2

No PHP, temos alguns métodos especiais que podem ser incluídos em uma classe.

Um deles é o __call, que faz com que uma ação seja invocada (através dele) quando um método não exista numa classe.

Exemplo:

class Exemplo
{
    public function existe()
    {
        echo 'Eu existo';
    }

   public function __call($method, $parameters)
   {
       echo "$method não existe, mas vou fazer alguma coisa legal";
   }
}

$e = new Exemplo;

$e->existo(); // 'Eu existo'

$e->nao_existo(); // "nao_existo não existe, mas vou fazer alguma coisa legal"

No javascript existe alguma forma de se fazer isso?

Exemplo:

function special(){}

special.prototype.existe = function () {
     console.log('Esse método existe');
}
5

Não há uma implementação que seja amplamente suportada equivalente à função _call do PHP em JavaScript.

No ECMAScript 2015 (ES6), existe uma nova implementação que vai permitir algo como o __call, o Proxy. Porém, nem todos os browsers já implementaram esse objeto. No momento, apenas Firefox e Edge dão suporte ao Proxy.

Conforme o exemplo da Mozilla, ele é utilizado dessa forma:

var handler = {
    get: function(target, name){
        return name in target?
            target[name] :
            37;
    }
};

var p = new Proxy({}, handler);
p.a = 1;
p.b = undefined;

console.log(p.a, p.b); // 1, undefined
console.log('c' in p, p.c); // false, 37

O Firefox dava suporte a uma função fora do padrão que permitia isso. Porém, desde a versão 39, ela não é mais suportada. Veja em Object.prototype.__noSuchMethod__

var obj = {};
obj .__noSuchMethod__ = function (name, args) {
    alert(name);
    alert(args);
}

obj.teste("teste1");
  • Engraçado: Por que o Firefox sempre tem uma coisa que os outros não tem. Outro exemplo é o toSource – Wallace Maxters 2/10/15 às 14:32
  • 2
    A Mozilla participa ativamente do desenvolvido das novas tecnologias da web, eles geralmente implementam funcionalidades muito novas das especificações mais recentes. – Bernardo Botelho 2/10/15 às 14:42
2

Invocação de funções em Tipos que não são funções gera erro em JavaScript.

Ou seja usar () no final de uma variável ou propriedade que não seja uma função dá erro e não há uma ferramenta como pelos vistos o PHP tem.

Como contornar isso?

Bom, isso terá de ser feito no código, prevenindo erros.

Pode verificar-se se a variável ou propriedade é uma função:

function foo(){
    // fazer algo
}

if (typeof foo === "function") foo();

Usar um método para correr funções. No fundo existe já o .call ou .apply, mas podes criar um próprio também:

function corredor(fn, argumentos, fallback) {
    var func = typeof fn === "function" ? fn : fallback;
    return func.apply(this, argumentos);
}

var foo = 'string';
var retorno = corredor(foo, [1, 2, 3], function () {
    return [].reduce.call(arguments, function (a, b) {
        return a + b;
    });
});
console.log(retorno);

jsFiddle: http://jsfiddle.net/txovxymd/

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.