6

Estou desenvolvendo um site estático simples com html, css e javascript hospedado no Dropbox, usando o javascript com o framework JQuery e tentando ler um arquivo JSON.

var jqxhr = $.getJSON( "example.json", function() {
  console.log( "success" );
});

Eu pesquisei sobre e percebi que isso é uma chamada AJAX para um recurso local através de uma solicitação HTTP, e que só seria possível se o site estivesse hospedado em um servidor. Existe alguma outra forma de fazer isso? Porque isso acontece?

  • 2
    O site está hospedado no dropbox, então você tem um servidor. O JSON também está no dropbox, certo? – Bruno César 12/10/15 às 1:13
  • É que o dropbox é limitado apenas para scripts do lado do cliente e HTML, ele não é capaz de rodar coisas do lado do servidor, sim o arquivo JSON esta junto com o arquivo html, css e javascript. – André N. Darcie 12/10/15 às 1:16
6

Se você já tem o JSON em um arquivo, no DropBox mesmo, pode usar o getJSON conforme citou, o DropBox é o seu servidor de arquivos estáticos ;)

Para isto, basta passar a URL do seu JSON, digamos esteja nesta URL do DropBox: https://dl.dropboxusercontent.com/u/6061295/stack/json.json, então você poderia recuperar o conteúdo do JSON e suas propriedades assim:

$.getJSON("https://dl.dropboxusercontent.com/u/6061295/stack/json.json", function(json) {
    console.log('id: ' + json.id);
    console.log('nome: ' + json.nome);
});

Agora, caso tenha o conteúdo do JSON na sua página HTML, poderá usar o parseJSON, ficando algo assim:

var json = '{"id":1, "nome": "Bruno"}';
var obj = $.parseJSON(data);
console.log('id: ' + obj.id);
console.log('nome: ' + obj.nome);
5

Dependendo do navegador que está usando, o acesso a recursos locais via AJAX será bloqueado mesmo que sua página também esteja armazenada no mesmo local.

Se a página fosse acessada através de uma URL, ainda que local, o problema não ocorreria. Uma solução simples é instalar um servidor local, como Apache ou Nginx. Assim você pode editar os arquivos e ver as mudanças imediatamente de forma confiável e segura.

Outra alternativa, caso esteja usando o Google Chrome, é executar o navegador com um parâmetro que desabilita tal restrição. Por exemplo:

/dir/chrome --allow-file-access-from-files

Entretanto, eu não recomendaria esta solução a não ser para algum teste simples em situações específicas.

Sua resposta

Ao clicar em “Publique sua resposta”, você concorda com os termos de serviço, política de privacidade e política de Cookies

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.