeto]\bin\Debug


1

Um executável padrão pode ter recursos dentro dele além do código binário de execução. Como já deve saber isso é chamado de resources (nome no Windows, mas pode fazer no Linux também, e no MAC OS usa-se bundles). Pode ser textos ou outros formatos de dados diversos, inclusive imagens de diversos formatos como os ícones. Existem alguns utilitários para ver ...


Apenas as respostas wiki não pertencentes à comunidade mais votadas e de um tamanho mínimo se qualificam