13

Preciso criar uma app Java desktop, e com isso passar diversos parâmetros do tipo:

java meuapp.jar -DB c:\base.db -user admin -senha admin

Tem um jeito fácil de pegar esses parâmetros? Algo assim:

    public static void main(String args[]) {
         TipoMap<String> argum = TipoMap(args);
         usuario = agum.get("user");  
         senha = argum.get("senha");
         ...
    } 
4
  • 1
    No main você pode passar diversos argumentos, justamente por isso ele recebe um vetor de strings.
    – user28595
    13/11/2015 às 17:39
  • 1
    Aqui há algum material que pode ajudar (enquanto ninguém posta uma resposta apropriada): stackoverflow.com/questions/367706/… 13/11/2015 às 17:39
  • 1
    Ex.: public static void main(String args[]) nesse args[] é onde você vai tratar os argumentos esperados(no seu caso, user e senha) dentro do seu código. É isso que você quer fazer?
    – user28595
    13/11/2015 às 17:41
  • 1
    isso eu sei, quero um jeito fácil e legível de fazer isso.
    – HagaHood
    13/11/2015 às 19:14

3 Respostas 3

13

Uma das bibliotecas mais conhecidas que faz isso é Commons.CLI. Com ela é possível tratar argumentos da forma como o AP deseja. Com ela estabelece quais as opções possível, o formato e depois processa o que veio pela linha de comando, determinando o que executar. É bem intuitivo e possui boa abstração para se ater ao resultado final e não ao mecanismo de leitura dos argumentos.

Exemplo da documentação:

// create the command line parser
CommandLineParser parser = new DefaultParser();

// create the Options
Options options = new Options();
options.addOption( "a", "all", false, "do not hide entries starting with ." );
options.addOption( "A", "almost-all", false, "do not list implied . and .." );
options.addOption( "b", "escape", false, "print octal escapes for nongraphic "
                                         + "characters" );
options.addOption( OptionBuilder.withLongOpt( "block-size" )
                                .withDescription( "use SIZE-byte blocks" )
                                .hasArg()
                                .withArgName("SIZE")
                                .create() );
options.addOption( "B", "ignore-backups", false, "do not list implied entried "
                                                 + "ending with ~");
options.addOption( "c", false, "with -lt: sort by, and show, ctime (time of last " 
                               + "modification of file status information) with "
                               + "-l:show ctime and sort by name otherwise: sort "
                               + "by ctime" );
options.addOption( "C", false, "list entries by columns" );

String[] args = new String[]{ "--block-size=10" };

try {
    // parse the command line arguments
    CommandLine line = parser.parse( options, args );

    // validate that block-size has been set
    if( line.hasOption( "block-size" ) ) {
        // print the value of block-size
        System.out.println( line.getOptionValue( "block-size" ) );
    }
}
catch( ParseException exp ) {
    System.out.println( "Unexpected exception:" + exp.getMessage() );
}

Coloquei no GitHub para referência futura.

5

Sim, tem.

Sabe aquela classe main(String[] args) que é o ponto de entrada da sua aplicação? É nessa variável args que os parâmetros digitados ao chamar a aplicação são armazenados.

Quando você fizer

java meuapp.jar param1 param2 param3

todos esses parâmetros estarão no array args

Acho que é interessante você ler essa resposta


Veja um exemplo de como usá-los:

public class Program {
    public static void main (String[] args) {
        for (String s: args) {
            System.out.println(s);
        }
    }
} 
5
  • isso eu ja sabia. o que eu quero é não ter que percorrer o array e ter que tentar adivinhar qual a ordem dos parametros
    – HagaHood
    13/11/2015 às 19:09
  • Seria interessante ter colocado essa informação na pergunta.
    – Jéf Bueno
    13/11/2015 às 19:15
  • Desculpe, poderia me ajudar a explicar essa minha necessidade? minha pergunta até já foi respondida, mas pode haver outros com a mesma duvida.
    – HagaHood
    13/11/2015 às 19:29
  • Mas se quiser você pode editar a pergunta.
    – HagaHood
    13/11/2015 às 19:37
  • @HagaHood só acharia interessante você comentar que sabe usar os parâmetros do método main. De qualquer forma eu irei deixar minha resposta aqui para fins de colaboração com outras pessoas que tenham essa dúvida, mesmo ela não respondendo a sua.
    – Jéf Bueno
    16/11/2015 às 12:46
4

Se você usa o framework Spring para fazer a injeção de dependência e gerenciar seus beans, você pode desacoplar o seu código de fazer buscas em linhas de comando e simplesmente injetar valores lidos do ambiente.

Exemplo:

@Component
public class MeuComponente {

    @Value("${usuario}")
    private String usuario;

}

Consulte a documentação e verá que os valores injetados são lidos de diversas fontes, sendo a primeira os argumentos de linha de comando, mas também incluindo propriedades de sistema do Java (system properties), variáveis de ambiente e arquivo de configuração do Spring.

Essa abordagem é flexível e facilita testar os componentes individualmente, além de permitir vários mecanismos de configuração do sistema. Por exemplo, o usuário pode definir o banco de dados como uma variável de ambiente, enquanto a senha é passada via argumento de linha de comando e outras configurações padrão estão definidas no arquivo application.properties que vai junto com o sistema.

E, se em algum momento precisar acessar os argumentos de forma mais direta, basta injetar ApplicationArguments. Exemplo:

@Component
public class MeuComponente {

    @Autowired
    public MeuComponente(ApplicationArguments args) {
        List<String> dbs = arg.getOptionValues("DB");
        if (!dbs.isEmpty()) {
            carregaDB(dbs.get(0));
        }
    }

}

Claro que se você quiser aceitar argumentos de forma mais elaborada como em programas nativos do sistema operacional, é melhor usar outra biblioteca (como a citada na resposta do @Maniero), embora minha recomendação geral seria simplesmente não usar Java.

2
  • Obrigado! mas bem que eu queria não usar java desktop, mas como tenho que fazer integração com um sistema que a biblioteca de integração só é fornecida em java, não tenho muita alternativa
    – HagaHood
    17/11/2015 às 9:42
  • 1
    @HagaHood Entendo. Boa sorte. :)
    – utluiz
    18/11/2015 às 3:28

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.