2

Com base nos meus conhecimentos, eu criei uma função que retorna uma matriz inicializada:

int** initMatriz(int rows, int cols){
    int i,j;
    int** matriz;

    //aloca memoria para todas as linhas
    matriz = (int**) malloc(rows * sizeof(int*));
    for(i=0; i < rows ; i++){
        //para cada linha eu aloco o nmr de colunas
        matriz[i] = (int*) malloc(cols * sizeof(int));
        //inicializa 
        for(j=0 ; j < cols ; j++){
            matriz[i][j] = 0;
        }
    }

    return matriz;
}

No momento de inicializar:

int** matriz = initMatriz(rows, cols);

A partir desse ponto, como eu descubro o número de linhas e o número de colunas?

3
int** matriz = initMatriz(rows, cols);

A partir desse ponto, como eu descubro o número de linhas e o número de colunas?

Bem, a resposta está ali mesmo. Basta você olhar para os parâmetros rows e cols e eles te darão a resposta.

Ok, talvez você queira saber como fazer isso caso você não tenha mais acesso aos valores de rows e cols. E a resposta é que não dá para fazer isso, ao menos não de forma portável. O valor do ponteiro é um número que diz em qual endereço de memória começa o bloco de memória que foi alocado, mas nada diz sobre o seu tamanho.

Se você conhecer os detalhes profundos da sua implementação de malloc, talvez você possa encontrar essa informação nas tabelas de alocação de memória que forem criadas ou em algum outro tipo de informação interna mantida pelo malloc. Entretanto, uma solução baseada nisso é inerentemente não-portável.

A solução adotada em quase todos os casos incluem você encapsular o ponteiro para o array e o tamanho do array alocado juntos em uma mesma estrutura para isso. Desta forma, você elimina o problema fundamental que é não ter o tamanho da área alocada juntamente com essa própria área. Por exemplo:

typedef struct {
    int rows;
    int cols;
    int** pointer;
} Matriz;

Matriz* initMatriz(int rows, int cols) {
    int i, j;

    // Aloca a memória para todas as linhas.
    int **matriz = (int**) malloc(rows * sizeof(int*));
    for (i = 0; i < rows; i++) {
        // Para cada linha, eu aloco o número de colunas.
        matriz[i] = (int*) malloc(cols * sizeof(int));
        // Inicializa.
        for (j = 0; j < cols; j++) {
            matriz[i][j] = 0;
        }
    }
    Matriz *resultado = (Matriz *) malloc(sizeof(Matriz));
    resultado->rows = rows;
    resultado->cols = cols;
    resultado->pointer = matriz;

    return resultado;
}

Para destruir uma matriz a fim de liberar memória:

void freeMatriz(Matriz *matriz) {
    for (int i = 0; i < matriz->rows; i++) {
        free(matriz->pointer[i]);
    }
    free(matriz->pointer);
    free(matriz);
}
  • Então Victor valeu pela resposta, eu estava usando essa estrutura ja, mas antes de chegar a usar ela eu tive essa duvida mesmo, pois achei interessante e não conseguia resolver de nenhuma forma. Pois para vetores iniciados normal, é possível achar o numero de posições. através do código sizeof(vetor)/sizeof(int), achei q daria certo, mas quando se inicia dinamicamente esse código ja nao serve mais. Mas graças a sua explicação me ajudou bastante a entender. – Skywalker 1/11/15 às 22:48
  • Só uma dúvida, o processo de liberação de memória, posso dar o free só na matriz? free(matriz) ou preciso dar um free primeiro no pointer e depois na matriz? – Skywalker 1/11/15 às 22:51
  • @Skywalker Para usar o free, o processo é simples (embora encontrar informações explicando isso pode não ser): Tudo o que você recebeu do malloc, você deve devolver com free. Se o malloc te deu um ponteiro x, então você deve devolver esse mesmo ponteiro com free no futuro. Você não deve passar para free algo que você não tenha recebido de um malloc. Você não deve chamar o free mais de uma vez para algum ponteiro recebido de malloc. Você não deve se esquecer de chamar o free para algo recebido de malloc. – Victor Stafusa 1/11/15 às 22:56
  • Hum sim, então preciso dar um free para todas as colunas em um for e depois sim para o pointer, e posteriormente para a matriz. certo? – Skywalker 1/11/15 às 23:00
  • 1
    @Skywalker Ou seja, primeiro você dá um free(matriz->pointer) e depois free(matriz). Editei a resposta para mostrar isso. – Victor Stafusa 1/11/15 às 23:01

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.