25

Exemplo de implementação:

 public class MyClass implements Serializable{
     private static final long serialVersionUID = 1L;
 }
35

A serialização significa salvar o estado atual dos objetos em arquivos em formato binário para o seu computador, sendo assim esse estado poderá ser recuperado posteriormente recriando o objeto em memória assim como ele estava no momento da sua serialização.

Veja a ilustração:

inserir a descrição da imagem aqui

Fonte: State of the art - Nuances sobre serialização de objetos com herança em Java

Para que seja possível serializar e desserializar um objeto, é obrigatório que a sua classe implemente a interface Serializable.

Um exemplo de um código que serializa um objeto:

import java.io.*;

public class SerializeDemo
{
   public static void main(String [] args)
   {
      Employee e = new Employee();
      e.name = "Reyan Ali";
      e.address = "Phokka Kuan, Ambehta Peer";
      e.SSN = 11122333;
      e.number = 101;

      try
      {
         FileOutputStream fileOut =
         new FileOutputStream("/tmp/employee.ser");
         ObjectOutputStream out = new ObjectOutputStream(fileOut);
         out.writeObject(e);
         out.close();
         fileOut.close();
         System.out.printf("Serialized data is saved in /tmp/employee.ser");
      }catch(IOException i)
      {
          i.printStackTrace();
      }
   }
}

Desserializando o mesmo objeto:

import java.io.*;
public class DeserializeDemo
{
   public static void main(String [] args)
   {
      Employee e = null;
      try
      {
         FileInputStream fileIn = new FileInputStream("/tmp/employee.ser");
         ObjectInputStream in = new ObjectInputStream(fileIn);
         e = (Employee) in.readObject();
         in.close();
         fileIn.close();
      }catch(IOException i)
      {
         i.printStackTrace();
         return;
      }catch(ClassNotFoundException c)
      {
         System.out.println("Employee class not found");
         c.printStackTrace();
         return;
      }
      System.out.println("Deserialized Employee...");
      System.out.println("Name: " + e.name);
      System.out.println("Address: " + e.address);
      System.out.println("SSN: " + e.SSN);
      System.out.println("Number: " + e.number);
    }
}

Resultado:

Deserialized Employee...
Name: Reyan Ali
Address:Phokka Kuan, Ambehta Peer
SSN: 0
Number:101

Fonte: Tutorials Point

  • 12
    Vim aqui dar +1 só pela foto do bicho inflável. – Cigano Morrison Mendez 22/09/15 às 14:19
  • Que não é muito precisa, por sinal. O bicho deveria ser desmontado em suas partes componentes, que deveriam passar através de um duto, para ser remontado do outro lado. :P – Piovezan 22/09/15 às 16:10
  • É legal citar por exemplo que para colocar objetos em fila, clonar (apache commons) é preciso implementar a interface Serializable – fabiohbarbosa 24/09/15 às 10:50
  • Para que seja possível serializar e desserializar um objeto, é obrigatório que a sua classe implemente a interface Serializable. NÃO é obrigatorio. – David Schrammel 25/09/15 às 0:35
  • 1
    @Math Talvez ele esteja usando o termo "serializar" de uma forma mais genérica, por exemplo quando você transforma um objeto em string JSON, que também é uma forma de serialização, embora não use o mecanismo fornecido pelo Java. Usando-se o mecanismo do Java não apenas a classe deve implementar Serializable, como você disse, como também as classes de todos os seus atributos, e os atributos dos seus atributos e assim por diante. – Piovezan 25/09/15 às 19:30
10

Ela dá capacidade da classe produzir um formato em que os dados do objeto seja usado de forma externa ao código, em geral ele é persistido em alguma forma de armazenamento temporário ou permanente ou é transmitido para outro recurso.

Este formato pode ser texto ou binário em diversas variantes padrões ou proprietárias. É muito comum usar JSON ou XML.

A desserialização é o processo oposto. Pega-se dados em um formato conhecido e coloca os dados encontrados no estado serializado dentro dos membros da classe criando ou atualizando um objeto.

Implementar esta interface não é muito trivial, ainda que pareça ser. É comum se usar uma solução pronta que usa reflexão. É comum a serialização expor partes privadas da classe, o que muitas vezes não é desejável.

  • json , xml também? – Jose Vieira Neto 22/09/15 às 14:06
  • Estes são os formatos mais comuns quando se serializa para texto. – Maniero 22/09/15 às 14:07
  • blz obrigado pelo retorno :) – Jose Vieira Neto 22/09/15 às 14:11
5

Adicionando a interface serializable será possível transformar o objeto num formato que poderá ser salvo num arquivo. Por exemplo, para utilizar um ObjectOutputStream e salvar um objeto num arquivo do disco será necessário implementar essa interface.

Sua resposta

By clicking “Publique sua resposta”, you agree to our terms of service, privacy policy and cookie policy

Esta não é a resposta que você está procurando? Pesquise outras perguntas com a tag ou faça sua própria pergunta.