2

Levando em conta a seguinte modelagem:

ID INT(10) NOT NULL AUTO_INCREMENT PRIMARY KEY
PONTO INT (10) NOT NULL UNIQUE
ENDEREÇO INT (10) NOT NULL (FOREIGN KEY)

Onde o campo ID é um Auto Increment, o campo PONTO é um campo com valores únicos (não pode se repetir, como uma PK) e ENDEREÇO é uma relação com outra tabela.

É possível eu utilizar o IGNORE com base no campo PONTO ou devo torna-lo a PK?

Se for possível (utilizar ignore com base no ponto), utilizar os recursos de Last Index do MySQLi e do PDO (no PHP) retornaria o ID caso o item já existisse no banco?

1 Resposta 1

2

Não há problema de se usar IGNOREem qualquer chave única, o efeito é o mesmo.

o IGNORE age tanto em violações de PK quanto a outras constraints, como o UNIQUE. Tanto é que você pode usar INSERT IGNORE se sua tabela tiver alguma constraint neste formato, inclusive:

alter table vote add constraint unique (ponto, endereço);

Em caso de violação da constraint, simplesmente o insert não acontece, e é gerado apenas um warning (que será ignorado sem problemas pela aplicação).

Só pra constar, lembre-se também que existe o INSERT … ON DUPLICATE KEY UPDATE que pode ser mais interessante em alguns casos (talvez não no seu exemplo, que me parece ser uma espécie de relação chave-valor).

Nota:

Se você pretende usar o LAST_INSERT_ID(), vai precisar de alguns cuidados. De acordo com a documentação:

If you use INSERT IGNORE and the row is ignored, the LAST_INSERT_ID() remains unchanged from the current value (or 0 is returned if the connection has not yet performed a successful INSERT)

Que traduzindo livremente é

Se você usar INSERT IGNORE e a linha for ignorada, o LAST_INSERT_ID() permanece como estava anteriormente, (ou 0 é retornado caso não tenha havido INSERT bem-sucedido)


Isto significa que você deve verificar se houve mesmo uma inserção real, pois caso não haja, o valor do LAST_INSERT_ID() pode estar contaminado e isto pode ser desastroso para a aplicação.

Talvez seja o caso de conjugar o resultado com o MYSQL_AFFECTED_ROWS() para se saber se o valor retornado é utilizável de fato. Caso o valor retornado seja 0, é sinal de que o ID retornado não corresponde à query que acabou de ser realizada.

3
  • É parece que o IGNORE não é a solução, minha esperança é que tivesse alguma forma de pegar o ID "duplicado" sem ter que fazer um SELECT. Valeu, praticamente já resolveu, só vou esperar até amanhã pra ver se aparece mais alguma resposta interessante.
    – KaduAmaral
    4/11/2015 às 21:04
  • 1
    @KaduAmaral o IGNORE é meio chatinho nesse aspecto. Cheguei a pensar se dava pra resolver com subquery, mas pensando bem, tem coisa que fica mais propensa à problemas de tanto que a gente quer simplificar. Quanto a esperar por mais respostas, acho sempre bom, pois incentiva o pessoal a postar coisas interessantes e complementar com informações novas.
    – Bacco
    4/11/2015 às 21:08
  • Penso o mesmo tanto aos problemas quanto as respostas. :)
    – KaduAmaral
    4/11/2015 às 21:40

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.