4

Tenho um objeto que recebo, e as vezes ele vem com um atributo outras vezes não, meu problema é na sequencia quando vou trabalhar com ele veja o exemplo abaixo:

if( json.aviso != ""  ){ 
                    //...fazer alguma coisa 
                }

Só que quando o objeto não vem com o atributo json.aviso ele executa o que esta dentro do if, creio eu porque null é diferente de "" teria uma forma mais elegante de tratar isso do fazer como:

if( json.aviso != "" && json.aviso !=null ){  //...me parece gambiarra }
  • 2
    Você pode fazer dessa forma: if ((json.hasOwnProperty("aviso")) && (json.aviso !== "")) – Felippe Tadeu 20/10/15 às 13:48
4

Existem 3 situações que você precisa prestar atenção:

  1. O atributo não existe ou seu valor é undefined;
  2. O atributo existe e seu valor é null;
  3. O atributo existe e seu valor é "falsy" (false, 0, "", etc).

A maneira mais garantida de diferenciar entre os casos é usando os operadores === e !==, pois eles levam o tipo dos operandos em consideração além dos seus valores, enquanto == e != têm regras de comparação que nem sempre são intuitivas.

Alguns exemplos:

var obj = { a:"foo", b:"", c:42, d:0, e:true, f:false, g:null, h:undefined };

[].forEach.call("abcdefghi", function(prop) {
    document.body.innerHTML += "<p>Testando: " + prop + " (" + obj[prop] + ")</p>";

    testa(prop, " === undefined");
    testa(prop, " === null");
    testa(prop, " === false");
    testa(prop, ' === ""');
    testa(prop, ' === 0');

    testa(prop, " == undefined");
    testa(prop, " == null");
    testa(prop, " == false");
    testa(prop, ' == ""');
    testa(prop, ' == 0');
});

function testa(prop, expr) {
    if ( eval("obj['" + prop + "'] " + expr) )
        document.body.innerHTML += "<p>obj." + prop + " " + expr + "</p>";
}

Minha sugestão é listar os casos em que sua condição se aplica e combiná-los com &&, tal como você está fazendo. Se é gambiarra ou não, não sei dizer, mas se for, é uma questão de necessidade imposta pela linguagem...


P.S. Você pode estar se perguntando: "mas como diferenciar entre o caso em que um atributo não existe de fato e o caso em que ele existe mas seu valor é undefined?". Bom, eu estou me perguntando a mesma coisa, mas não me recordo de existir um meio pra isso.

No caso de variáveis até que dá (ver a pergunta "Como verificar undefined de maneira correta no Javascript" pra mais detalhes), mas no caso de propriedades de objetos, receio que não (até mesmo converter o objeto para JSON fará com que as propriedades existentes mas com valor undefined desapareçam do resultado - pois JSON não suporta undefined).

3

Você pode fazer dessa forma:

if ((json.hasOwnProperty("aviso")) && (!!json.aviso))

Dessa forma primeiro irá verificar se o objeto cujo nome é json existe a propriedade aviso e por último irá verificar o valor dele, dessa forma você garante que está sendo verificada a existência da propriedade e o valor dela.

Edit:

Existe uma maneira mais eficaz ainda que é apenas deixar o !!json.aviso

if (!!json.aviso)

0
if(json.aviso) {
   //code
}

porém, se o valor do seu aviso é igual a "", não vai cair no seu if

Também vale ressaltar que: Essa solução só é 100% válida em casos que o valor contido dentro de aviso não é numérico, pois quando o valor é numérico e ele possui o valor 0 o código dentro da cláusula if não é executado

  • Essa solução só é 100% válida em casos que o valor contido dentro de aviso não é numérico, pois quando o valor é numérico e ele possui o valor 0 o código dentro da cláusula if não é executado – Felippe Tadeu 21/10/15 às 12:55
  • humm, realmente.. bem interessante. – Ilario Junior 21/10/15 às 13:13

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.