31

Trabalhando em um projeto aqui na empresa, me deparei com alguns comandos que estão agora sendo mais utilizados (yield, ??, anonymous type) mas até que entendi, porém um que me chamou a atenção por desconhecer o que é.

Alguém já viu o seguinte exemplo?

public Perfil {
    public ICollection<Usuario> Usuarios { get; set; }
    ...

    ~Perfil() {
        Usuarios = new HashSet<Usuarios>();
    }
}

Quem já viu e sabe a respeito, poderia passar uma breve explicação? É apenas curiosidade para entender melhor.

Existem outros similares?

  • 6
    Um pouco fora do escopo principal da pergunta, mas que pode ser do seu interesse saber, o operador yield deve ser entendido como um operador de acumulação. Por exemplo: public IEnumerable<int> ListaDeNumeros() { for (int i = 1; i <= 100; i++) { yield return i; } } O código fará 100 returns, acumulando o resultado em uma espécie duma List<int> com os números de 1 a 100. – Leonel Sanches da Silva 12/03/14 às 20:16
  • @CiganoMorrisonMendez Sim, o yield conheci a pouco tempo e acho muito interessante a utilização dele, como eu falei é que realmente desde a primeira vez que comecei a programar a 4 anos atrás, creio que hoje deve ter sido a primeira vez que vi o destructor em C# rsrs.. – Tafarel Chicotti 12/03/14 às 20:19
24

Isso não é um construtor, mas sim um destrutor.

O destrutor é chamado quando a CLR verifica que não existem mais referências para o objeto, e então vai eliminá-lo da memória. Se houver um destrutor declarado na classe do objeto, então este será chamado para "limpar" o objeto, antes da memória ser devolvida para o sistema.

Agora, falando do seu exemplo, não está fazendo muito sentido. Geralmente no destrutor se faz a limpeza de recursos não-managed... mas no exemplo está sendo criado um novo objeto, o que pode até fazer sentido visto o contexto completo, mas é de certa forma um código muito "suspeito".

  • Muito obrigado pela explicação – Tafarel Chicotti 12/03/14 às 20:06
  • Essa eu aprendi na faculdade, rs, achei que não ia levar nada na vida das coisas que aprendi em C, mas to vendo que não é bem assim XD – Paulo Roberto Rosa 14/03/14 às 11:15
13

Isto é um destrutor. A sintaxe é herdada do C++. Mas a semântica é bem diferente.

Na prática os destrutores não existem na linguagem. Para entender vou explicar dois outros conceitos.

Dispose

Este é um método disponível em todos os tipos que implementam a interface IDisposable e permite que recursos sejam liberados quando o objeto não é mais necessário. A chamada do Dispose() pode ser feita manualmente a qualquer momento ou automaticamente com a utilização do statement using. A liberação de recursos são libera a memória. Apenas o garbage collector permite liberar a memória. Se um tipo não precisa ter recursos externos, ele é desnecessário.

Finalize

Este é o método que realmente processo tudo o que é necessário no momento anterior a liberação da memória. Podemos dizer que ele é responsável pela liberação, embora de verdade quem faz isto é o garbage collector. Um finalize() está sempre disponível, até porque ele faz parte do tipo Object e na maior parte dos casos a implementação padrão do Object é suficiente.

Destrutor

Você não consegue sobrepor um método Finalize() em seu tipo. O compilador não permite que você utilize sua própria implementação. Mas permite que o destrutor seja criado. E ele pode processar o que deseja no destrutor e chame o Finalize(). A implementação padrão do Finalizeprecisa estar disponível em todos os tipos.

Então o código

class Car {
    ~Car() { // destrutor
        // código de limpeza...
    }
}

é o mesmo que

protected override void Finalize() {
    try {
        // código de limpeza...
    } finally {
        base.Finalize();
    }
}

mas a segunda forma só pode ser gerada pelo compilador em substituição ao destrutor.

Portanto um destrutor em C# nem é executado logo após o objeto não ser mais necessário, nem tão pouco é executado na mesma thread e sim na thread do garbage collector. Existem uma série de problemas relacionados ao método de finalização que não fazem parte do escopo da pergunta. Finalizadores, mesmo que na forma de destrutor só devem ser personalizados quando o programador entende profundamente todas suas implicações.

Coloquei no GitHub para referência futura.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.