5

Em uma aplicação Java, como faço para saber quantos objetos de uma classe foram instanciados? Essa dúvida me surgiu lendo o artigo mencionado no link abaixo. Segue o trecho que me gerou a dúvida:

2.4 - Fábrica de Conexões

Em determinado momento de nossa aplicação, gostaríamos de ter o controle sobre a construção dos objetos da nossa classe. Muito pode ser feito através do construtor, como saber quantos objetos foram instanciados ou fazer o log sobre essas instanciações.

Fonte: Caelum

  • 1
    Não sei se é exatamente isso que você está procurando, então vou deixar como comentário: Para contar a quantidade de objetos instanciados você pode usar uma variável estática (e.g., static int instantiationCounter ou static AtomicInteger instantiationCounter ) e incrementar o valor toda vez que o construtor for chamado. Seguindo o padrão factory você pode fazer coisas interessantes como armazenar a quantidade de instanciações globais vs quantidade de instanciações locais (varíavel no escopo da factory), etc. – Anthony Accioly 5/11/15 às 13:03
6

Você vai criar um membro estático na classe que guardará o contador de instâncias.

No construtor vai incrementar este contador.

Só precisa saber quantas foram instanciadas ou precisa saber quantas estão instanciadas? Se precisar da segunda, terá que decrementar o contador quando o objeto for destruído ou disponibilizado.

Se deve ser decrementado na destruição, provavelmente será feito no método finalize(). Se precisa fazer isto quando ele deixa de ser usado, o decremento deverá ocorrer no método dispose() ou algo semelhante que seja chamado sempre que seja disponibilizado. Ou pode usar a interface java.lang.AutoCloseable na classe e o uso do objeto deverá ser feito de forma a garantir que ele seja chamado, como é o caso do padrão do try with resources.

Exemplo:

public class teste {
    protected static int count = 0;
    public teste() {
        count++;
    }
    protected void finalize() throws Throwable {
        count--;
    } 
    public static int getInstanceCount() {
        return count;
    }
}

Obviamente esta é uma implementação simplista e que terá problemas em ambiente multithread.

Esta operação não é atômica. Você pode ter uma thread lendo o contador, vamos supor que o contador valha 1. Aí outra thread também lê o contador que ainda vale 1. A primeira thread faz incremento e ela passa valer 2. A segunda thread faz o mesmo e ela passa valer 2. Mas se antes valia 1, então tinha uma instância, agora duas novas instâncias foram criadas por 2 threads simultâneas, totalizando 2 instâncias, mas o contador está valendo 2. Ocorre o mesmo no decremento, contando menos do que deve.

Para resolver isto teria que criar alguma forma de travamento, garantindo que a operação seja atômica.

  • Mas por que essa solução seria um problema para ambiente multithread? @bigown – Duds 18/11/15 às 3:06
  • 1
    @Duds editei... – Maniero 18/11/15 às 12:02
  • obrigado @bigown – Duds 18/11/15 às 22:12
2

No Java existe um modificador chamado static que faz com que os valores/métodos estejam no escopo da classe, e não da instancia, sendo assim você pode facilmente criar uma variável public static int contadorInstancias = 0; e incrementá-la sempre que o construtor for utilizado.

Você pode obter mais informações sobre static aqui: http://www.guj.com.br/articles/121

2

Antes de mais nada você deve entender que uma Fábrica de Conexões nada mais é que uma classe que irá realizar a criação dos objetos para você, assim sendo você pode utilizar a adotada estratégia em quase 100% dos casos com o modificador static.

O modificador STATIC

Esse modificador serve para que um método ou propriedade seja relativo a CLASS e não ao OBJETO instanciado. Exemplo: digamos que em uma classe ObjectFactory possui a seguinte estrutura

public class ObjectFactory {
    private static int counter;
    private static ObjectFactory instance;

    public static object createInstance(TargetEnum target) {
        // ... lógica para instanciar a classe alvo
        counter++; // <-- aumentar o contador de objetos criados (este aqui não separa por tipo de objeto)
        // retornar o objeto instanciado.
    }

    // Retorna a quantidade de objetos instanciados
    public static int getQuantidadeObjetosInstanciados() {
        return counter;
    }

    public static ObjectFactory getInstance() {
        if (instance == null)
            instance = new ObjectFactory();
        return instance;
    }
}

Seguindo essa idéia acima a classe pode realizar duas coisas. A primeira é a que sempre que você usar o método getInstance ele sempre irá retornar o mesmo objeto independente de quantas vezes você chamar.

ObjectFactory obj1 = ObjectFactory.getInstance();
ObjectFactory obj2 = ObjectFactory.getInstance();

// obj1 === obj2 - sempre irá resultar em true e alteração em um alterará o outro também

A segunda é utilizando o getQuantidadeObjetosInstanciados que sempre irá mostrar o valor dos elementos instanciados

// ObjectFactory counter = 0
TargetClass objAlvo = ObjectFactory.createInstance(TargetEnum.TargetClass);
int qtdInstances = ObjectFactory.getQuantidadeObjetosInstanciados();
// qtdInstances = 1
TargetClass objAlvo2 = ObjectFactory.createInstance(TargetEnum.TargetClass);
int qtdInstances = ObjectFactory.getQuantidadeObjetosInstanciados();  
// qtdInstances = 2

Você pode combinar eles e tudo mais, mas é importante lembrar que no finalize da class seria bom você decrementar o contador.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.